Compartilhamento ilegal de músicas está em baixa

De acordo com um relatório anual da empresa de análise NPD Group, o compartilhamento ilegal de músicas está sofrendo um forte declínio

Por | @oficinadanet Internet

De acordo com um relatório anual da empresa de análise NPD Group, o compartilhamento ilegal de músicas está sofrendo um forte declínio. No estudo, o comparativo entre 2011 e 2012 observou-se uma queda de 17% no download de músicas em serviços P2P.

O motivo da acentuada queda deve-se aos serviços que oferecem serviços de streaming grátis. “Para a indústria da música, que há mais de uma década luta contra a pirataria digital, o último ano foi um progresso. Muitos dos que ainda usam serviços ilegais relatam experiências ruins por causa de vírus e spywares”, conta Russ Crupnick, vice-presidente de análise do NPD.

O ano de 2005 foi marcado pelo maior número de downloads ilegais através de serviços chamados P2P, na qual os computadores em rede servem como servidores e clientes ao mesmo tempo.

Conforme ainda a pesquisa, 40% dos entrevistados que realizaram downloads via P2P em 2011, diminuíram ou mesmo pararam de realizar downloads de músicas através desse meio. Desse total, metade deles disse que acabou mudando a rotina após conhecer os serviços de streaming gratuitos.

Mais sobre: streaming músicas ilegal grátis
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo