Com a crescente demanda por celulares cada vez mais potentes, a bateria se tornou um dos principais pontos de preocupação dos usuários. Afinal, nada é mais frustrante do que ficar sem carga durante o dia, não é mesmo? Por isso, neste post iremos apresentar os 5 smartphones com as baterias mais eficientes do mercado em 2023, para que você possa escolher um aparelho confiável e que não te deixa na mão.

Nossas escolhas de smartphones para essa lista se baseiam inteiramente no ranking do Teste de Bateria oficial do Oficina da Net. O teste consiste em um percurso padronizado, com vários aplicativos e registros do nível da carga a cada troca de etapa. Confira detalhes do teste aqui!

⚠️Vale ressaltar que a nossa lista leva em consideração não apenas a eficiência e o consumo, mas também o preço do aparelho, data de lançamento e potência.⚠️

Motorola Moto G53

Moto G53
Moto G53

Com um hardware leve, tela HD, 120Hz de taxa de atualização e uma bateria de 5000 mAh de capacidade, o Moto G53 alcança o quinto lugar da nossa lista de baterias. Por mais que existam "odiadores" da Motorola, é inegável o custo-benefício desse aparelho, principalmente quando se leva em consideração a elegância da construção do mesmo.

#CelularesCapac.Cons. (%)StandByCargaTela Ligada
Samsung Galaxy M34 5G6.0006015:00h02:12h+7h45min
Samsung Galaxy M54 5G6.0006215:00h02:44h+7h45min
ASUS ROG Phone 66.0006615:00h0+7h45min
Samsung Galaxy M627.0006715:00h02:04h+7h45min
Xiaomi Redmi Note 115.0007115:00h01:20h+7h45min
38°Motorola Moto G535.0009115:00h01:50h+7h45min
O G53 sobreviveu a todas as nossas etapas do teste, finalizando-o com um restante de 9% de carga. O período de 15:00h com a tela apagada após o teste completo também foi uma mão na roda para o Moto G53, consumindo apenas 4% desses 9%.

Xiaomi POCO X4 GT

Xiaomi POCO X4 GT
Xiaomi POCO X4 GT

Fazendo uso de um surpreendente processador MediaTek Dimensity 8100, o POCO X4 GT se fixa no quarto lugar da nossa lista. Esse aparelho possui um display fullHD, 144Hz de taxa de atualização e uma bateria levemente maior que o comum, de 5080 mAh de capacidade. A sua velocidade de carregamento também é elevada, já que o mesmo se encontra com um carregador de 67W em sua caixa.

#CelularesCapac.Cons. (%)StandByCargaTela Ligada
Samsung Galaxy M34 5G6.0006015:00h02:12h+7h45min
Samsung Galaxy M54 5G6.0006215:00h02:44h+7h45min
ASUS ROG Phone 66.0006615:00h0+7h45min
Samsung Galaxy M627.0006715:00h02:04h+7h45min
Xiaomi Redmi Note 115.0007115:00h01:20h+7h45min
25°Xiaomi POCO X4 GT5.0808615:00h00:51h+7h45min
Apesar de ser potente e performático, o POCO X4 GT sobreviveu tranquilamente ao nosso teste, finalizando com 14% de energia restante. Outro aspecto importante sobre o smartphone é a sua velocidade de carregamento, que demorou 51 minutos para ir do 0 aos 100%.

Google Pixel 6A

Google Pixel 6A
Google Pixel 6A

Variando um pouco das marcas convencionais, temos o Google Pixel 6A com a experiência mais pura de um Android. Além das câmeras excelentes, os Pixel são famosos pelos processadores Tensor, produzidos pela própria Google. O 6A possui também uma tela Full HD, taxa de atualização de apenas 60Hz e uma bateria de 4410 mAh.

#CelularesCapac.Cons. (%)StandByCargaTela Ligada
Samsung Galaxy M34 5G6.0006015:00h02:12h+7h45min
Samsung Galaxy M54 5G6.0006215:00h02:44h+7h45min
ASUS ROG Phone 66.0006615:00h0+7h45min
Samsung Galaxy M627.0006715:00h02:04h+7h45min
Xiaomi Redmi Note 115.0007115:00h01:20h+7h45min
20°Google Pixel 6a4.4108315:00h03:10h+7h45min
TAMANHO NÃO É DOCUMENTO! Apesar da bateria com uma capacidade levemente menor que o comum, o Pixel 6A arrasou nos nossos testes, terminando com 17% de carga restante. Um dos pontos negativos do Pixel definitivamente é a velocidade de recarregamento, pois o mesmo aceita uma taxa de 18W, porém não vem com o carregador na caixa. Segundo o nosso teste, ele levou um total de 3:10h para ir do 0 aos 100%.

Xiaomi Redmi Note 11

Xiaomi Redmi Note 11
Xiaomi Redmi Note 11

Voltando agora com um Xiaomi RAIZ, temos o Redmi Note 11, um clássico "baratinho" do Aliexpress, famoso entre os usuários com um orçamento curto. Esse queridão foi lançado com um processador Snapdragon 680, uma tela fullHD, 90Hz de taxa de atualização e uma bateria de potentes 5000 mAh.

#CelularesCapac.Cons. (%)StandByCargaTela Ligada
Samsung Galaxy M34 5G6.0006015:00h02:12h+7h45min
Samsung Galaxy M54 5G6.0006215:00h02:44h+7h45min
ASUS ROG Phone 66.0006615:00h0+7h45min
Samsung Galaxy M627.0006715:00h02:04h+7h45min
Xiaomi Redmi Note 115.0007115:00h01:20h+7h45min
Para os fãs de bateria, o Note 11 é uma das melhores escolhas, já que o azulão sobreviveu ao percurso inteiro do teste de bateria com 29% de carga restante. O período de standby com a tela apagada também foi tranquilíssimo, com o aparelho consumindo apenas 5% durante as 15h da etapa. A sua velocidade de recarregamento também impressiona, pois além de possuir o carregador e os cabos na caixa original, o Note 11 vai de 0 a 100% em apenas 1:20h.

Samsung Galaxy M62

Samsung Galaxy M62
Samsung Galaxy M62

É finalmente a hora do verdadeiro REI DA BATERIA. O Samsung Galaxy M62 possui o processador Exynos 9825, uma tela de resolução fullHD, 60Hz de taxa de atualização e uma bateria impressionante de 7000 mAh de capacidade.

#CelularesCapac.Cons. (%)StandByCargaTela Ligada
Samsung Galaxy M34 5G6.0006015:00h02:12h+7h45min
Samsung Galaxy M54 5G6.0006215:00h02:44h+7h45min
ASUS ROG Phone 66.0006615:00h0+7h45min
Samsung Galaxy M627.0006715:00h02:04h+7h45min
Xiaomi Redmi Note 115.0007115:00h01:20h+7h45min
Desde o início do nosso teste de bateria, o M62 segue sendo o top 1, ultrapassando todos os mais recentes lançamentos quando o tema é eficiência. Após completar todo o nosso circuito de testes, o M62 ficou com 33% de carga restante, absolutamente monstruoso. Porém o M62 tem uma desvantagem clara: o seu tamanho. Um smartphone de 7000 mAh tem os seus pontos positivos e negativos, e as críticas do M62 envolvem o seu tamanho (grossura) excessivo e o seu peso. Esse celular também perde alguns pontos quando consideramos que ele foi lançado no início de 2021, diferente de outros nomes citados nessa lista.

Se você é uma das pessoas que procura uma boa eficiência energética no seu smartphone, não olhe apenas para os números brutos de uma bateria, pois muitas vezes a sua otimização não é confiável e você acaba com uma bateria de 5000 mAh que se comporta como uma de 3000 mAh. Sempre pesquise bem sobre a capacidade e durabilidade do aparelho em que você está interessado, não tem erro.