Samsung Galaxy A50 REVIEW: O intermediário custo/benefício

Analisamos o Galaxy A50 da Samsung, um dos aparelhos da nova linha de intermediários. Veja aqui tudo sobre o A50, desempenho, especificações técnicas, qualidade das câmeras e muito mais.

Por Reviews de smartphones Pular para comentários

Sabe quando você põe os olhos em um aparelho, acha ele muito bonito e fica torcendo para que seja tão bom quanto bonito? Foi essa a minha expectativa em relação ao Galaxy A50. Quem acompanha o Oficina da Net com frequência, sabe a correria que estava fazendo para conseguir algum aparelho da Samsung. E então eles enviaram um intermediário custando 1200 a 1400 reais, um preço em conta se comparar com os preços, digamos, normais da marca.

Confira o teste de jogos do Galaxy A50 aqui.

NOTA

8.1

Samsung Galaxy A50

Prós
  • Design
  • Tela
  • Performance
  • Câmeras
  • Sensor de impressões digitais na tela
Contras
  • Não tem NFC
  • Câmera frontal (pouca luz)
  • Leitor de impressões digitais um pouco lento
  • Não tem suporte a vídeos 4K

Assista o review do Galaxy A50 em vídeo:

Design

A construção externa do aparelho é muito bem feita. Aliás é difícil encontrarmos um smartphone da Samsung que não tenha boa construção externa. O A50 que chegou é branco, mas tem alguns detalhes nas cores que ao pôr os olhos você vê. Ao redor, ele é envolto por metal polido e meio azulado.

A traseira dele é um material usado em muitos aparelhos, parece vidro, quebra como vidro, mas não é vidro. É bonito, transparente, liso e não arranha com facilidade, pelo menos em uso normal. Até aviso que na caixa do aparelho não acompanha a capa de silicone, então você precisa comprar uma. Ainda na parte de trás, temos um conjunto triplo de câmeras, posicionadas de forma vertical. Duas são úteis, outra serve para desfocar o fundo, já falo mais sobre elas. Logo abaixo o flash dual led.

Galaxy A50

Como pode ter visto, ele não conta com sensor de impressões digitais na traseira. Pois é, o A50 é um dos smartphones mais baratos a possuir sensor de impressões digitais abaixo da tela.

Galaxy A50 - Sensor de impressões digitais

Uma dica importante, se você comprar uma película para instalar, certifique-se que ela suporta a tecnologia de sensor sob a tela. Senão, você será prejudicado nesse aspecto.

Outra forma de desbloquear o telefone é por reconhecimento facial. O smartphone utiliza a câmera para reconhecer seu rosto, não tem um sensor infravermelho, portanto em locais realmente escuros ele dificilmente reconhecerá seu rosto.

Galaxy A50 - Reconhecimento facial

Ah, a Samsung traz porta USB-C, entrada para fones P3 e alto-falante de mídias tudo no mesmo local, na parte de baixo do telefone. Ponto para vocês Samsung. Gosto muito da ideia de todos os cabos e saídas localizadas em um só lugar.

Galaxy A50

Ainda localizamos os botões de volume e desligar na parte direita do telefone, noutro lado está o slot de cartões SIM que não é híbrido. Então você poderá instalar dois chips de operadora e mais o cartão MicroSD para ampliar a memória do telefone.

Veja alguns review de smartphones parecidos:

Hardware

Agora que vocês já viram essas imagens incríveis do Galaxy A50, puderam realmente ver que o aparelho é bonito por fora, mas será que por dentro é bom também? Agora então vem a parte que mais gosto, a experiência de uso do Galaxy A50 no dia-a-dia.

Para você entender um pouco mais sobre ele, vamos dar uma olhada no que esconde abaixo da tampa. Equipado com processador da própria Samsung, o Exynos 9610, que você já viu por aqui no Motorola One Vision. É um processador de 2018 que vêm equipando diversos aparelhos. Ele conta com 8 núcleos, 4 de 2.3GHz e mais 4 de 1.7GHz. A divisão de núcleos nesses processadores serve para equilibrar potência, no caso dos núcleos com 2.3GHz e economia de energia, no caso dos de 1.7. Quando uma tarefa em segundo plano, ou mesmo uma tarefa menos exigente é processada, são os núcleos menores que trabalham. Eles por natureza consomem menos energia, então, no final as tarefas em segundo plano são executadas mais devagar gastando menos energia.

As memórias são de 4GB de RAM e 64GB de armazenamento. Para quem acompanha o Oficina da Net, sabe que eu aconselho esse conjunto como o mínimo hoje para comprar. A memória de 4GB é suficiente para todas atividades cotidianas, sem precisar ficar fechando aplicativos. Os 64GB são suficientes também para armazenar fotos, colocar bastante aplicativos e jogos.

Data lançamento 25/02/2019
Preço de lançamento R$ 1.999,00
Menor preço histórico R$ 1.183,20
Processador Exynos 9610
GPU Mali-G72 MP3
Memória RAM 4 GB e 6 GB
Armazenamento Interno 64 GB e 128 GB
Armazenamento Extra 512 GB
Câmera Frontal 25 MP
Câmera Frontal - Abertura F/2.0
Câmera Traseira 5 MP, 8 MP e 25 MP
Câmera Traseira - Abertura F/1.7 e F/2.2
Vídeo 4K - 30 fps
Display - Tamanho 6,4
Display - Tecnologia Super AMOLED
Display - Resolução 2340 x 1080
Sistema operacional Android 9 Pie
Bateria 4000 mAh
Proteção IP68 Não tem
Peso 166 g
Som Mono
Câmera - HDR
Câmera - estabilização ótica
3G
4G
5G
Bluetooth
GPS
NFC
Wi-Fi
DLNA
Rádio FM
TV Digital
Acelerômetro
Bússola
Flash
Giroscópio
Sensor de proximidade
Vibração
Viva Voz
Sensor de impressão digital
3.5mm jack
Detecção facial
Barômetro

Performance

Em termos de performance podemos dizer que ele realmente é um excelente aparelho para uso cotidiano. O processador com essas memórias vão fazer o smartphone não engasgar. A interface da Samsung, pelo menos agora quando o aparelho ainda é novo, está bem leve.

Ele é bem equiparado com smartphones como o Redmi Note 7, Motorola One Vision e Motorola One Action, veja aí os relatórios de benchmark.

Desempenho dele nos jogos:

Tela

Eu poderia pegar o review antigo da Samsung falando sobre a tela e colar aqui. Aquela Super AMOLED que você em aparelhos da sul coreana. São imagens nítidas, com cores vivas e vibrantes. São 6,4 polegadas FULLHD+, quase ocupando a frente inteira. Não faz isso, pois ainda vemos algumas pequenas bordas, e o A50 visivelmente não conta com o "display infinito" da Samsung e tem o notch em formato gota.

Galaxy A50 - Tela

No sol, o brilho adaptável vai colocar a tela para o máximo e você não terá problemas em ver informações necessárias para ler. Ela conta com 420 nits de brilho em modo manual, isso é um número considerável.

Câmeras

O A50 conta com conjunto triplo de câmeras traseiras, posicionadas de forma vertical, a primeira é de 5MP com abertura f/2.2, usada para melhorar as fotos com fundo desfocado. Essa você não pode utilizar e alternar na hora de fazer fotos, como disse, ela serve exclusivamente para melhorar a profundidade de campo. A segunda lente é a principal, com 25MP tem abertura f/1.7. E por fim a terceira, que é uma wide angle para pegar mais informações da cena, tem ângulo de 123º, 8MP de capacidade e abertura f/2.2. Essas são as especificações das lentes, agora vou te mostrar como foi a experiência de fotografar e fazer vídeos com o A50.

A começar pelas fotos, podemos dizer que o aparelho faz realmente ótimas fotos pelo valor atual que ele custa. Fizemos imagens em vários ambientes. A qualidade de imagem que o celular produz é muito boa.

Se você pegar uma foto diurna de uma paisagem, poderá ver um equilíbrio bom de cores, elas não ficam demasiadamente saturadas ou vibrantes demais. O HDR ajuda e muito a equilibrar cores e áreas com sombra, principalmente se você fizer fotos com o sol contrário a cena.

Foto do Galaxy A50

A lente ultrawide funciona bem durante o dia. A diferença de captura de cena é perceptível, porém há um pouco de distorção nos cantos da imagem, afinal ela é wide.

Foto do Galaxy A50 com a lente ultra wide

Fotos com baixa luz, o Modo Noturna auxilia bastante. Sem ele ativo, você dificilmente fará imagens boas. Com ele ativo haverá granulação em pontos da foto, o que é natural e aceitável. O modo noturno dela não faz fotos em longa exposição, ele captura alguns frames e compila eles numa mesma imagem. A Samsung aplica também um filtro de nitidez, que ajuda, não fará imagem de um Galaxy S10, mas não podemos reclamar do resultado.

A lente Wide para fotos a noite é terrível, por contar com abertura só f/2.2 pouca luz entra e não funciona o modo noturno nessa lente. Um problema, que ao meu ver poderia ser corrigido com software.

Galaxy A50 foto a noite vs modo noturno

Veja a galeria de fotos da câmera traseira:

Câmera selfie

Posso dizer que me surpreendi com a câmera selfie em fotos diurnas. Você pode ver aí que ela consegue, quanto com HDR ativo, equilibrar até mesmo fotos contra o sol. Com frontal também de 25MP abertura f/2.0 ela consegue entregar boa nitidez. O problema dela são as fotos noturnas. O software amplia o ISO excessivamente para tentar clarear a imagem, depois aplica efeito de esmaecimento para não granular tanto, aí muda muito o que acaba estragando a foto. Esse é um defeito que pode ser melhorado com software, algum tipo de modo noturno na frontal para tentar corrigir.

A câmera frontal ainda é capaz de fazer imagens com fundo desfocado, porém é produzido por software, não temos um segundo sensor como nas câmeras traseiras, portanto, não sairá tão bom o efeito.

Os vídeos são feitos apenas em FULLHD, 30FPS. Tem opção de câmera lenta, o Super Slow-Motion, realmente é slow, mas ele faz de forma automática, você não consegue escolher a posição de tornar lento. Para poder escolher tem que ser o modo movimento lento, nesse você tem opção de escolher. Os vídeos são gravados em 720p.

Veja a galeria de fotos da câmera frontal:

Bateria

O A50 conta com 4000 mAh de bateria, é um valor que as fabricantes estão adotando. Foi bom poder jogar para fazer os testes de jogos, passar todos benchmarks e ainda testar as câmeras com 20% de bateria sobrando.

Em vídeos, ele fez mais de 15 horas, porém, toda essa bateria acompanha um carregador de apenas 16W (no vídeo falei 10W). Isso faz demorar mais 2 horas e 15 minutos em média para completar a carga. Tudo bem, se você carregar durante a noite.

Som

O som é mono, speaker posicionado na parte de baixo do aparelho, faltou a Samsung trabalhar melhor as frequências altas. A qualidade é normal para o valor do aparelho. Esse não é um ponto forte, contudo não é um ponto fraco também.

Conectividade

Ele não conta com NFC, um contra, principalmente se você utiliza algum meio de pagamento. Mas na real essa tecnologia ainda é pouco utilizada no dia-a-dia dos usuários. Em redes wifi, ele conta com 2.4 e 5GHz. A Samsung manteve a entrada de cabo P3, a porta USB é 2.0.

Features legais

  • Reconhecimento facial: ele conta com essa tecnologia. Usa o sensor da câmera para identificar seu rosto. Mas em locais muito escuros é difícil de liberar.
  • Sensor de impressões digitais sob a tela: O sensor de impressões digitais sob a tela teve update, nessa última atualização da Samsung, que realmente tornou ele mais rápido. Até ela descadastrou todas impressões que já haviam sido cadastradas. Ainda não é rápida suficiente, mas funciona bem.

Sistema operacional

Android Pie, rodando interface One UI na versão 1.1, está bem atualizado, o nível de segurança é de atualizações de agosto, inclusive recebeu update durante nossos testes. Eu sinceramente gostei bastante da One UI com esses ícones grandes. De cara a dica que dou é ativar o Modo Noturno, que deixa todos menus e telas na cor escura. É bom para seus olhos que não recebem tanto brilho na cara.

A interface foi de fato melhorada. A Samsung deixou tudo maior, mais fácil de ler. Eu gosto bastante dessa atitude.

Telas da One UI da Samsung no Galaxy A50

Veredicto

No veredicto posso garantir que dos aparelhos que testamos esse ano, custando na faixa de preço até 1300 reais, você dificilmente vai encontrar aparelho que faça imagens iguais ao Galaxy A50, que tenha uma tela OLED, sensor de impressões digitais sob a tela e performance considerável. A Samsung está de parabéns com o Galaxy A50, ganha nota 8.1 e um selo SUPER INDICO do Oficina da Net.

Os principais defeitos dele são não contar com NFC e não ter suporte a gravações de vídeo em 4K.

Galaxy A50 Selo Super Indico no Oficina da Net

Qual o preço do Galaxy A50 e onde comprar?

Você encontra o Galaxy A50 para vender pela faixa de R$1250 a 1499. Durante nossos testes ele chegou a R$1249 em promoção. Conseguindo comprar ele por até R$ 1350 é um ótimo valor.

E aí, o que achou do Galaxy A50? Comente abaixo.

Compartilhe com seus amigos:
Nicolas Muller
Nicolas Muller Fundador do Oficina da Net, trabalha com internet desde 2004. Entusiasta de tecnologia, hoje coordena a redação do site, responsável pela análises de smartphones. Foi programador por 10 anos e agora jornalista por profissão.
FACEBOOK // INSTAGRAM: @nmuller99 // TWITTER: @nmuller99
Quer conversar com o(a) Nicolas, comente:
Carregar comentários
Tudo sobre
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(15,43%)
10(53,71%)
15(12,29%)
20(10,57%)
26(8,00%)