Review Monitor LG UltraWide 34" 75Hz, uma ótima opção para Gamers e produtores! - Review

A LG nos mandou o LG 34WK650, um monitor de 34 polegadas com resolução de 2560x1080, ele também é UltraWide, conta com HDR10 e painel IPS que nos garante ótima reprodução de cores, mas será que ele vale os 2000 R$ cobrados?

Por Hardware Pular para comentários
Review Monitor LG UltraWide 34

Nossos agradecimentos a LG por ter nos mandado o monitor!

Muitos acham que qualquer monitor acima de 24" é exagero, enquanto que outros acreditam que este tamanho já seja pequeno, aqui no Oficina da Net temos t4elas de vários tamanhos, desde monitores 18" até TVs de 48", porém nenhum destes tem o aspecto UltraWide fazendo com que o LG 34WK650 seja a nossa primeira experiência com este formato de 21:9 em algum monitor.

Claro que por ser um monitor grande, a caixa que ele veio dentro é enorme para garantir uma boa proteção contra batidas e possíveis quedas durante o transporte do mesmo, no nosso caso ele chegou quase intacto, há apenas uma pequena marca na parte superior esquerda do monitor, felizmente esta marquinha só é visível com o monitor desligado e contra a luz, no momento que o ligamos ela desaparece e nos deixa com este visual incrível.

Qualidade de imagem chama muito a atençãoQualidade de imagem chama muito a atenção

Vamos então ao nosso primeiro review de um monitor e ver se ele realmente vale o preço de um pouco mais de 2000 R$ e também quais são aspectos bons e ruins.

Com um monitor deste calibre em mãos, não deixaríamos de fazer um vídeo-review pra vocês e mostrar toda essa grandeza que ele proporciona a mesa.

Construção Externa e Design

Primeiramente vamos começar dizendo o quão lindo este monitor é, a partir do momento que você o tira da caixa até ligá-lo pela primeira vez há aquele brilho nos olhos de ter algo bonito e que sem dúvidas proporciona a sensação de um produto premium.

Monitor desligadoMonitor desligado

Sua base é construída em alumínio e tem um mecânismo de elevação com pistão, o mecânismo é tão suave que lhe dá a impressão que você está regulando monitor da forma errada, quando não está. Seu acabamento é em alumínio escovado e como falei acima, trás uma grande elegância ao monitor.

Suporte do monitorSuporte do monitor

O suporte felizmente não serve só para regulagem de altura, mas também como um organizador de cabos, algo que deveria ser padrão em qualquer suporte de monitor hoje em dia.

Organizador de cabos fica na base do monitorOrganizador de cabos fica na base do monitor

A parte frontal da tela é feita em material fosco, garantindo que poucos reflexos entre na tela de seu monitor. Ele conta com um painel IPS com certificação HDR10, então na tese ele deve ter um excelente contraste assim como cores vivas e dignas ao conteúdo que está sendo reproduzido em sua tela, com uma ótima precisão. Se ele realmente entrega isso, veremos na parte de qualidade de imagem.

Reflexo com luzes de estúdio (80W) diretamente no monitorReflexo com luzes de estúdio (80W) diretamente no monitor

Na caixa vem incluso um cabo HDMI 2.0 de 1.8 metros assim como o adaptador de força, o LG 34WK650 conta com fonte externa, então você sempre terá o "tijolo" de força para esconder independente de onde o monitor seja ligado. Felizmente os cabos inclusos são brancos, combinando com o monitor, então fica menos visível e mantém o ar elegante do mesmo.

Cabos do monitor são brancos, tanto o HDMI quanto os de forçaCabos do monitor são brancos, tanto o HDMI quanto os de força

Antes de comprar este monitor, é necessário lembrar de um aspecto muito importante: o tamanho. Este monitor é GRANDE e ocupa bastante espaço em cima da mesa, por ser 21:9, seu comprimento lateral é de 94cm, ou seja, ele é literalmente maior do que uma TV de 40", só não é tão alto quanto uma. O suporte também não ocupa pouco espaço, então dedique um espaço na sua mesa só para apoiá-lo.

O monitor é sem dúvidas espaçosoO monitor é sem dúvidas espaçoso

A boa notícia é que ele tem suporte para VESA Mount 100x100mm, então se você tiver um suporte VESA não terá problema nenhum em encaixá-lo, só lembre-se de que o braço tem que suportar seu peso que é de 6KG, então tenha um suporte com boa rígidez na estrutura.

O monitor tem suporte a VESA MountO monitor tem suporte a VESA Mount

O monitor contém somente um botão que está localizado na parte inferior da traseira, bem no centro. Ele na verdade não é um botão, mas sim um JoyStick. A experiência de uso é meio estranha nas primeiras vezes mas depois de certo ponto você começa a ver algumas vantagens neste tipo de navegação e acaba sendo muito mais rápida e intuitiva do que ter vários botões, você só precisa lembrar de 1 botão e utilizar seus movimentos para isso, bem mais natural do que pressionar 3 botões diferentes.

O JoyStick é muito melhor para navegar do que ter vários botõesO JoyStick é muito melhor para navegar do que ter vários botões

Suas bordas são bem finas, isso favorece a sensação do monitor estar flutuando, especialmente de alguns ângulos onde o suporte fica mais escondido. O trabalho de design do monitor foi muito bem feito, parece que há algo que chama sua atenção ao olhar para o monitor, esteja ele ligado ou desligado.

As bordas são finasAs bordas são finas

 

Veja a galeria de fotos do monitor: 

 

Qualidade de Imagem

Cores

O que esperar de um painel IPS vindo da LG? Esperamos ver qualidade de imagem excelente, com ótima reprodução de cores e bom contraste, e isso é exatamente o que vemos aqui.

Monitor na escuridãoMonitor na escuridão

A definição de cores é muito boa, é inclusive estranho sair de casa com meu painel TN, e ao chegar no trabalho, lidar com uma tela IPS dessa qualidade, parece que meu monitor é lá de 2008 quando na verdade é um dos mais recentes.

Cores são muito boasCores são muito boas

Com resolução de 2560x1080 pixels, a densidade de pixels (PPI) é de 81.72, que não é nada de extraordinário, inclusive é uma PPI bem baixa se considerarmos que é um monitor e não uma TV que será vista de longe. Apesar da baixa PPI, a definição de imagem é muito boa, isso se acontece por causa da qualidade do painel IPS, as cores são tão vividas e bem representadas que acaba mascarando a "falta" de pixels. Inclusive, usamos o Huawei P30 Pro - fizemos o review dele aqui no site - para tirar uma foto dos pixeis do monitor. Com zoom na foto, foi possível identificar o espectro RGB dos pixeis que são arranjados na seguinte ordem: Vermelho, Verde e Azul (RGB).

Pixels do monitorPixels do monitor

Há vários padrões de cores que podem ser selecionados diretamente no menu de cores do monitor, alguns deles são limitados a modos específicos (HDR, por exemplo). Há também ajustes separados do espectro RGB assim como de contraste, brilho, nitidez, saturação e gamma.

Segundo a própria página do monitor no site da LG >>>link<<< , o monitor usa um perfil "8bits" de cores, na verdade ele usa 6bits + FRC que é uma tecnologia que tenta simular as cores do perfil 8bits. Pra um painel deste calibre, ter um perfil 8bits simulado não é algo muito bom, afinal ninguém quer pagar 2000 R$ para ver simulação de cores, mas sim as cores reais. É tipo pagar 5000 R$ em um quadro, e parte das cores dele estão desgastas, aí pra mascarar pintam na cor que acham que é a original, mas não tem certeza.

Ele também cobre o perfil sRGB em 99%, pelo menos é o que a LG fala, e aparentemente segundo os testes do Tom's Hardware, ele realmente cobre esses 99%, inclusive cobriu 99.5% nos testes realizados pelo site. Estes testes todos foram realizados com o HDR desligado, já que ligando o mesmo a história é bem diferente. Falarei mais sobre o HDR abaixo.

Foto da telaFoto da tela

Gaming

Claro que não íamos deixar de jogar neste monitor, afinal os 75Hz junto ao FreeSync da AMD deveriam dar conta de qualquer sessão casual e até de alguma jogatina um pouco mais séria, mas não professional.

Não foram poucos os jogos que testamos no monitor: CS:GO, Battlefield V, The Division, PUBG e Forza Horizon 4.

Forza Horizon 4Forza Horizon 4

Em Battlefield V, a experiência de jogo foi realmente excelente, o jogo apresentava grande fluídez e contraste, com cores vívidas e visuais surpreendentes, claro que parte destes visuais vem do próprio jogo que é muito bonito e otimizado.

Em The Division, principalmente dentro de missões e lugares pequenos, a diferença não poderia ser mais notável. A tela extra ajudava - e muito - na detecção de inimigos e melhora muito o senso de espaço e movimentação, ajudando a desviar mais facilmente dos inimigos e de seus ataques, coisas bem importantes dentro de um jogo TPS RPG.

No PUBG, por ser um jogo não tão bem otimizado, a mudança na conta de pixels fez com que a GPU sentisse a diferença e consequentemente houve queda de FPS, na verdade isso só mostra o despreparo dos desenvolvedores já que nem o menu ou as telas de carregamentos tem imagens em aspecto UltraWide, ficando uma barra preta de cada lado da tela até entrar no servidor e carregar o mapa para a jogatina. Ainda sim, a experiência de jogo também foi boa e os 15Hz a mais ajudavam bastante na hora de dar Flicks e na trocação.

Mas foi no CSGO que houve a maior diferença na hora de jogar, e na verdade ela não veio das laterais e sim da fluídez, os 75Hz se pronunciam muito bem nesse jogo e faz com que você tenha a percepção de ter feito um upgade de GPU se comparado a um monitor 60Hz. Há muito pouca vantagem de visão pra um jogo como o CSGO, mas a fluídez ajuda e muito.

E por último, Forza Horizon 4 é um jogo que aproveita 100% o aspecto 21:9, principalmente se você joga em primeira pessoa. Muito mais detalhes estão visíveis dentro do carro assim como uma porção maior da pista, e com isso a imersão melhora significativamente. No caso do FH4, faço questão de deixar uma imagem aqui no post.

Jogos de corrida nesse monitor ficam excelentesJogos de corrida nesse monitor ficam excelentes

Em geral, a qualidade de imagem é muito boa pelo preço e é difícil achar outro monitor 34" UltraWide que marque todas as caixinhas de exigências como baixo tempo de resposta, qualidade de cores, brilho, construção e principalmente preço. Outro monitor deste calibre não se acha por menos de 2800.

LG 34WK650LG 34WK650

HDR

O monitor vem com 4 perfis de HDR: Padrão, Vívido, Game e Cinema. Para habilitar o HDR, é necessário habilitar a opção no Windows ou dentro do jogo/aplicativo que você está usando.

Uma coisa importante de ressaltar no momento em que o HDR é ligado: a fidelidade de cores diminui consideravelmente. Já havia lido opiniões e comentários em forums dizendo que os monitores de entrada - não só da LG, inclusive - que tem "suporte" a HDR só tem o brilho, mas não a fidelidade de cores para reproduzir o conteúdo de forma satisfatória, e esse é o caso do nosso 34WK650.

 

Comparando os tons dos 4 perfis lado a lado, creio que o perfil Cinema ou Padrão são os mais próximos da fidelidade de cores, mas todos eles tem muito azul, fazendo com que basicamente qualquer conteúdo tenha um tom azulado, algo que pessoalmente não curti muito.

O monitor já tem um excelente contraste e cores muito boas, junto a seu painel IPS e 75Hz, eu diria que deixar o HDR desligado neste caso seria a melhor opção. Não vale a pena sacrificar o FreeSync nos games e a fidelidade de cores só para dizer que você está usando uma opção do monitor sendo que ela não melhora quase nada a sua experiência, inclusive estou até inclinado a dizer que piora.

Deixo o comparativo acima da mesma imagem sendo reproduzida com HDR ligado no perfil Cinema vs HDR desligado no perfil padrão de cores, deixo a vocês a escolha do que fica melhor.

Veredito

Então, vamos ao veredito do primeiro review de um monitor aqui no Oficina da net.

Vamos primeiro ao que o monitor oferece de pontos positivos, que seriam:

  • Tela IPS com boa fidelidade de Cores
  • 75Hz
  • FreeSync
  • Baixo tempo de resposta
  • Aspecto 21:9
  • Visuais
  • Ótima qualidade de construção
  • Preço comparado a outros monitores

Agora, vamos aos pontos negativos do mesmo, afinal nenhum produto é perfeito.

  • HDR tem fidelidade de cores bem fraca
  • FreeSync não funciona junto ao HDR e não é certificado para Nvidia

Sim, o conjunto completo só demonstra 2 defeitos que são relacionados ao HDR, se você não planejava usar o HDR e não liga para FreeSync, pode desconsiderar estes 2 pontos.

Para ser honesto, com a possibilidade de testar um monitor deste nível eu fiquei até inclinado a trocar meu 144Hz em casa por esse monitor, a fidelidade de cores é muito boa, os 75Hz dão uma disfarçada na menor fluídez e o aspecto 21:9 dele encanta, fora o visual que já faz qualquer um se apaixonar.

Felizmente, não tem muito do que reclamar por aqui a não ser que nosso salário no Brasil é baixo, afinal o monitor está com um bom preço para o que oferece e tem muitas qualidades que outros monitores, que são até mais caros, não oferecem.

Combinando tudo o que eu disse acima e como sempre o preço sendo o fator principal, acho que a nota de 9 cabe confortavelmente ao monitor, se a LG conseguir liberar uma atualização de firmware que permita a calibragem de cores com o HDR ativo, meus senhores, este monitor fica imbatível pelo preço.

LG 34WK650LG 34WK650

Gostou do review? Quer ver mais reviews de monitores? Deixem seus pedidos aí nos comentários, quem sabe conseguimos outros monitores de outras marcas para fazer review também!

Compartilhe com seus amigos:
Augusto Schweickardt
Augusto Schweickardt Entusiasta por periféricos, hardware e fotografia
FACEBOOK // INSTAGRAM: @augustomullerr //
Quer conversar com o(a) Augusto, comente:
Minha foto
    Últimas notícias