Um Xiaomi por menos de R$ 1200, com bateria grande, aparência bonita o outros com alguns atributos que chamam a atenção, como a câmera principal de 50MP que, já adianto pra você, me surpreendeu positivamente, seria esse o smartphone mais barato para comprar em 2022?

Colocamos o Poco M5 para trabalhar e avaliar os pontos fortes de design e construção, desempenho em games e nos benchmarking, além da autonomia da bateria e a qualidade das câmeras.

Xiaomi POCO M5 Review

Design e Construção

A gente sempre gosta de avaliar a construção dos celulares que passam por aqui, afinal, requinte e desempenho caminham juntos, não é mesmo? Os mais potentes smartphones do mundo são também muito bonitos e finalizados.

A Poco trouxe de volta o acabamento imitando uma capinha de couro na traseira do M5, algo que a gente já tinha visto no Poco M3, mas que foi deixado de lado no Poco M4. Particularmente, não fosse o medo de arrebentar a tela em caso de queda, eu optaria por não utilizar a capinha de silicone que acompanha o kit, mas né…

Acabamento que imita o couro é muito bonito
Acabamento que imita o couro é muito bonito

No topo superior, há uma faixa larga horizontal, de material plástico liso e brilhante, que acomoda as câmeras e atravessa toda a tampa traseira. Mudança sutil em relação ao modelo passado que tinha só um retângulo enorme no mesmo local.

O M5 segue as tendências e apresenta laterais retas com ótima pegada para as mãos médias/grandes. Na frente um belo display de 6,58 polegadas IPS LCD com resolução FullHD 90Hz com proteção Gorilla Glass 3. O display tem uma gota central para acomodar a câmera frontal.

Display FullHD de do Poco M5
Display FullHD de do Poco M5

Eu arrisco dizer que o Poco M5 é mais bonito que o Poco F3 do ano passado, mas vocês não estão prontos para essa conversa.

Ficha técnica

Por dentro a gente se depara com um processador MediaTek Helio G99 octa-core, 4GB de memória RAM, 64GB de armazenamento, 5000mAh de bateria com carregador de 18W e claro, as câmeras com a seguinte sequência de lentes: 50MP/2MP/2MP para o sensor principal, macro e profundidade. Na frontal são 5MP. Não há lente ultrawide na traseira, diferente dos concorrentes Xiaomi Redmi Note 11 e Motorola Moto G41.

Xiaomi POCO M5 - Veja aqui a ficha técnica completa

Desempenho

Pois bem, nos testes de desempenho através dos benchmarking, a gente costuma rodar três aplicativos: o AnTuTu, GeekBench e o CPU Throttling. No AnTuTu o Poco M5 obteve uma média de 318611 pontos e ficou com 27ª posição do ranking.

#CelularesPontuaçãoVar. Temp.Preço
Samsung Galaxy S24 Ultra1.903.2326ºCR$ 8.324,00
Samsung Galaxy S24 Plus1.744.54010ºCR$ 5.763,00
Samsung Galaxy S231.483.90012°CR$ 2.999,00
Samsung Galaxy Z Flip51.301.23217ºCR$ 3.599,55
Samsung Galaxy S23 Ultra1.179.12214ºCR$ 7.099,99
57°Xiaomi POCO M5318.6119ºCR$ 889,00

Utilizando o GeekBench o Poco M5 teve média de 552 pontos no Single Core e 1921 no Multi Core. Com esses resultados, o aparelho pegou um Top17.

#CelularesSingle CoreMulti CoreSomaVar. Temp
Samsung Galaxy S231.9186.9588.8768°C
Motorola Razr 40 Ultra1.7614.7326.49315°C
Samsung Galaxy S23 Ultra1.5094.6576.16612ºC
Samsung Galaxy Z Flip51.4484.5235.97117ºC
OnePlus 119634.5745.5375ºC
47°Xiaomi POCO M55521.9212.4739ºC

Já no estresse de CPU, é possível observar uma pontuação mínima de 132757 pontos, média de 149306 pontos e máxima de 155852 pontos. Outro Top 26 para o Poco M5.

#CelularesMáximoMédiaMínimoVar. TempPreço
ASUS Zenfone 9348.320307.569252.74419ºCR$ 3.149,10
Samsung Galaxy S23 Ultra387.356295.460237.50817ºCR$ 7.099,99
Xiaomi POCO F5335.059292.667253.1659ºCR$ 2.380,00
Xiaomi POCO X4 GT301.485283.403254.92712ºCR$ 2.349,99
OnePlus 11342.044283.384239.56010ºCR$ 4.042,60
51°Xiaomi POCO M5155.734149.998134.43913ºCR$ 889,00

Já no teste de jogos, o Roda Liso, em que passamos uma tarde captando informações durante a jogatina de vários games, obtivemos os seguintes resultados que merecem uma menção (lembrando que o Poco M5 tem configurações mais modestas e, portanto, setamos as configurações gráficas para o BAIXO): Selo RODA nos games mais jogados, como COD (40fps de média), Asphalt 9 (30), Genshin Impact (43fps de média) e Apex Legends com 40fps de média.

Jogando Mortal Kombat, o M5 ganhou um selo Roda Competitivo com 75fps de média. É importante constatar que o Poco M5 roda todos os games possíveis - não todos instalados ao mesmo tempo, afinal, temos apenas 64GB de armazenamento e boa parte disso já é ocupado pelos arquivos do sistema. Sem preocupação quanto à qualidade da imagem, nível de sombreamento e detalhes nos games, você terá uma experiência agradável de jogo.

Jogando Genshim Impact
Jogando Genshim Impact

No uso diário, teve breves momentos que a interface do aparelho levou mais tempo para carregar na tela inicial que de costume, mas isso pode e provavelmente é um probleminha da interface e não do hardware, uma vez que nos games você já viu que ele manda bem. Portanto, meus amigos, se adquirido por um preço competitivo, o Poco M5 tem tudo para ser o melhor celular barato do mundo!

Bateria valente

Também realizamos o já consagrado teste de bateria com o Poco M5, afinal são 5000mAh e isso é suficiente para suportar um dia todinho sob pressão? A nossa avaliação consiste em botar o celular para derreter (no bom sentido) realizando atividades corriqueiras dos usuários em geral, como navegar em redes sociais, utilizar as câmeras, ver vídeos no youtube, games casuais, etc. Nessa sequência, que inclui também um teste de estresse do AnTuTu, o Poco M5 suportou a totalidade do teste, portanto, 7h15 - e consumiu nada menos que 99% da carga total.

Com 1% restante o celular não passou de 30 minutos em standby. O desempenho colocou o M5 no atual top22 de nosso ranking, logo atrás de concorrentes de peso como o Moto G100, da Motorola.

Com 18W no carregador, o Poco M5 precisou de 2h15 para recarregar por completo de 0-100% de bateria.

#CelularesCapac.Cons. (%)StandByCargaTela Ligada
Samsung Galaxy M34 5G6.0006015:00h02:12h+7h45min
Samsung Galaxy M54 5G6.0006215:00h02:44h+7h45min
ASUS ROG Phone 66.0006615:00h0+7h45min
Samsung Galaxy M627.0006715:00h02:04h+7h45min
Xiaomi Redmi Note 115.0007115:00h01:20h+7h45min
Motorola Moto G825.0007115:00h01:10h+7h45min
Motorola Moto G425.0007215:00h01:58h+7h45min
Motorola Moto G845.0007215:00h01:15h+7h45min
Samsung Galaxy A53 5G5.0007315:00h02:00h+7h45min
10°Xiaomi POCO X55.0007315:00h01:06h+7h45min
50°Xiaomi POCO M55.0009900:30h02:15h+7h45min

O Poco M5 suporta um dia de uso cotidiano normal e você vai precisar colocar ele para carregar antes de dormir. Se forçar mais no uso, é bem provável que você precise de uma carga auxiliar. Um fato que aconteceu comigo foi colocar o aparelho para baixar e instalar os pacotes adicionais do Genshin Impact (que são grandes), no momento o M5 estava com 60% de bateria. Quando fui conferir se estava tudo certo, ele já havia desligado depois de consumir toda a carga restante.

Excelentes câmeras

Eu falei no começo do review que o sensor principal me surpreendeu. Por se tratar de um smartphone barato, eu já esperava uma qualidade inferior no resultado das fotos, mas não foi bem o que aconteceu.

Uma das técnicas que eu uso para avaliar a qualidade final de uma foto é dar zoom nela pelo celular ou PC. Fotos de celular, especialmente os mais baratos, costumam apresentar granulação maior. Com o Poco M5, evidentemente, há granulação, mas bem menor do que tenho visto em testes anteriores.

Zoom nos pássaros fica muito bom
Zoom nos pássaros fica muito bom

Fotos feitas à noite, com iluminação suficiente, ficaram surpreendentes. Você pode ver os detalhes, texturas, cores, tudo de acordo com a realidade. É claro, que em áreas mais sombreadas fica mais evidente a granulação dos pixels. Veja a galeria:

O sensor macro tem apenas 2MP e, mesmo em ambientes bem iluminados, não consegue entregar um resultado que eu, particularmente, considero bom. A foto macro é usada em muito menos ocasiões que a lente principal.

Selfies - Na câmera frontal de 5MP do Poco M5 as selfies vão garantir o registro que você desejar de si mesmo, mas infelizmente a qualidade é bastante limitada, ainda mais exposta a ambientes noturnos ou pouco iluminados. Veja a galeria de fotos e não esquece de comentar o que achou.

Preço

Pois bem, se você gostou do que viu até aqui certamente está animado a possibilidade de pagar menos de R$ 1000,00 pelo Poco M5. O aparelho foi lançado há um mês e não tem venda programada no Brasil, pelo menos por enquanto. A forma alternativa de colocar as mãos num exemplar do Poco M5 é importando via Ali Express. Por lá ele pode ser encontrado por R$ 960,00 com frete grátis.

Há também versões com 4/128GB e 6/128GB - que custam até R$ 1187,39. Além disso, é bem possível que você tenha de pagar uma taxa de importação, o que acarretaria valor em 15% mais caro no preço final, mas que mesmo assim se tornaria vantajoso.

Não temos como saber quanto tempo vai levar para o aparelho ser vendido no Brasil, nem se seu preço será competitivo. Lembrando que outros Poco, como F4, X4, etc, são encontrados por valores muito superiores no site oficial da Xiaomi no Brasil.

  • R$ 889,00 Amazon Xiaomi Poco M5 128GB 6Gb Black - Preto Ver oferta

Vale a pena?

Não há dúvidas que o Poco M5 é o melhor e mais barato celular barato que você pode comprar, custando até mesmo abaixo dos R$ 1000,00 oficialmente no AliExpress.

Quanto aos quesitos que analisamos do Poco M5, ótimo desempenho, design sofisticado e bonito, uma câmera principal de ótima qualidade para a faixa de preço e se confirma a expectativa.

O Poco M5 recebeu as seguintes avaliações:

  • Nota 7 para câmeras
  • Nota 7,3 para bateria
  • Nota 8,5 para performance
  • Nota 9 em design e construção
  • Nota 8 em tela.
  • Resultado geral Nota 7,9.
Xiaomi POCO M5
7.9
Prós
  • Preço incrível;
  • Performance ótima para a categoria;
  • Câmera principal muito boa;
Contras
  • Autonomia da bateria poderia ser melhor;
  • Não vende no Brasil.