Melhores mouses gamers para comprar até R$500 (Novembro/Dezembro 2019)

Este guia irá ajudar você a escolher seu mouse gastando menos de R$ 300 e com garantia de um produto de ótima qualidade no qual você poderá usufruir por muitos anos sem se preocupar.

Por Hardware Pular para comentários
Melhores mouses gamers para comprar até R$500 (Novembro/Dezembro 2019)

Assim como temos o guia de teclados mecânicos até R$500, agora também teremos o guia de melhores mouses até a mesma faixa de preço, variando de R$100 até chegar em nosso limite.

Nos últimos anos, o avanço em qualidade de mouses Gamers melhorou muito, avançamos de simples mouses de escritório por dentro e transformers por fora para mouses que priorizam a ergonomia e qualidade do produto. Agora também temos a introdução de mouses ultra-leves, com cabos paracord e baterias que duram vários meses.

Veja também: Os melhores teclados mecânicos até R$ 500.

Além da melhora absurda em qualidade, os preços vêem em uma curva de declínio. Quando antes não se encontrava algo "High-End" por menos de 300 reais, hoje podemos encontrar uma variedade gigante de opções com os melhores componentes por até menos de 200 reais, então vamos ver quais são estas opções.

Como preços e gostos variam muito de pessoa pra pessoa, este guia estará separado primeiramente pelo tipo de pegada e depois pelo preço, assim conseguimos recomendar um mouse para todos os tipos de pessoa.

Tipos de pegada

Antes de escolher o seu próximo mouse, atente-se ao seu tipo de pegada, use a imagem abaixo para ver como você usa seu mouse para garantir o máximo conforto e ergonômia durante o uso.

Tipos de pegadas
Tipos de pegadas

Também ressaltamos que mouses podem funcionar bem para mais de uma pegada e não ser limitada a uma em específico, e já mencionamos isso em alguns de nossos reviews.

Também lembramos que a recomendação de mouse pode variar de acordo com o tamanho das suas mãos. Mouses que para pessoas com mãos pequenas podem servir como Palm, para outras com mãos grande são recomendados para a pegada Claw, e vice-versa. Então se atentem às medidas dos mouses.

No resumo de cada mouse iremos especificar quais pegadas combinam mais com o formato da carcaça do mouse, assim será mais fácil de saber qual mouse se encaixa melhor em sua mão.

Mouses até R$200

Logitech G203

O G203 é a nossa primeira recomendação, como também é a mais barata. Ele gira em torno dos R$99 a 140, mas não é difícil encontrá-lo bem perto do primeiro preço mencionado, e ele se sai muito bem.

Logitech G203
Logitech G203

Seu sensor é um proprietário da Logitech, chamado de Mercury. Ele não é um topo de linha como o Hero, mas ainda faz um serviço muito bom. Na análise do Wellington Diesel (Wetto), ele mostrou ter performance comparável aos Pixart 3325/3330, que são sensores intermediários e de boa qualidade.

Logitech G203/102 ProdigyFicha técnica - Logitech G203/102 Prodigy
  • Data lançamento: 04/01/2017
  • Modelo do Sensor: Logitech Mercury
  • Switches principais: OMRON China 20M
  • Codificador do Scroll: Mecânico Kailh
  • Lift Off Distance: Entre 1 e 2 CDs
  • Switch do scroll: Tátil Logitech
  • Tamanho: 116,6 x 62,15 x 38,2mm
  • Peso: 85g
  • Taxa de atualização: 1000Hz
  • Possui software?: Sim
  • Botões extra: 2 botões extra
  • Pegada: Claw e Finger

O seu formato vai principalmente para a pegada Claw, com a curvatura em sua parte traseira ajudando no encaixe da mão para quem tem essa pegada. Fingertip também funciona bem, enquanto que Palm é uma pegada que ele não tem enfoque, e há grandes chances de não ficar bom em conjunto com Palm.

Pichau P701

O P701 é a mais nova adição brasileira no mercado de mouses gamers. Ele surpreende com seu baixíssimo preço - média de R$150 - e componentes que rivalizam com mouses de R$250, ou até mais, e o fato de ser o primeiro mouse da marca só o torna ainda mais impressionante.

Pichau P701
Pichau P701

A Pichau literalmente reuniu os melhores pontos de vários mouses e garantiu que a grande maioria das críticas que os reviewers passam não fossem parte do mouse, e o lançou.

Pichau P701Ficha técnica - Pichau P701
  • Data lançamento: 06/09/2019
  • Preço de lançamento: R$ 150,00
  • Modelo do Sensor: Pixart PMW3360
  • Switches principais: OMRON China 50M
  • Codificador do Scroll: Mecânico TTC
  • Switch do scroll: Huano Blue
  • Peso: 110g
  • Taxa de atualização: 1000Hz
  • Possui software?: Não
  • Botões extra: 3 Botões Extra
  • Pegada: Palm e Finger

Ele conta com um formato muito parecido ao do Zowie EC2-A, que agrada muitas pessoas e serve muito bem para fingertip e palm, sem jogar muito pra um nem pra outro.

Redragon King Cobra

A terceira recomendação desta seção é o Redragon King Cobra que tem inovações extremamente interessantes e que apresenta a possível solução para que não haja mais problemas de Double-click.

Redragon King Cobra, foto por Svio Coelho - PHE
Redragon
King Cobra, foto por Sávio Coelho - PHE

Switches principais ópticos da LK, sensor PMW3360, iluminação RGB e peso de 130g, este mouse veio para a briga em vários, mas principalmente em preço. Já fizemos um review deste mouse aqui em nosso site, você pode conferir tanto o review escrito quanto em vídeo logo abaixo. Seu formato e altura favorecem bastante a pegada no estilo palm, mas não o proíbe ser usado com pegadas no estilo Fingertip caso suas mãos não sejam super pequenas.

Mesmo sendo um produto do ano passado, ele trouxe várias inovações que o fazem ser bem moderno, e garante seu lugar em nossa lista de recomendações.

Pichau P501

Assim como o P701, o P501 é um dos novos lançamentos na parte de mouses gamers. Ele tem um preço médio um pouco menor, de R$130, mas ainda conta com vários componentes de boa qualidade.

Pichau P501
Pichau P501

Temos um sensor intermediário, em forma de Pixart PMW3325, o mesmo do Cougar Surpassion ST, que é recomendado logo abaixo, e seus switches principais são Omrom 20m.

Pichau P501Ficha técnica - Pichau P501
  • Data lançamento: 10/11/2019
  • Preço de lançamento: R$ 130,00
  • Modelo do Sensor: Pixart PMW3325
  • Switches principais: OMRON China 20M
  • Codificador do Scroll: Mecânico TTC
  • Switch do scroll: Tátil genérico
  • Peso: 106g
  • Taxa de atualização: 1000Hz
  • Possui software?: Não
  • Botões extra: 3 Botões Extra
  • Pegada: Finger e Palm

Seu peso de 106g ainda o deixa na parte de mouses de peso médio, e seu formato vai bem com Fingertip, Palm. Caso você tenha mãos maiores e use Claw, talvez ele também sirva para você.

Cougar Surpassion ST

Esse é outro mouse que passou por nossa avaliação, e que aparte do seu preço na época de lançamento, era um bom mouse e que não apresentava nenhum problema óbvio. Ele virou o mouse principal do nosso Editor Chefe, o Nicolas Muller, desde que terminamos nossa análise, e até o momento não apresentou nenhuma falha.

Cougar Surpassion ST
Cougar Surpassion ST

Ele se encontra em alguns lugares por valores bem acima dos R$200, que não é recomendado de jeito algum, mas ele também aparece em várias lojas com preços que variam entre R$150 a 170, e aí sim ele se torna uma opção interessante. Você pode conferir nosso review dele nos links abaixo.

Sua pegada dá preferência aos usuários fingertip, com suas laterais compridas na parte vertical, o que favorece o grip com a ponta dos dedos. Claw só ficaria confortável se você tem mãos grandes, enquanto que Palm fica para mãos pequenas.

Mouses até R$300

Logitech G502 Hero/Hero SE

Aqui damos um pequeno pulo de preço, subindo uma categoria, pelo menos na teoria. Vou abrir essa seção recomendando o G502 em sua última iteração, na versão Hero.

Logitech G502 Hero
Logitech G502 Hero

Ele continua com as mesmas propriedades internas da versão Proteus Spectrum, com a única diferença sendo o sensor, que foi substituído pelo Logitech Hero, equivalente ao que era usado antes, o PMW 3366. Outra coisa que foi melhorada foi o scroll, que agora ao invés de ser feito em metal, conta com plástico e borracha, o que garante que não haverá ferrugem no mouse meses após a compra.

Logitech G502 Hero / Hero SEFicha técnica - Logitech G502 Hero / Hero SE
  • Data lançamento: 15/10/2018
  • Modelo do Sensor: Logitech Hero
  • Switches principais: OMRON China 20M
  • Codificador do Scroll: Ótico Logitech
  • Switch do scroll: Tátil genérico
  • Peso: 121g
  • Taxa de atualização: 1000Hz
  • Possui software?: Sim
  • Botões extra: 7 botões extra
  • Pegada: Palm e Finger

Seu formato continua sendo o mesmo também: quem tem a pegada Palm tem grandes chances de gostar do mouse, já se usam Fingertip ou Claw a coisa complica um pouco, pois suas 119g o tornam um "peso pesado", assim dificultando para quem usa a ponta dos dedos para mexer o mouse em cima do mousepad.

Logitech G305

O G305 é um com a carcaça basicamente idêntica ao Logitech G Pro, só que sem iluminação e também sem fio. Ele é uma excelente escolha para caso você não queira ver fios em cima da mesa.

Logitech G305
Logitech G305

Além disso, ele também conta com o Sensor Hero, boa construção interna, excelente duração de bateria e um formato que agrada a muitos, tanto em Fingertip quanto em Claw, e que não encaixa tão bem em Palm.

Vocês o encontram em média por R$220, mas já houveram inúmeras promoções que este carinha aqui chegou a custar até R$130, um preço ridículo - no bom sentido - para a qualidade que ele tem.

Cooler Master MM531

Este mouse da CM é a atualização do MM530, que saiu de linha. Houveram algumas mudanças, como uma melhoria muito bem-vinda no sensor, e também outras modificações estéticas.

Cooler Master MM531
Cooler Master MM531

Ele ainda mantém o design bem parecido ao do Surpassion/Surpassion ST, o que conquistou muitos fãs desde o lançamento do mouse da Cougar, e assim deve ser com o modelo da CM.

Cooler Master MM531Ficha técnica - Cooler Master MM531
  • Data lançamento: 18/09/2018
  • Modelo do Sensor: Pixart PMW3360
  • Switches principais: OMRON China 20M
  • Peso: 92g
  • Taxa de atualização: 1000Hz
  • Possui software?: Sim
  • Botões extra: 4 botões extra
  • Pegada: Palm e Finger

Sua pegada é bem voltada ao estilo Fingertip, acolhendo Palm sem maiores problemas, mas podendo ficar um pouco desconfortável caso você a famosa Claw.

Logitech MX518 Legendary

Este carinha aqui é o reboot do lendário - por isso Legendary no nome - MX518, que ainda é considerado por muitos o melhor mouse já feito até hoje, seja por estarem acostumados a usar este mouse, que durava cerca de 10 anos ou mais até, ou simplesmente por gostarem do formato.

Logitech MX518 Legendary
Logitech MX518 Legendary

Nós aqui do oficina da Net tivemos o prazer de testar este mouse, que tem seu formato externo basicamente idêntico ao primeiro, apenas com pequenas mudanças, mais puxadas para o lado estético. Vocês podem conferir nosso review em vídeo e escrito nos links abaixo.

Sua carcaça claramente favorece usuários da pegada Palm, e mesmo tendo mãos grandes, não consegui usar minha pegada natural que é Fingertip, sendo forçado a me adaptar a um mix de finger e palm.

Mouses até R$400

Razer DeathAdder Elite

O nome DeathAdder é um dos mais famosos quando se fala sobre mouses gamers, e não é por pouco. Por alguns anos, ele realmente foi o melhor disponível no mercado, o que não é mais verdade em 2019.

Razer DeathAdder Elite
Razer DeathAdder Elite

Mas ainda assim, uma ótima opção de mouse e que ainda conta com boa qualidade de construção e componentes, contando com switches principais Omrom 50m e sensor PMW3389, que por algum tempo foi exclusivo da Razer, mas hoje já pode ser encontrado em outros mouses.

Razer DeathAdder EliteFicha técnica - Razer DeathAdder Elite
  • Data lançamento: 27/09/2016
  • Modelo do Sensor: Pixart PMW3389
  • Switches principais: OMRON China 50M
  • Codificador do Scroll: Mecânico TTC
  • Lift Off Distance: Menos de 1 CD
  • Switch do scroll: Tátil genérico
  • Tamanho: 127 x 70 x 44mm
  • Peso: 105g
  • Taxa de atualização: 1000Hz
  • Possui software?: Sim
  • Botões extra: 2 botões extra
  • Pegada: Universal

Sua pegada é inspirada no Microsoft Intellimouse 3.0, mantendo muitas das mesmas curvas do mouse da Microsoft, e assim facilitando em primeira mão a pegada palm, enquanto que Fingertip fica como secundário e Claw fica meio complicado de usar.

Corsair Glaive Pro/Aliminium

O Corsair Glaive pro teve sua avaliação aqui no Oficina da Net feita pelo Franklin Azevedo, que o deixou com o apelido de "Grande em todos os sentidos", e que foi bem na avaliação.

Corsair Glaive Pro
Corsair Glaive Pro

Pelo nome você já deve ter imaginado, mas este é um mouse bem pesado, passando o G502, que já é conhecido por ser quase que exageradamente pesado, e a versão Aluminum só faz a diferença aumentar.

Corsair GlaiveFicha técnica - Corsair Glaive
  • Data lançamento: 06/05/2017
  • Modelo do Sensor: Pixart PMW3367
  • Switches principais: OMRON China 50M
  • Codificador do Scroll: Mecânico TTC
  • Lift Off Distance: Entre 1 e 2 CDs
  • Switch do scroll: Squared switch tátil
  • Peso: 120g
  • Taxa de atualização: 1000Hz
  • Possui software?: Sim
  • Botões extra: 2 botões extra
  • Pegada: Claw e Palm

E mais uma vez assim, assim como o G502, ele favorece a pegada Palm, com fingertip sendo ainda mais dificultada pelo grande peso, e Claw não recomendo usar pois potêncialmente causará várias dores.

Zowie Séries ZA / FK / S

A Zowie é bem conhecida por ter mouses que são bem simples em seu funcionamento, mas que trazem boa construção interna e externa, e assim garantindo que o mouse funcione por um bom tempo.

Zowie FK2
Zowie FK2

Originalmente, os mouses da marca chegaram ao país por cerca de R$450, mas hoje a grande maioria dos modelos já pode ser encontrado por menos de R$400, tirando a série EC-A que ainda custa o preço original.

Zowie ZA12Ficha técnica - Zowie ZA12
  • Data lançamento: 22/04/2015
  • Modelo do Sensor: Pixart PMW3310
  • Switches principais: Huano Blue
  • Codificador do Scroll: Ótico Zowie
  • Lift Off Distance: Menos de 1 CD
  • Switch do scroll: Huano Red
  • Tamanho: 124 x 64 x 39mm
  • Peso: 85g
  • Taxa de atualização: 1000Hz
  • Possui software?: Não
  • Botões extra: 4 botões extra
  • Pegada: Universal

Não tem muito o que falar de pegadas aqui, há vários modelos dentro de cada série, e você terá que pesquisar por si só para saber qual vai lhe agradar mais, o que posso lhes dizer é que os mouses tem peso médio, nada de ultra-leves mas também nada de 120+ gramas.

Mouses até R$500

Razer Viper

Abrindo a seção dos mouses mais caros do artigo, vem a nossa recomendação número 1 quando se fala de qualidade, pelo menos até o presente momento. O Razer Viper trouxe todos os melhores aspectos de vários mouses em um conjunto só, e o resultado é brilhante.

Razer Viper
Razer Viper

Pesando apenas 69 gramas, com switches ópticos baseados nos LK, novo sensor Pixart PMW3399 e cabo no estilo paracord, a marca trouxe o nome "topo de linha" a um novo patamar no mercado de mouses. Mas claro que isso vem a um preço, que não é baixo. Você pode conferir nosso review em vídeo e escrito nos links abaixo.

Quando o assunto é pegadas, ele fica claro que favorece o estilo Palm e Fingertip, principalmente para quem tem mãos médias. Claw não encaixa tão bem nele, pois sua traseira é bem recuada, dificultando este tipo de pegada.

Glorious Model O

O Model O foi o primeiro mouse da categoria dos ultra-leves a ser disponibilizado a um preço relativamente baixo, e a marca entrou no mercado para competir frente-a-frente com as maiores do mercado.

Glorious Model O
Glorious Model O

Ele conta com uma carcaça cheia de furos, que o ajuda a manter o peso baixo. Seus switches principais são Omrom 20m e seu sensor é o Pixart PMW3360, um topo de linha como já vimos antes, fora as outras mordomias que o mouse traz, como cabo estilo paracord e pés G-Skate, um dos melhores do mercado. Recebemos um modelo para review e assim que a análise estiver completa estarei incluindo aqui.

Glorious Model OFicha técnica - Glorious Model O
  • Data lançamento: 18/05/2019
  • Preço de lançamento: R$ 400,00
  • Modelo do Sensor: Pixart PMW3360
  • Switches principais: OMRON China 20M
  • Codificador do Scroll: Mecânico TTC
  • Switch do scroll: Huano Green
  • Peso: 67g
  • Taxa de atualização: 1000Hz
  • Possui software?: Sim
  • Botões extra: 3 Botões Extra
  • Pegada: Palm e Finger

Seu formato não é tão diferente do Razer Viper, mesmo tendo dimensões um pouco maiores, e assim acomodando um pouco melhor a quem tem mãos grandes

SteelSeries Rival 310 (PUBG/Howl Edition também)

O Rival 310 continua a longa linhagem de mouses da série Rival, com a iteração anterior sendo o Rival 300, que ficou muito famoso e era o sonho de vários gamers por muitos anos - inclusive eu mesmo.

SteelSeries Rival 310
SteelSeries Rival 310

Agora, anos depois, a empresa lançou a nova versão, o Rival 310, que conta com várias melhorias internas e externas, e o mais importante, corrigindo o problema de desgaste excessivo da borracha lateral, que era o que mais incomodava os donos do Rival 300. Ele ainda conta com o novo sensor, o TrueMove3, e também com switches principais da própria marca.

SteelSeries Rival 310Ficha técnica - SteelSeries Rival 310
  • Data lançamento: 01/08/2017
  • Modelo do Sensor: Truemove3
  • Switches principais: OMRON China 50M
  • Codificador do Scroll: Mecânico ALPS
  • Switch do scroll: Squared switch tátil
  • Peso: 88g
  • Taxa de atualização: 1000Hz
  • Possui software?: Sim
  • Botões extra: 3 Botões Extra
  • Pegada: Palm e Finger

Sua pegada é baseada no Intellimouse 3.0, assim como o DeathAdder Elite, e assim predomina o tipo Palm, mesmo encaixando em Fingertip muito bem - pelo menos pra mim. Seu peso é considerado médio-leve, com 88 gramas, o que deve agradar a grande maioria dos compradores.

Cougar 700M Evo

E por último, temos o nosso primeiro e único mouse "transformer" da lista, o Cougar 700M Evo, que teve sua análise completa feita por nós aqui no Oficina da Net. O chamo de transformer pois ele é um mouse modular, com a sua traseira tendo ajustes de altura, profundidade e que também vem com uma tampa menor, para caso a original não encaixe em sua mão.

Cougar 700M Evo
Cougar 700M Evo

Ele conta com vários componentes topo de linha, como o PMW3389 de sensor e Omrom 50m nos switches principais, mas a verdade é que grande parte de seu preço vem por causa da construção e estrutura, que são realmente sólidas, e de metal. Você pode conferir nosso review nos links abaixo.

Sua pegada é totalmente adaptável, você pode usar Palm, Fingertip ou Claw, é só ajustá-lo do tamanho que melhor se encaixa em sua mão, e isso realmente funciona, e é essa preocupação que sua modularidade dispensa, deixando você focar no que é importante: jogar.

E aí, o que achou da nossa lista de recomendações de mouses? Gostou de algum? Comente aí embaixo. A lista será atualizada de tempos em tempos, para que possamos manter vocês atualizados dos melhores mouses do mercado.

Leia também: As melhores placas mãe para processadores Intel (de R$330 até R$3000) | Dezembro 2019. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários