Pesquisadores Universidade Brigham Young conseguiram ampliam alcance do WiFi em 60m

Hoje a utilização da internet se concentra na transmissão via Wi-fi, e precisamos que o sinal chegue a todo o perímetro do local. Pensando nisso, os pesquisadores Universidade Brigham Young criaram um novo protocolo.

Pesquisadores Universidade Brigham Young conseguiram ampliam alcance do WiFi em 60m

Atualmente a utilização da internet se concentra na transmissão sem fio via Wi-fi, e precisamos que o sinal chegue a todo o perímetro do local onde estamos para que haja uma boa experiência de utilização. Uma solução eficiente é a utilização de Acess Points (AP), que são conectados via cabo ethernet ao modem/roteador fornecido pela operadora e distribuem o sinal no local onde foram instalados. Porém, os pesquisadores da Universidade Brigham Young (BYU) pensam que há como aprimorar a transmissão de sinal ainda mais utilizando os mesmos equipamentos, alterando somente o comportamento do software.

A equipe de pesquisadores da BYU criou um protocolo que permite acrescentar mais de 60 metros a distância (range) que o dispositivo normalmente consegui transmitir via Wi-fi. O nome da nova tecnologia de software chama-se On-Off Noise Power Communication (ONPC), e ela é capaz de manter uma velocidade de apenas 1 bit por segundo, o que normalmente não ocorre quando o sinal Wi-fi é transmitido (é exigido velocidades de pelo menos um megabit por segundo). Isso permite que o dispositivo envie uma informação de zeros (0s) e uns (1s), basicamente fazendo com que ligue e desligue o sinal em um padrão específico, informando ao roteador Wi-fi, ou Acess Point, que o aparelho ainda está transmitindo algo (mesmo que nenhum dado esteja sendo transmitido), conseguindo dessa forma manter o sinal.

Assistente do professor Phil Lundrigan que cursa engenharia da computação na Universidade Brigham Young. Fonte: byu
Assistente do professor Phil Lundrigan que cursa engenharia da computação na Universidade Brigham Young. Fonte: byu

De acordo com Neal Patawri, professor da Universidade de Washington:

"É basicamente ficar enviando 1 bit de informação para dizer que o dispositivo está vivo"

Ao ser testado, o protocolo ONPC proporcionou uma ampliação da capacidade de alcance (range) do dispositivo em 67 metros a mais comparado a transmissão Wi-fi padrão. A melhor parte é que o protocolo permite ser programado em cima do protocolo Wi-fi já existente, por ser baseado totalmente em software, sendo possível, dessa forma, implementar a tecnologia em qualquer dispositivo capaz de transmitir sinal Wi-fi através de uma simples atualização do firmware.

Fonte: Engadget, Brigham Young University

Tech Mobile: Inscreva-se!

O nosso novo canal de smartphones surgiu, veja o que preparamos para você que gosta de celulares!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário