Huawei agora está proibida de usar cartões micro SD em smartphones

A Huawei está sofrendo mais uma vez com a decisão do presidente dos EUA Donald Trump, dessa vez quem se manifestou foi a SD Association, grupo comercial que concorda com especificações padronizadas para cartões SD e microSD.

Por | @Vitor_Valeri Tecnologia Pular para comentários

A Huawei está sofrendo mais uma vez com a decisão do presidente dos EUA Donald Trump, dessa vez quem se manifestou foi a SD Association, grupo comercial que concorda com especificações padronizadas para cartões SD e microSD. Isso quer dizer que a chinesa não poderá colocar em seus futuros dispositivos suporte oficial a cartões SD ou microSD.

A associação confirmou ao site Android Authority que o corte da Huawei do grupo foi motivado pela decisão que Trump tomou. Os cartões micro SD e SD continuarão a funcionar nos aparelhos da Huawei, porém, no momento, não é mais possível lançar dispositivos com tal capacidade de expansão de memória.

A lista de empresas que interrompeu os negócios com a fabricante chinesa de smartphones não para de crescer devido a proibição. A Wi-fi Alliance (responsável por estabelecer os padrões Wi-fi em toda a indústria) também restringiu em "caráter temporário" a filiação da Huawei. Logo em seguida a chinesa voluntariamente deixou a JEDEC (grupo responsável por definir o padrão de memórias RAM).

Nano Memory Cards desenvolvidos pela HuaweiNano Memory Cards desenvolvidos pela Huawei

Perder a licença para produzir dispositivos com cartão SD não é o maior dos problemas para a Huawei. Assim como no caso do Android e Windows (a empresa vem desenvolvendo a anos um sistema operacional próprio), a fabricante de celulares também produzir seus próprios cartões de memória, os Nano Memory Cards que são menores até que os cartões micro SD e que substituirão o padrão atual nos próximos aparelhos que forem lançados.

Fonte: The Verge