Executivo da Apple revela motivo da remoção do Telegram da Apple Store

Remoção do Telegram da App Store foi ocasionada pela distribuição de conteúdo ilegal.

Por | @fsbeling Aplicativos

No início de fevereiro o concorrente do WhatsApp, o Telegram acabou sendo removido da App Store, o que acabou deixando vários usuários intrigados sobre o motivo pelo qual a medida foi tomada. Entretanto, logo em seguida, o mensageiro foi disponibilizado novamente a biblioteca de apps na loja do iOS.

Porém, muitas pessoas ainda se questionam sobre a remoção mesmo que por algumas horas da loja App Store. O motivo acaba de ser revelado pelo Vice-presidente de Marketing da Apple, Phil Schiler, em um e-mail enviado pelo executivo para o 9to5Mac, que diz:

Após verificar a existência de conteúdo ilegal, a equipe decidiu remover os apps da loja, alertando o desenvolvedor e notificando as autoridades apropriadas, incluindo a NCMEC (Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas)”.

Remoção do Telegram da App Store foi ocasionada por pornografia infantilRemoção do Telegram da App Store foi ocasionada por pornografia infantil

Leia também:

Ao que tudo indica o real motivo da “remoção temporária” teria sido ocasionada por pornografia infantil. Schiler informou que graças ao trabalho em conjunto da equipe do Telegram e da Apple para remoção da pornografia e do banimento dos responsáveis pelas postagens, o app pode voltar rapidamente à loja.

O Vice-presidente de marketing salientou que a Apple jamais permitirá distribuição de conteúdo ilegal em apps oferecidos na App Store, e tomará medidas rápidas quando tiver conhecimento desse tipo de atividade. Contamos com uma política de 'tolerância zero' para qualquer tipo de atividade que possa colocar crianças em risco, e pornografia infantil é uma das prioridades do que deve ser combatido, pois ela é maligna, ilegal e imoral".

MAIS SOBRE ilegal conteudo Apple
SHARE
+ vistos em Aplicativos
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar