Aqui, no Oficina da Net, nós analisamos celulares para descobrir quais que valem ou não a pena comprar. A Xiaomi sempre lançou dezenas de celulares de entrada, e agora chegou a vez do POCO X5, que promete ser um excelente Android para usuários que não querem gastar muito. Será que o POCO X5 presta? Analisamos as câmeras, bateria, performance em jogos, e muito mais.

ÍNDICE

Confira essa review no YouTube:

Câmeras

Começamos falando sobre o conjunto simples de câmeras do POCO: temos um sensor principal de 48 MP, uma Ultrawide de 8 MP, e uma camerazinha macro de 2 MP que nem precisava existir. Já a câmera frontal, de selfies, tem 13 MP. Só podemos filmar em FULL HD e 30 frames, tanto na frontal quanto na traseira.

.
Foto externa, câmera wide. Fonte: Oficina da Net

Eu não esperava fotos boas desse celular, afinal, estamos falando de um smartphone de entrada da Xiaomi, mas confesso que algumas fotos ficaram ótimas.

.
Foto da plantinha, câmera wide. Fonte: Oficina da Net

O celular consegue recortar o fundo com bastante precisão, sem perder detalhes do objeto em primeiro plano.

.
Foto interna com pouca luz, câmera wide. Fonte: Oficina da Net

Conseguimos ver detalhes do plástico do Charmander, enquanto o Pikachu fica de background, era essa a minha intenção ao tirar a foto.

.
Foto externa wide VS ultra-wide. Fonte: Oficina da Net

Já a Ultrawide de 8 MP funciona da forma que estamos acostumados a ver aqui - com a nitidez e cores prejudicadas. Eu só recomendo usar a ultra-wide quando você realmente precisa de um ângulo amplo, já que a qualidade das fotos acaba saindo bem pior do que com a lente principal.

.
Selfie com muita luz e selfie com pouca luz. Fonte: Oficina da Net

Nas selfies, eu notei bastante inconsistência: algumas fotos ficam boas, outras, nem tanto. O cenário ideal para tirar boas selfies é com a luz iluminando o seu rosto, isso vale para todos os celulares, mas no POCO X5 é bem importante. Se a maior fonte de luz ambiente estiver em suas costas, o POCO não consegue balancear a exposição, deixando algumas partes muito escuras e outras estouradas.

Resumindo, a câmera principal é boa, a ultrawide eu não gostei, e as selfies vão depender muito da iluminação do ambiente.

Confira na galeria abaixo várias fotos que tirei com a camera principal, ultra-wide e seflies do POCO X5:

Vídeos

Filmando com esse celular a gente percebe que o vídeo fica bem tremido, com pouca estabilização. Não chega a ser ruim igual a do Redmi Note 12, mas é um ponto que a Xiaomi definitivamente precisa melhorar. No quesito qualidade, a gente tem 1080p em 30 frames, padrão em todos celulares dessa faixa de preço.

Tela do POCO X5 é boa?

Na tela, o POCO X5 tem um display Super Amoled de 6.67 polegadas, resolução FULL HD+ e 120 Hz na taxa de atualização. Para proteger contra riscos e danos, o celular conta com Corning Gorilla Glass 3.

.
O maior ponto positivo do POCO X5 é a tela AMOLED. Fonte: Oficina da Net

Essa é a exata tela do Redmi Note 12, então tudo que eu falei lá na review dele, vale para esse aparelho também. Eu considerei essa tela como uma das melhores que a gente já testou. É sempre impressionante quando comparamos telas LCD convencionais com displays Super Amoled aqui nos nossos testes: A tela Amoled consegue escurecer ao máximo os pixels pretos, então fica impossível distinguir onde começa e termina o celular quando estamos num ambiente totalmente escuro.

.
Tela IPS vs Tela OLED. Fonte: Oficina da Net

Um ponto negativo das OLED é o brilho, mas não é o caso da tela do Poco X5, que atinge um máximo de 1200 Nits. Com esse brilho, a gente consegue usar o celular de boa até num dia bem ensolarado.

O único ponto negativo que consigo encontrar na parte da tela é o fato da taxa de atualização não ser adaptável - você coloca em 120 Hz e fica para sempre, mesmo com o celular parado lendo um texto, por exemplo. Significa que a bateria vai durar menos tempo que em um aparelho com tela adaptável.

Construção Externa

A Xiaomi continua colocando essa pintura preta na parte superior do celular - é uma forma de diferenciar os POCO dos outros celulares.

.
Construção externa do POCO X5. Fonte: Oficina da Net

Mas de diferente, o POCO X5 não tem nada: a construção é inteiramente feita de plástico, o leitor de impressão digital fica junto do botão liga/desliga, abaixo dos botões de volume na lateral do celular;

  • O celular é feito inteiramente de plástico;
  • Conta com proteção IP53, que garante resistência contra poeira e respingos de água;
  • Uma mudança negativa que o POCO X5 tem tem em relação ao POCO X4 PRO é que o som não é estéreo. Temos apenas uma saída de áudio, que fica ao lado do conector USB-C;
  • Ele vem com entradas de fone de ouvido e tem Bluetooth 5.1.

Hardware e Desempenho

Embaixo do capô nós temos um processador Snapdragon 695 - octa-core com dois núcleos de 2.2 GHz e seis núcleos de 1.7 GHz. O nosso modelo tem 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento. Existem também modelos com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento.

Quando esse celular foi lançado uns meses atrás, saiu com Android 12 e MUI 13, mas fique sabendo que já temos a atualização e todos os testes foram feitos com o Android 13 e MUI 14.

Teste no GeekBench

No teste de performance GeekBench o POCO X5 pontuou 849 no Single Core e 2037 no Multi Core. Essa performance deixa ele próximo a celulares como o OnePlus Nord CE 2 que e o Galaxy A14. Nada inesperado aqui.

#CelularesSingle CoreMulti CoreSomaVar. Temp
32°Samsung Galaxy A54 5G7742.6873.46115ºC
33°Realme 9 Pro Plus8142.3353.14916°C
36°Xiaomi POCO X58492.0372.88616°C
37°OnePlus Nord CE 2 5G7302.1412.87111°C
38°Samsung Galaxy A14 5G7592.0362.79510 °C
52°Xiaomi Redmi Note 11S5271.8662.39318ºC
58°Xiaomi Redmi Note 12 4G4721.4631.9359°C

Teste no CPU Throttling

Já no teste Cpu Throttling, onde o celular é estressado por bastante tempo, o POCO X5 teve uma pontuação condizente com outros celulares de entrada - fez 169 mil pontos de média. Isso coloca ele na trigésima segunda posição do nosso Ranking, próximo a celulares famosos como o Redmi Note 11 e Galaxy A53. É um celular que não força o processador aos limites, e por isso não esquenta quase nada.

#CelularesMáximoMédiaMínimoVar. TempPreço
25°Realme 9 Pro Plus206.684199.656148.39918°CR$ 2.999,00
26°Samsung Galaxy A54 5G217.515198.373176.62213ºCR$ 1.698,00
35°Xiaomi Redmi Note 12 4G185.378178.333147.93115°CR$ 939,90
40°Samsung Galaxy A53 5G197.602173.494143.85416°CR$ 2.045,00
43°Xiaomi POCO X5176.980169.546159.98916°CR$ 1.647,99
47°Xiaomi Redmi Note 11S167.495161.465120.93118ºCR$ 1.079,00

POCO X5 é bom para Jogar?

Mas e como é a performance do POCO X5 nos jogos? Olhe só, no canal Roda Liso a gente testou o celular em vários jogos e descobrimos que o processador Snapdragon 695 roda tudo ok, com alguns jogos se saindo melhores que outros.

#CelularesGráficosPontuação MédiaPerda de bateriaVariação Temp.SeloPreço
29°Xiaomi POCO X5MÉDIO34.50715%10°CR$ 1.647,99
41°Xiaomi Redmi Note 11BAIXO14.176N/T10°CR$ 990,00
42°Motorola Moto G53BAIXO14.06212%18°CR$ 945,00
44°Samsung Galaxy A14 5GBAIXO13.83012°C16%R$ 1.259,10
45°Realme C55BAIXO13.61215%16°CR$ 1.119,90
48°Xiaomi Redmi Note 12 4GBAIXO12.8486%10°CR$ 939,90

Por exemplo, no COD Mobile, o POCO X5 conseguiu vencer o Galaxy A54, atingindo 60 frames por segundo, contra os 40 frames do celular da Samsung.

Em jogos menos exigentes, como Mortal Kombat, o POCO conseguiu bater incríveis 90 frames de média.

Mas tem situações onde ele não foi muito bem, como no Diablo Immortal, travando a performance em 30 frames.

Fora a performance abaixo da média, tem algo que atrapalhou e muito a nossa jogatina: acontece que a tela do nosso POCO X5 está com um problema de falha no registro dos toques.

.
Ficou difícil jogar COD. Fonte: Oficina da Net

Eu até achei que o problema fosse por causa da película riscada do celular, mas mesmo depois de tirar ela e jogar diretamente no vidro da tela, o problema de rastreio continua igual.

Remover a película não ajudou. Fonte: Oficina da Net
Remover a película não ajudou. Fonte: Oficina da Net

A gente também tentou diminuir a taxa de atualização da tela de 120 Hz para 60, mas nada mudou, o toque do dedo na tela continua dessincronizado com o restante da gameplay, o que acaba prejudicando muito a jogatina, principalmente nos jogos de tiro.

Já que a gente só tem esse modelo para testar, não temos como saber se é um defeito da nossa tela ou uma característica de todos os POCO X5, então se você também comprou esse celular aqui, digite aí nos comentários como está sendo a experiência de jogar com ele.

Bateria dura um dia inteiro?

O POCO X5 tem uma bateria comum com 5000mAh de capacidade. Esse número não diz nada sobre a autonomia do aparelho: para realmente avaliar a eficiência, a gente desenvolveu o teste de bateria do Oficina da Net: são sete cenários distintos, como rolagem no Instagram, navegação na internet, reprodução de vídeos no YouTube, filmagens com a câmera e muito mais - tudo isso durante um período de 7 horas e 45 minutos.

  • Bateria: 5000mAh;
  • Carregador: 33W;
  • Resultado final: +7h45min de tela. Completou o ciclo;
  • Consumo: 73% da bateria;
  • Carregamento: 1h06 minutos.

Para a minha surpresa, o POCO X5 se saiu muito bem no teste de bateria, completando todas as etapas com sucesso e finalizando com incríveis 27% de carga sobrando. No ranking ele ocupa atualmente o sexto lugar e é o celular mais eficiente que testamos até agora em 2023.

#CelularesCapac.Cons. (%)StandByCargaTela Ligada
Samsung Galaxy M34 5G6.0006015:00h02:12h+7h45min
Samsung Galaxy M54 5G6.0006215:00h02:44h+7h45min
ASUS ROG Phone 66.0006615:00h0+7h45min
Samsung Galaxy M627.0006715:00h02:04h+7h45min
Xiaomi Redmi Note 115.0007115:00h01:20h+7h45min
10°Xiaomi POCO X55.0007315:00h01:06h+7h45min

Mas e o carregamento? A gente sabe que não adianta ter uma boa autonomia se o carregamento demora várias horas, não é mesmo? O POCO X5 venceu aqui também, demorou 1h06m para encher a bateria do 0 ao 100%, isso usando o carregador de 33W que a Xiaomi inclui na caixa.

Com esse celular aqui, você pode viver longe da tomada.

Vale a pena comprar um POCO X5?

Será que vale a pena comprar o Poco X5? Eu digo que não vale, pelo menos não pelo preço que estão pedindo no momento. O mais barato que encontramos aqui no Brasil foi por R$ 1570 à vista, um preço salgado demais para um celular básico.

.
Não é um celular ruim, mas não recomendamos a compra. Fonte: Oficina da Net

Para se ter uma ideia, por 120 reais a mais conseguimos levar o Galaxy A54, um celular que vence o POCO em tudo, menos na bateria.

Agora, se você é daqueles que, como a gente, gosta de importar coisas direto do Aliexpress, a situação fica mais interessante. O preço lá fora é de R$ 1054, mas você vai precisar separar uma graninha extra para lidar com a taxação na alfândega.

O Poco X5 não é um celular ruim, tem como pontos positivos a tela AMOLED de 120 Hz e a bateria que dura bastante tempo de uso, mas ele não vale os 1500 reais que estão pedindo.