Talvez você não dê tanta importância como um bom mouse e teclado durante as jogatinas, mas um bom fone de ouvido pode fazer a diferença tanto em termos de competitividade quanto de imersão nos jogos, proporcionando uma experiência muito melhor frente a grande maioria dos headsets gamer vendidos no mercado. Quando um bom headphone é utilizado em jogos, ele pode proporcionar maior conforto, um som mais definido e espacial, uma maior imersão e até mesmo uma melhor durabilidade. Abaixo falarei sobre cada um destes pontos para que você entenda melhor o que eu quero dizer com isto.

Conforto

Imagem para ilustrar o conforto de um headphone.
Imagem para ilustrar o conforto de um headphone.

Se você passa horas em frente ao PC (notebook, desktop) ou console (PS4, Xbox One, Nintendo Switch), provavelmente há o desejo de um fone de ouvido que possua um conforto que suporte um longo período sem que haja dores nas orelhas ou mesmo calor (demasiadamente quente pode incomodar alguns). Um bom headphone possui materiais projetados para proporcionar um bom conforto, pois muitos deles foram pensados para uso profissional ou por pessoas que possuem um alto nível de exigência (audiófilos).

Artigos recomendados para ler:

Peças intercambiáveis

Peças removíveis do fone de ouvido Kuba Disco. Fonte: Kuba Audio
Peças removíveis do fone de ouvido Kuba Disco. Fonte: Kuba Audio

De que adianta ter um excelente conforto se o material das pessoas se deteriorar rápido? Se considerarmos partes do fone de ouvido como pads (almofadas) e cabos, não é algo que seja evitável, por mais bem feito que seja. Ou seja, é interessante que um fone de ouvido tenha a possibilidade de trocar suas peças com facilidade, para que não haja a necessidade de comprar outro somente devido ao desgaste de determinadas peças.

Durabilidade

Headphone Sennheiser HD600 a esquerda e ZMF Verite Closed. Foto: Rodrigo Pita
Headphone Sennheiser HD600 a esquerda e ZMF Verite Closed. Foto: Rodrigo Pita

O preço pode ser um atrativo e tanto, não é mesmo? Porém, de que adianta pagar muito barato em algo se não há a utilização de materiais de qualidade em sua construção? É por este motivo que é importante procurar por fones que utilizem em seu projeto materiais duráveis, para que a durabilidade deles se estenda por muitos anos (se bem cuidados, claro).

Artigos recomendados para ler:

Espacialidade e separação dos sons

Imagem ilustrativa de posicionamento e separação dos sons. Fonte: Sony
Imagem ilustrativa de posicionamento e separação dos sons. Fonte: Sony

Em jogos competitivos um fone de ouvido com boa espacialidade e com capacidade de separar minimamente os sons é importante e pode proporcionar um desempenho ainda melhor para o jogador amador ou profissional. Quanto maior a espacialidade que o headphone consegue gerar, mais fácil será para ter a noção de distância entre você e os inimigos no game, pois será possível delimitar até onde o som está propagando. Já a separação de dos sons (na música chamado de separação de instrumentos) é importante para que o jogador saiba de qual direção está vindo determinado som, quanto melhor for este quesito, maior vai ser a percepção do posicionamento e consequentemente haverá uma precisão melhor.

Equilíbrio entre graves, médios e agudos

Imagem para ilustrar o equilíbrio tonal. Fonte: amazonaws
Imagem para ilustrar o equilíbrio tonal. Fonte: amazonaws

Talvez você ache que fones de ouvido com graves e agudos mais aparentes seja sinônimo de definição e boa capacidade, porém na realidade este aspecto pode atrapalhar você na grande maioria das vezes, principalmente se não houver um bom controle das frequências. Nos jogos, os sons mais importantes se reúnem nas frequências médias como, por exemplo, as falas e os passos. Dito isto, saiba que não adianta nada o headphone possuir graves com impacto se estes invadirem os médios e agudos por não ter controle ou serem em excesso comparado ao restante do espectro do som, isso só fará com que o som fique apagado, sem definição.

Com relação aos agudos, se houver muita presença (mais que os médios geralmente), eles podem tirar a sua atenção dos médios e fazer com que a sua percepção se volta para sons que não tem tanta importância no jogo. Ou seja, fones de ouvido com muitos agudos podem chamar a atenção pelo fato de passarem a sensação de definição, transparência, mas se esta faixa de frequência não for equilibrada e controlada, pode prejudicar o restante do som.

Artigos recomendados para ler:

Imersão

Imagem para ilustrar o som imersivo. Fonte: sportsvideo
Imagem para ilustrar o som imersivo. Fonte: sportsvideo

Se você tem um fone de ouvido com maior espacialidade, separação de instrumentos e um bom equilíbrio de frequências (também conhecido como equilíbrio tonal), o jogo irá conseguir lhe passar uma imersão consideravelmente maior em comparação com headphones medianos ou ruins. Mas ter maior imersão não é sinônimo de fones de ouvido com som surround multicanal, entenda o porquê aqui.

Artigos recomendados para leitura:

Esse artigo é feito em parceria com o Grupo Fones de Ouvido High-End: