Metade do mês de maio já foi embora. Esta segunda semana do mês foi palco de grandes novidades para o mercado de smartphones em geral. Em âmbito internacional podemos destacar o lançamento da tão aguardada linha Zenfone 8, que pela primeira vez em toda a história chegou com a certificação IP68.

Mas além disso, podemos destacar a chegada de dois outros monstros no mercado brasileiro. A Xiaomi realizou um evento no início desta semana para anunciar o POCO X3 Pro e o POCO F3 para o público no Brasil. O que será que eles guardam de tão precioso? Vamos descobrir!

Confira os smartphones lançados nesta semana!

POCO X3 Pro

Seguindo a ordem de lançamentos que ocorreram nesta semana, começamos com a dupla de celulares da Xiaomi, mais precisamente pelo POCO X3 Pro. Anunciando no mercado internacional em março deste ano, o modelo de categoria intermediária chega ao mercado brasileiro com a promessa de entregar alto desempenho, focado principalmente no público gamer.

O Oficina da Net já havia noticiado outrora que o modelo estava perto de ser anunciado no Brasil, visto que a Anatel já tinha o certificado para comercialização. Ele vem integrado com uma tela LCD de 6,67 polegadas, resolução Full HD+, taxa de atualização de 120Hz, taxa de amostragem de toque de 240Hz, proteção de vidro Gorilla Glass 6 e um pequeno furo na parte superior central para alojar a câmera frontal de 20MP.

POCO X3 Pro. (Imagem: Reprodução / Xiaomi)
POCO X3 Pro. (Imagem: Reprodução / Xiaomi)

A ficha técnica continua com o processador Snapdragon 860 debaixo do capô, classificado como o principal chip da Qualcomm com suporte para redes 4G. Além do chip, o desempenho fica a cargo da configuração de 6GB de RAM e 128GB de armazenamento com suporte para expansão via cartão microSD de até 1TB.

Na traseira há uma configuração de quatro sensores que consiste em uma lente principal de 48MP, aliada a uma ultrawide de 8MP e dois sensores adicionais de 2MP cada para utilização em fotos macro e profundidade de campo.

Durante a apresentação ao mercado brasileiro, a empresa destacou que o POCO X3 Pro possui uma super bateria de 5.160 mAh com suporte para cargas de até 33W, combinação que promete carregar de 0 a 100% em menos de uma hora, e garantindo até 2 dias de autonomia dependendo do uso em geral.

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 860 (7 nm)
  • CPU: Octa-core (1x2.96 GHz Kryo 485 Gold e 3x2.42 GHz Kryo 485 Gold e 4x1.78 GHz Kryo 485 Silver)
  • Sistema operacional: Android 11
  • Memória RAM: 6 GB e 8 GB
  • Armazenamento Interno: UFS 3.1 e 128 GB
  • Tela - Tipo: IPS
  • Tela - Tamanho: 6.67
  • Tela - Resolução: 2400 x 1080
  • Tela - Densidade: 395 ppi
  • Tela - Proteção: Gorilla Glass 6
  • Tela - Extras: 450 nits, 120Hz e HDR10
  • Câmera principal: PDAF e 48 MP, f/1.8, 28mm (wide), 1/2.0, 0.8µm
  • 2ª câmera: 8 MP, f/2.2, (ultrawide)
  • 3ª câmera: 2 MP, f/2.4, (macro)
  • 4ª câmera: 2 MP, f/2.4, (profundidade)
  • Câmera Frontal: 20 MP, f/2.2
  • Bateria: 5160 mAh
  • Carregador: 33W
  • Xiaomi POCO X3 Pro - Ficha técnica completa

POCO F3

Além do X3 Pro, o modelo F3 chega com uma grande inovação de uma das séries mais importantes de toda a história da POCO. Os destaques do modelo começam pela tela que consiste em um painel E4 AMOLED da Samsung, permitindo a visualização das cores e imagens de forma muito mais viva e nítida.

Ele ainda tem a taxa de atualização de 120Hz como a ideal para jogos ou para quem prefere uma navegação fluida, além de 360Hz de toque e amostragem, tamanho de 6,67 polegadas, proteção de vidro Gorilla Glass 5, suporte ao padrão de imagem HDR10+ e um sistema nativo de brilho que se adapta automaticamente.

POCO F3. (Imagem: Reprodução / Xiaomi)
POCO F3. (Imagem: Reprodução / Xiaomi)

O processador escolhido aqui se trata do Snapdragon 870, aliado por 6GB de memória RAM e 128GB de armazenamento, mas sem suporte de expansão via cartão microSD.

O grande destaque do POCO F3 está no software do conjunto de câmeras. Apesar de ter uma lente a menos em relação com o X3 Pro, ele possui alguns efeitos nativos que permitem um melhor aproveitamento de todo o conjunto de câmeras. Os três sensores possuem resolução de 48MP na principal, uma ultrawide de 8MP e uma macro de 5MP. A lente frontal também possui 20MP.

Com 4.160 mAh, a bateria do POCO F3 suporta cargas de até 33W que basicamente tem o mesmo desempenho que o POCO X3 Pro, garantindo autonomia por até dois dias de uso. Em comparação com seu irmão de lançamento, seu preço é consideravelmente maior: R$ 6.399 contra R$ 3.399 do X3 Pro.

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 870 5G
  • CPU: Octa-core (1x3.2 GHz Kryo 585 e 3x2.42 GHz Kryo 585 e 4x1.80 GHz Kryo 585)
  • Sistema operacional: Android 11 e MIUI 12
  • Memória RAM: 6 GB e 8 GB
  • Armazenamento Interno: UFS 2.1, 128 GB e 256 GB
  • Tela - Tipo: AMOLED
  • Tela - Tamanho: 6.67
  • Tela - Resolução: 2400 x 1080
  • Tela - Densidade: 395 ppi
  • Tela - Proteção: Gorilla Glass 5
  • Tela - Extras: 120Hz, 900 nits e HDR 10 Plus
  • Câmera principal: 48 MP, f/1.8, 26mm (wide), 1/2.0, 0.8µm, PDAF
  • 2ª câmera: 8 MP, f/2.2, (ultrawide)
  • 3ª câmera: 5 MP, f/2.4, (macro)
  • Câmera Frontal: 20 MP, f/2.5
  • Bateria: 4520 mAh
  • Carregador: 33W
  • Xiaomi POCO F3 - Ficha técnica completa

realme C20A

A realme é uma das fabricantes chinesas que mais cresce no mercado internacional. Na última terça-feira (11), a empresa anunciou em Bangladesh o realme C20A, um modelo de entrada com foco em preço baixo e bateria de longas horas de autonomia.

realme C20A. (Imagem: Reprodução / realme)
realme C20A. (Imagem: Reprodução / realme)

Em janeiro, a empresa anunciou na China o realme C20, aparelho que definitivamente é o mesmo anunciado nesta semana, com exceção para o seu nome que ganhou uma letra "A" no final. Ele possui uma tela do tipo IPS LCD com resolução HD+, tamanho de 6,5 polegadas , taxa de atualização tradicional de 60Hz com um entalhe em formato de gota d'água para abrigar a câmera frontal de 5MP.

Na traseira o modelo exibe um módulo quadrado que parece alojar quatro câmeras, mas na verdade tem apenas uma única lente de 8MP e um flash LED. O seu básico desempenho fica a cargo do processador MediaTek Helio G35 que trabalha em conjunto com 2GB de RAM e 32GB de armazenamento, expansível com cartão microSD de até 256GB.

O principal destaque do aparelho é a presença de uma bateria parruda de 5.000 mAh, capaz de suportar cargas de até 10W, que baseado no pacote interno, deve consumir baixo teor energético e garantir muitas horas de duração. Ele vem integrado com Android 10 rodando sob a interface realme UI e até o momento, não há nenhuma confirmação de que ele virá para o Brasil.

Zenfone 8

Considerado como um dos lançamentos mais aguardados em 2021, a linha Zenfone 8 foi anunciada no último dia 12 e trouxe uma grande inovação para a linha de flagships da ASUS. A grande novidade é a chegada da certificação IP68 que garante resistência a água e poeira, modelo que também aposenta o sistema de câmera flip conhecida da linha Zenfone.

Dois modelos foram lançados: o Zenfone 8 padrão para quem prefere a certificação IP68 e o Zenfone 8 Flip para quem optar por continuar ostentando o conjunto de câmeras traseiras para fotos e vídeos frontais. Ambos são integrados com o poderoso Snapdragon 888, então o desempenho não será problema.

Zenfone 8. (Imagem: Oficina da Net / Fotógrafo: Nicolas Muller)
Zenfone 8. (Imagem: Oficina da Net / Fotógrafo: Nicolas Muller)

Eles possuem configuração de até 16GB de RAM e 256GB de armazenamento no padrão UFS 3.1, o mais moderno da atualidade. Os dois também contam com uma tela Super AMOLED, porém com variações nas demais informações.

O Zenfone 8 possui um tamanho mais compacto com 5,7 polegadas, taxa de atualização de 120Hz, suporte a HDR 10+ e câmera frontal de 12MP inserida em um furo no display. Já o Zenfone 8 Flip é maior, com 6,67 polegadas, taxa de atualização de 90Hz, mantém o suporte a HDR10+, mas não possui câmera frontal como seu próprio nome sugere.

Zenfone 8 Flip. (Imagem: reprodução / ASUS)
Zenfone 8 Flip. (Imagem: reprodução / ASUS)

Falando em câmeras, o Zenfone 8 tem duas em sua traseira, sendo uma principal de 64MP e uma ultrawide de 12MP. O Zenfone 8 conta com a mesma configuração, mas acrescenta uma terceira lente de 8MP para utilização como telefoto.

No demais, os dois vem integrado com o sistema Android 11, suporte para cargas de até 30W, mas com uma bateria de 4.000 mAh no modelo base, e 5.000 mAh no Zenfone 8 Flip. O Zenfone 8 já está nos estúdios do Oficina da Net e em breve deve sair um material exclusivo sobre esse carinha compacto e potente. Enquanto isso, confira as nossas primeiras impressões do aparelho;

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 888 (5 nm)
  • CPU: Octa-core (1x2.84 GHz Kryo 680 e 3x2.42 GHz Kryo 680 e 4x1.80 GHz Kryo 680
  • Sistema operacional: Android 11
  • Memória RAM: 6 GB, 8 GB e 16 GB
  • Armazenamento Interno: 256 GB, UFS 3.1 e 128 GB
  • Tela - Tipo: Super AMOLED
  • Tela - Tamanho: 5.9
  • Tela - Resolução: 2400 x 1080
  • Tela - Densidade: 445 ppi
  • Tela - Proteção: Gorilla Glass Victus
  • Tela - Extras: DCI-P3, 800 nits, HDR 10 Plus, 120Hz e 1ms
  • Câmera principal: 64 MP, f/1.8, 26mm (wide), 1/1.72, 0.8µm e Dual Pixel PDAF
  • 2ª câmera: 12 MP, f/2.2, (ultrawide) e Dual Pixel PDAF
  • Câmera Frontal: 12 MP, f/2.4
  • Bateria: 4000 mAh
  • Carregador: 30W
  • ASUS Zenfone 8 - Ficha técnica completa
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 888 (5 nm)
  • CPU: Octa-core (1x2.84 GHz Kryo 680 e 3x2.42 GHz Kryo 680 e 4x1.80 GHz Kryo 680
  • Sistema operacional: Android 11
  • Memória RAM: 6 GB e 8 GB
  • Armazenamento Interno: 128 GB, UFS 3.1 e 256 GB
  • Tela - Tipo: Super AMOLED
  • Tela - Tamanho: 6.67
  • Tela - Resolução: 2400 x 1080
  • Tela - Densidade: 395 ppi
  • Tela - Proteção: Gorilla Glass Victus
  • Tela - Extras: HDR 10 Plus e 90Hz
  • Câmera principal: 64 MP, f/1.8, 26mm (wide), 1/1.72, 0.8µm, OIS e PDAF
  • 2ª câmera: 12 MP, f/2.2, (ultrawide) e Dual Pixel PDAF
  • 3ª câmera: OIS, 8 MP, f/2.4 (telephoto) 3x zoom ótico e PDAF
  • Bateria: 5000 mAh
  • Carregador: 30W
  • ASUS Zenfone 8 FLIP - Ficha técnica completa

E o que vem por aí?

O que será que teremos de novidades a partir da próxima semana? Por enquanto, a única confirmação é a chegada do POCO M3 Pro 5G que deve ser anunciado pela Xiaomi na próxima quarta-feira, 19 de maio, de forma exclusiva para o mercado indiano. A empresa informou na manhã de hoje (14) que o modelo virá equipado com o Dimensity 700, ou seja, ele não é nada mais nada menos que um Redmi Note 10 5G rebatizado para a Índia.

Provável design do POCO M3 Pro 5G. (Imagem: Reprodução)
Provável design do POCO M3 Pro 5G. (Imagem: Reprodução)

A nossa projeção também inclui outros dois modelos chineses que nós já citamos em semanas anteriores, mas que até agora não deram as caras no mercado de smartphones. Devido a crise no departamento de semicondutores, o futuro do Huawei P50 ainda é incerto. O lançamento já deveria ter acontecido em abril, mas continua sendo adiado vez após vez.

Nesta semana fomos surpreendidos com imagens do aparelho em alta definição, que basicamente mostram a beleza da linha de flagships da Huawei, além de exibir cinco câmeras na traseira do modelo mais parrudo. Será que agora vai?

Além do P50, o Honor 50 é outro modelo que já citamos anteriormente e até agora não deu nenhum sinal de vida. Pouco se sabe sobre o aparelho até o momento, mas a principal novidade que aguardamos é o retorno do sistema Android aos aparelhos da Honor, empresa que estava proibida de utilizar os sistemas Google quando ainda fazia parte do grupo Huawei.

Não quer perder nenhuma novidade no mercado de smartphones?

Então entre em nosso canal no Telegram! Todas as grandes novidades são divulgadas por lá. Para isso, clique neste link.

Confira os lançamentos da semana passada...