REDMI NOTE 7 - REVIEW - Ainda tá valendo a pena comprar esse Xiaomi?

Analisamos um dos mais emblemáticos aparelhos da Xiaomi em 2019, o Redmi Note 7 versão 4 e 64GB teve bom desempenho? Faz boas fotos? Confere aí a análise do Oficina da Net.

Por Reviews de smartphones 4 comentários

Um dos mais emblemáticos aparelhos da Xiaomi está aqui na redação do Oficina da Net e passou por nossas análises.

O Xiaomi Redmi Note 7 versão 4GB e 64GB na cor azul é muito bonito, com processador Snapdragon 660, tela de 6,3 polegadas FULLHD+, será que esse é o telefone ideal para balançar o custo com o benefício? É o que você vai descobrir agora no Review do Redmi Note 7 do Oficina da Net.

NOTA

8.1

Xiaomi Redmi Note 7

Prós
  • Ótima aparência
  • Tela
  • Performance
  • Bateria top
Contras
  • Não contar com NFC
  • Interface

REVIEW em vídeo:

Design e construção

Bonitão. Essa é a palavra que resume o aparelho. A cor azul que testamos tem um degradê que começa em um tom lilás e termina no azul.

Redmi Note 7 é bonito

Essas cores são bastante características de meados de 2018 para 2019. Por falar nesse período, na face frontal do aparelho encontramos a tela com notch em formato de gota, mas ainda com algumas bordas.

Redmi Note 7 - Tela

Os botões ficam localizados ao lado direito, enquanto no esquerdo temos a caixa de cartões SIM e MicroSD, em formato híbrido.

Redmi Note 7 - botões

Ele conta com entrada para fones de ouvido na parte superior que também está acoplado o sensor infravermelho que você pode utilizar como controle remoto para seus aparelhos. Basta configurar entre diversos na lista.

Redmi Note 7 - entrada para fones

Na sua base encontramos a porta USB do tipo C e o alto falante de mídia, mono, apesar de ter dois espaços de buracos.

Redmi Note 7 - usb C

Na parte de trás, temos o conjunto de câmeras em um exacerbado e protuberante bloco, além do sensor de impressões digitais.

Redmi Note 7 - foto traseira

Falando em traseira, tanto ela quanto a frente do aparelho são protegidas por Corning Gorilla Glass 5, o que teoricamente protege de alguns arranhões, mas por favor, utilize a capa de proteção que acompanha o kit.

Ele não conta com proteção para água, então cuidado.

Hardware e performance

Eu preciso que vocês entendam que o Redmi Note 7 tem hardware de smartphones de dois anos atrás, como o Zenfone 4. Sim, esse snapdragon 660 com 4GB e 64GB de armazenamento são componentes que contemplavam smartphones em 2017, mas isso não é um problema, aí que entra o baixo custo aliado ao benefício, pois o processador dá conta de muita coisa. Só que como mencionei no começo desse tópico, eu preciso que você entenda que ele foi designado para ser um smartphone intermediário, não topo de linha, portanto, não espere desempenho de topo de linha. Mesmo assim, se você comprar ele vai ter condições de até mesmo jogar sem travamentos, mas não será aquele desempenho que consideramos liso em nossos testes de jogos, vídeo e teste que você já viu por aqui.

Quando que o Redmi Note 7 pode ser uma boa opção?

Ah Nícolas, mas eu preciso de um smartphone novo apenas para navegar em redes sociais, tirar algumas fotos e ser meu aparelho diário, não tenho grana para comprar um topo de linha, o Redmi Note 7 pode ser uma opção para mim?

Minha pronta resposta é um SIM, bem grande. Você que usa redes sociais, navega pela internet e olha seus emails não precisa de um telefone topo de linha. Não gaste seu dinheiro com algo que não se faz necessário. O Redmi Note 7 é uma ótima opção para este caso.

Performance

Se você acompanha o Oficina da Net, viu o desempenho do Redmi Note 7 nos jogos, vídeo abaixo:

Também, colocamos ele em testes de benchmarks, veja os resultados:

Resumindo a performance do aparelho, eu indico esse conjunto de processador, memórias como sendo o mínimo que você deveria comprar se quiser ter uma performance razoável e manter ela por pelo menos 2 anos sem ficar com engasgos.

Tela

A tela é de 6,3 polegadas, FULLHD+ em tecnologia IPS. Ela conta com entalhe em modo gota, protegida por Corning Gorilla Glass 5, tem brilho de 450 nits, isso é um padrão hoje em smartphones. Esse padrão permite visualizar bem as informações mesmo em ambientes externos e ensolarados.

Redmi Note 7 - tela

Os ângulos de visão são bons, você consegue manter visibilidade e leitura mesmo quase que deitado sob o aparelho.

Notei as cores do Note 7 um pouco puxadas a tons frios que podem ser modificados no sistema.

Câmeras do Redmi Note 7

Ele vem equipado com duas câmeras traseiras, de 48MP abertura f/1.8 e outra de 5MP abertura f/2.4 que auxilia nas fotos em modo retrato. A frontal é de 13MP abertura f/2.0. Bem, se você viu o nosso batalha de câmeras entre ele e o P30 Lite da Huawei, pode ver o desempenho real das câmeras. Podemos dizer que ele vai bem em quando bem iluminado, principalmente em ambientes externos, mas interno ou mesmo a noite, ele sofre. O sensor principal é um Samsung, GM1 que tem uma tecnologia 4 pixels em 1, ele fará uma imagem de 48MP transformar em um arquivo de 12, agrupando esses pixels para tornar a foto mais nítida. Ainda assim, ele permite que você faça imagens em 48MP, porém, não vejo motivo para fazer isso, afinal somente o arquivo ficará maior.

Grava vídeos em FULLHD 60FPS no app de câmera da Xiaomi, e 4K 30FPS se usar GCam. E novamente, em ambientes externos ele foi relativamente bem, em internos ele até mesmo não conseguiu manter a constância dos frames, perdendo cerca de 2 a 4fps. Então, pode acontecer isso em seus vídeos, a imagem vai ficar adiantada ao som.

A Xiaomi é relativamente mediana em câmeras, o software dela não consegue gerar boas imagens, a pós produção, o HDR são fracos, sem mencionar o modo noturno que é bizarro. O balanço de branco por vezes fica estranho e as selfies são orientais, seu rosto e pele vai ficar mais clara, bem mais clara do que o natural.

Já a câmera traseira consegue ir melhor. E a dica é instalar o app do Google, a tão famosa Gcam. Aí sai o software da Xiaomi e entra o Google, ele melhora sim, principalmente a ambientação dos cenários, sombras e equilíbrio de cores.

Em resumo, as câmeras dele são medianas, assim como o conjunto total do telefone. Eu sinceramente esperava um pouco mais, mas pelo preço atual do smartphone, você nem reclamar pode.

Sabe, eu sou meio suspeito em falar, testei 5 smartphones Xiaomi até agora, e todos eles eram intermediários ou entrada, por este motivo que até hoje minhas análises trouxeram aparelhos com câmeras intermediárias para ruins. Nunca vi os aparelhos da Xiaomi serem eleitos melhores em câmeras em qualquer lugar, mas vejo sim um grande avanço principalmente ano passado. Também se eu testar algum aparelho mais caro pode ser que venha mudar de ideia, até hoje o mais equipado que usei foi o Pocophone F1, e por contar com bons recursos esperava muito mais das câmeras, o mesmo acontece com o Redmi Note 7. Eu não gosto de indicar, mas sinceramente a Gcam se faz necessário nesse smartphone. Se vocês quiserem, peçam nos comentários que faço um vídeo ensinando a instalar a Gcam nele.

Não conta com NFC?

O Redmi Note 7 não tem suporte a NFC, então os meios de pagamento em maquininhas de cartão com aproximação, você não poderá usar nele. Mas você já viu alguém usando isso em smartphone?

Bateria

Bateria. Aí está um ponto que a Xiaomi vai bem. Quando mencionei que todos os aparelhos testados eram intermediários, pois bem, todos eles contavam com baterias muito boas. Sempre maiores e duradouras. O Redmi Note 7 conta com 4000 mAh o que garante em níveis de uso tradicional, facilmente dois dias. Agora em uso intenso, você certamente chegará ao final do dia com pelo menos 15% de vida.

Ele leva cerca de 2 horas para completar a carga com o carregador de apenas 10W.

Xiaomi Redmi Note 7Ficha técnica - Xiaomi Redmi Note 7
  • Data lançamento: 10/01/2019
  • Preço de lançamento: R$ 1.699,00
  • Menor preço histórico: R$ 959,90
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 660
  • Memória RAM: 3 GB, 4 GB e 6 GB
  • Armazenamento Interno: 32 GB e 64 GB
  • Armazenamento Extra: 256 GB
  • Câmera Frontal: 13 MP
  • Câmera Traseira: 48 MP e 5 MP
  • Display - Tamanho: 6.3
  • Display - Tecnologia: IPS
  • Display - Proteção: Gorilla Glass 5
  • Display - Resolução: 2340 x 1080
  • Sistema operacional: Android 9 Pie
  • Bateria: 4000 mAh
  • Proteção IP68: Não tem

Sistema operacional

A Xiaomi tem interface própria rodando sob Android na versão Pie. O sistema chama-se MIUI, versionada em 10.3.6. Pelos fóruns e grupos que participo, o pessoal não gosta muito das interfaces da Xiaomi, aliás, as pessoas estão complicadas para gostar de alguma interface. Porém, ela realmente é um pouco, digamos, estranha. Apesar de ser limpa e contar com alguns recursos legais, ela me deixou triste em, por exemplo, não contar com Google Discover e trazer as notícias e placares de futebol que acompanho.

Um ponto legal é a MIUI trazer dark mode nativo, além também do modo leitura que torna as cores mais quentes, podendo inclusive personalizar horários.

Coisas legais da MIUI:

Vamos ver agora algumas características que achei legal na MIUI:

  • Dual Apps: Praticamente todos os apps têm opção de duplicar. Assim você pode entrar com duas contas de Facebook ou WhatsApp no mesmo aparelho.
  • Bloqueio de Apps: permite bloquear o app por senha, então, se alguém pegar seu smartphone, precisará saber a senha que você colocou para abrir o aplicativo.

Você pode escolher entre desbloqueio facial, por impressão digital, ou os modos tradicionais de senha. E assim como no Pocophone F1, ele conta com um sensor infravermelho na frente, que permite você desbloquear o smartphone com a face mesmo em ambientes escuros.

Veredicto - Por que comprar o Redmi Note 7?

Redmi Note 7 Review Oficina da Net - Selo Indico

Dentre os nossos testes temos quatro níveis de indicação, começando pelo Vish passando por não indico, indico e Super indico. O Redmi Note 7 da Xiaomi recebe um indico para a compra, ele custa entre R$ 1000 a 1300 na versão 4GB 64GB, se comprar em lojas não oficiais ou na Amazon, lembrando que ao comprar nessas lojas você está ciente de que não é o aparelho oficialmente vendido aqui no Brasil e ele não receberá suporte da Xiaomi Brasil. Portanto, se quiser ter todo acompanhamento da marca e suporte técnico, será necessário desembolsar cerca de 1900 a 2100 reais para isso. Aí nesse preço ele receberia um selo de não indico, pois encontramos smartphones topo de linha do ano passado custando nessa faixa, como um Galaxy S9, por exemplo.

Bem, voltando ao aparelho, como já mencionei diversas vezes aqui, ele é um intermediário, com custo muito baixo se comprado de forma importada ou por lojas não oficiais. Nesse caso ele vale muito a pena, e dificilmente você encontra outro aparelho com todas essas características pelo valor.

E aí, gostou do review do Redmi Note 7? Deixe um comentário abaixo do que achou do aparelho. E se você já tem ele, comente abaixo o que mais te encantou no smartphone. Te inscreve aí no canal do Youtube para ver mais análises e testes em smartphones.

Compartilhe com seus amigos:
Nicolas Muller
Nicolas Muller Fundador do Oficina da Net, trabalha com internet desde 2004. Entusiasta de tecnologia, hoje coordena a redação do site, responsável pela análises de smartphones. Foi programador por 10 anos e agora jornalista por profissão.
FACEBOOK // INSTAGRAM: @nmuller99 // TWITTER: @nmuller99
Quer conversar com o(a) Nicolas, comente:
Carregar comentários
Tudo sobre
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(15,07%)
10(57,25%)
15(11,81%)
20(7,82%)
26(8,06%)