Netflix reduz qualidade de streaming no Brasil para evitar congestionamento de redes

A medida foi aplicada na segunda-feira (23) no Brasil para ajudar a evitar instabilidades nas redes em tempos de quarentena e consumo aumentado de internet. Serviço segue com qualidade FHD e 4K.

A redução de qualidade deverá muito discreta - Imagem: Divulgação
A redução de qualidade deverá muito discreta - Imagem: Divulgação

A Netflix e demais serviços online enfrentam uma possibilidade de congestionamento das redes em diversos países devido a pandemia de corona vírus em todo o mundo. Durante esse período de quarentena o uso de internet, e consequentemente da Netflix, aumentou consideravelmente, levando a plataforma a reduzir o consumo de dados do serviço primeiro em países europeus e a partir desta semana também no Brasil.

Isso significa uma imperceptível redução de qualidade que não impedirá usuários de acessar streaming em alta definição, mas que reduzirá o tráfego da Netflix nas redes. Essa mudança foi implementada na segunda-feira (23) e deve chegar na prática até o final do dia de hoje em todo o território nacional, de acordo com a assessoria de imprensa da plataforma.

A medida foi tomada após um pedido da União Europeia aos serviços de streaming para que fizessem essa redução a fim de ajudar a manter a estabilidade das redes no continente europeu. A Netflix então respondeu ao reduzir o tráfego de dados na Itália e Espanha, para então expandir a medida para os demais países do bloco europeu e Reino Unido.

Se trata de uma simples redução da taxa de bits na transmissão de mídia que não deverá afetar a experiência de usuários, sendo ainda possível acessar conteúdo em Full HD e 4K com uma leve redução de qualidade temporária, até que a situação envolvendo a quarentena do Covid-19 se normalize.

"Para ajudar a aliviar as redes neste período de alta demanda devido à pandemia de Covid-19, vamos reduzir temporariamente a resolução em bits dos vídeos no Facebook e Instagram na América Latina. Queremos garantir que as pessoas possam permanecer conectadas... e continuaremos trabalhando com nossos parceiros para administrar qualquer limitação de transmissão de dados", explica a empresa à agência de notícias Reuters.

O objetivo da Netflix é reduzir o tráfego em 25%, como atingiram com sucesso em apenas 48 horas nos países europeus. A iniciativa da plataforma não é única, demais serviços online estão seguindo a mesma linha e reduzindo seu bitrate, assim como o Instagram, Facebook e diversos outros. Aqui no Brasil, o Globoplay retirou opções de resolução acima do Full HD, enquanto o Looke também afirmou que tomará medidas para reduzir o tráfego de dados.

Tech Mobile: Inscreva-se!

O nosso novo canal de smartphones surgiu, veja o que preparamos para você que gosta de celulares!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário