Oficina da Net Logo

Quais os tipos de cabos USB e qual deles usar?

A maioria dos computadores e dispositivos eletrônicos tem alguma forma de conexão USB. Quais são as diferenças, e por que importa qual deles você usa? Confira essas respostas logo abaixo.

Por | @oficinadanet Hardware Pular para comentários

A maioria dos computadores e dispositivos eletrônicos tem alguma forma de conexão USB, e muitos dispositivos também vêm com um cabo USB integrado. Mas, qual a diferença entre os cabos USB, e qual deles é o melhor para você usar?

Pode ser um pouco complicado entender as diferenças entre os cabos USB, mas aqui explicaremos tudo o que você precisa saber sobre os padrões USB.

Os muitos tipos de cabos USB

A entrada USB é supostamente universal, mas existem muitos tipos diferentes. Por que isso? Como se constata, cada um dos diferentes tipos de cabos UBS executa funções diferentes, principalmente para preservar a compatibilidade e suportar novos dispositivos.

Aqui estão os tipos mais comuns de cabos USB

b Leia em destaque: Melhores mouses até R$ 300 (Fevereiro 2019).

  • USB-A: É a interface plana e retangular padrão que você encontra na extremidade de quase todos os cabos USB. A maioria dos computadores tem várias portas USB-A para conectar periféricos. Você os encontrará em consoles de games, TVs e outros dispositivos também. Este cabo só é inserido de uma maneira.
  • USB-B: É um conector quase quadrado, usado principalmente para impressoras e outros dispositivos que se conectam ao computador. Eles não são muito comuns nos dias de hoje, já que a maioria dos dispositivos mudou para uma conexão menor.
  • Mini-A  um tipo de conector menor que era padrão para celulares antes do micro-USB. Embora não seja tão comum hoje em dia, você ainda poderá vê-los em algumas câmeras, no controle do PlayStation 3, em players de MP3 e similares.
  • Micro-USB: O padrão atual (embora diminuindo lentamente em popularidade) para smartphones e alguns outros dispositivos móveis, que é ainda menor que o mini-USB. Embora você ainda encontre micro-USB em todos os tipos de smartphones, tablets, baterias USB e controles de jogos, muitas fabricantes migraram para o USB Type-C. 
  • USB Type-C: O mais novo padrão USB, é um cabo reversível que promete taxas de transferência mais altas e mais potência do que os tipos USB anteriores. Também é capaz de fazer malabarismos com múltiplas funções. Você verá em muitos novos laptops e smartphones, incluindo o MacBook, os telefones Pixel e o Nintendo Switch Pro Controller. Nós discutimos o USB-C mais abaixo.
  • Lightning:  Este não é um verdadeiro padrão USB, mas é o conector da Apple para iPhone, iPad, AirPods e muito mais. É um tamanho similar ao USB-C e é padrão nos dispositivos da Apple lançados a partir de setembro de 2012. Os dispositivos Apple mais antigos usam o conector de 30 pinos.

Na maioria dos casos, você encontrará cabos USB com uma extremidade tipo A e uma extremidade tipo B. A extremidade do USB-A alimenta o dispositivo, enquanto a extremidade USB-B recebe energia. Isso evita possíveis danos causados ​​pela conexão de dois computadores via USB-A, por exemplo.

Os conectores Mini e Micro-SUB são considerados formas menores do tipo B, embora o “tipo B” geralmente não esteja em seu nome. Em geral, os cabos que você mais usa e, portanto, precisa substituir, são micro-USB, USB-C e Lightning.

Padrões de Velocidade USB

Os tipos de conexão USB são apenas metade da história, pois o USB também passou por vários padrões de velocidades de transferência de dados variáveis. O conector do cabo não significa necessariamente que ele usa um certo padrão.

As três variações principais da velocidade do USB

1

  • USB 1.0 era o padrão original e é antigo. É muito improvável que você encontre dispositivos que usem esse padrão hoje em dia.
  • USB 2.0 introduziu muitas normas USB modernas, incluindo suporte para cabos Mini e Micro, USB OTG (veja abaixo) e muito mais. É a velocidade mais lenta do USB ainda usada hoje em dia. Você vai encontrá-lo usado em alguns pendrive, dispositivos como mouse e teclado e similares. A maioria dos computadores também inclui portas USB 2.0.
  • USB 3.0 é o padrão atual para velocidades USB. É muito mais rápido que o USB 2.0 e, portanto, recomendado para dispositivos como HD externo. Normalmente, você pode identificar uma porta ou conector USB 3.0 pela sua cor azul. Muitas portas USB 3.0 também possuem um símbolo SS (que significa  Super Speed ). Normalmente, os computadores mais modernos tem pelo menos uma porta USB 3.0, e pendrives de boa qualidade também já usam esse padrão.

Você pode usar um dispositivo USB 2.0 em uma porta USB 3.0 ou um dispositivo USB 3.0 em uma porta USB 2.0, mas nenhuma das configurações oferece o benefício extra de velocidade.

O gráfico abaixo mostra quais tipos de conectores são compatíveis com quais padrões. Observe que os dispositivos micro-USB que suportam USB 3.0, possuem um plugue diferente. Você freqüentemente verá isso em HDs externos.

 

Compatibilidade Padrão USB
Crédito de imagem: Wikimedi

O que é o USB-C?

USB Type-CUSB Type-C

USB-C é um padrão emergente que tem muita promessa. É menor, reversível e rápido. O USB-C pode receber e fornecer muito mais energia do que as versões anteriores do USB. Na verdade, a linha de MacBooks da Apple tem apenas uma porta USB-C, com os novos MacBook Pró vem com várias portas C.

Além da transferência de dados, o USB-C também pode alimentar dispositivos, servir como saída para um monitor, entre outras funções. Ao contrário do USB-A, os cabos com conectores USB-C nas duas extremidades são padrão e permitem a plena utilização de seus poderes. No entanto, os cabos USB-C para USB-A também são comuns, permitindo a compatibilidade com dispositivos mais antigos.

Seu smartphone ou tablet pode usar USB-C em vez do micro-USB. Alguns notebooks e tablets possuem uma porta USB-C; o Nintendo Switch também o utiliza. Como o USB-C ainda não foi adotado em todos os lugares, talvez seja necessário comprar um adaptador USB-C para USB-A  para facilitar a transição.

O que é o USB On-The-Go?

USB On-The-GoUSB On-The-Go

O USB On-The-Go (OTG) é um padrão disponível em muitos smartphones Android, que permite que dispositivos portáteis funcionem como hosts USB.

Digamos que você tenha um HD externo, um smartphone e um notebook. O que você faz se você quiser mover arquivos do HD externo para o smartphone? O método mais simples é mover os arquivos do HD externo para o notebook e, em seguida, do notebook para o smartphone.

Com o USB OTG, o smartphone pode realmente hospedar o HD externo, evitando assim a necessidade do notebook. E essa é apenas uma das muitas maneiras de usar o OTG.

Para usar o OTG, você precisará de um adaptador adequado. No entanto, nem todos os dispositivos suportam o OTG. Se você não tiver certeza, faça o download de um aplicativo Verificador de OTG. Infelizmente, os dispositivos móveis da Apple não oferecem suporte adequado para o OTG.

Alguns conselhos ao comprar cabos USB

Se você tiver um celular ou tablet Android mais antigo, provavelmente ele usa um cabo micro-USB. Ele também ainda é comum em baterias, alto-falantes Bluetooth e similares.

Qualquer pessoa que comprar muitos gadgets acumulará uma coleção de cabos micro-USB ao longo do tempo, já que eles eram padrão em quase todos os dispositivos. Como são geralmente intercambiáveis, você pode usar cabos diferentes para seus vários dispositivos.

Mas se você for comprar um novo cabo, não caia na tentação de escolher a opção mais barata. Na maioria das vezes, isso é uma má ideia. Cabos mal feitos podem causar todos os tipos de problemas, desde aborrecimentos, como carregamento lento e desempenho não confiável, até grandes problemas, como um risco de incêndio.

Isto é especialmente verdade com o USB-C. Nos primeiros dias do USB-C, muitos cabos estavam incorretamente configurados, e poderiam danificar os dispositivos. Cabos modernos não devem ter esse problema, mas ainda é sensato saber como encontrar cabos USB-C confiáveis.

Embora não seja necessário comprar um cabo original da fabricante do seu dispositivo, você deve se ater a marcas reconhecidas. É uma pequena diferença de preço, mas vale a pena.

Outro aspecto importante é o comprimento do cabo. Cabos curtos são ótimos para a portabilidade, mas podem deixá-lo preso à uma curta distância de uma tomada de energia enquanto carrega seu smartphone. No entanto, um cabo muito longo pode ser inconveniente para transportar, vai formar emaranhados mais facilmente, e corre o risco de alguém tropeçar nele.

Um metro é um bom comprimento mínimo para um cabo USB de carregamento. Isso permite que você mantenha seu dispositivo na mão enquanto estiver conectado à tomada. Eles também costumam ser longos o suficiente para chegar de uma tomada à uma mesa. Se você precisar ficar muito longe da tomada enquanto estiver carregando, um cabo de 1,8 metros deve ser o suficiente.

Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais