Para que serve ISO 9001?

A ISO 9001 é uma norma de garantia da qualidade de projetos/processos de uma empresa. Conheça mais sobre a ISO 9001 e veja qual a sua abrangência, sua instalação, entre outros detalhes.

Por | @oficinadanet Negócios

Numa economia onde a concorrência e a competitividade estão cada vez mais acirradas, onde as exigências estão crescentes, depende-se muito da capacidade das organizações de incorporar novas tecnologias de produtos, serviços e processos. Esta normatização, por sua vez, é utilizada como um meio de redução de custos de produção e de produto final, mantendo ou melhorando sua qualidade.

A sigla ISO corresponde a International Organization for Standardization, ou Organização Internacional de Padronização em português. É uma organização não governamental fundada em 1947 na Genebra, a qual tem como função instaurar a normatização de produtos e serviços, fazendo uso de determinadas normas, objetivando, sempre, melhora na qualidade destes. No Brasil, a ISO é regulamentada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) que regulamenta normas e especificações de produtos em diversos segmentos, sendo popularizada por fornecer requisitos para o Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ).

Para que serve ISO 9001?

Leia também:

A NBR ISO9001 deve ser implantada quando a empresa quer demonstrar  sua capacidade no que tange ao fornecimento de produtos ou serviços coerentes à exigências de seus clientes. Serve, também, para aumentar o nível de satisfação/fidelização dos clientes por meio destes requisitos, transpostos pela SGQ ISO9001, que inclui melhorias contínuas internas e uma conformidade garantida. A norma brasileira especifica que todos estes requisitos são genéricos e aplicáveis a todas as organizações, sem que se considere seu segmento, tamanho ou produto/serviço fornecido.

O que se entende por cliente, de acordo com o conceito definido pela ISO, não contempla somente os clientes diretos, mas uma perspectiva mais abrangente, como outras partes interessadas (colaboradores, fornecedores, acionistas, o Estado e a Sociedade, a comunidade, entre outros), que também devem estar satisfeitos com a atuação da organização.

Leia mais sobre ISO 9001

Leia também:

Ter este Sistema Gerencial voltado para a qualidade envolve diversos fatores, como o envolvimento das pessoas, que são a essência da organização, que devem manter um ambiente interno de trabalho que permita interação fazendo-os atingir os objetivos organizacionais; compreendendo qual a sua contribuição, de forma a potencializar o seu comprometimento e engajamento na realização das atividades que lhes são atribuídas. No que tange aos resultados, estabelece-se que este é atingido de forma mais eficiente quando as atividades e os recursos associados são gerenciados pela abordagem por processos, ou seja, uma análise e modelagem para a implementação dos melhores processos de negócios, normalmente mudando a estrutura da organização.

Dentre os muitos benefícios trazidos pela adequação a ISO 9001, podemos dividí-los em:

Qualitativos:

  1. A utilização adequada dos recursos (equipamentos, materiais e mão-de-obra);
  2. A uniformização da produção;
  3. A facilitação do treinamento da mão-de-obra, melhorando seu nível técnico;
  4. A possibilidade de registro do conhecimento tecnológico;
  5. Melhorar o processo de contratação e venda de tecnologia.

Quantitativos:

  1. Redução do consumo de materiais e do desperdício;
  2. Padronização de equipamentos e componentes;
  3. Redução da variedade de produtos (melhorar);
  4. Fornecimento de procedimentos para cálculos e projetos;
  5. Aumento de produtividade;
  6. Melhoria da qualidade;
  7. Controle de processos.

De acordo com a Luso Brasileira, uma empresa de terceirização de serviços considerada uma das melhores em atuação na sua área, mais de 96% das médias e grandes empresas já utilizaram fornecedores certificados ISO9001 e que, mais de 75% destas, atestam ser superior e de maior qualidade os produtos dos fornecedores certificados em relação aos não certificados. Além disso, mais de 91% delas consideram a imagem das organizações certificadas melhor do que as que não possuem o certificado.

A certificação ISO9001 apresenta-se como a maneira mais eficiente dos clientes “externarem” a qualidade do seu Sistema de Gestão da Qualidade para o mercado, pois esta certificação, geralmente, é entendida como um atestado de capacidade gerencial fornecida por um organismo idôneo e independente, as Certificadoras, proporcionando-lhes uma padronização/qualificação de seus e produtos, processos ou serviços.

Mais sobre: iso9001, norma, qualidade
Share Tweet
DESTAQUES
Mais compartilhados
Comentários