Google Play Store vai banir aplicativos que exibem anúncios na tela de bloqueio

Nova regra visa banir apps que exibem conteúdo publicitário na tela de bloqueio de smartphones Android

Por | @fsbeling Aplicativos

Uma nova postura adotada pela Google visa banir os aplicativos da Play Store que exibem anúncios na tela de bloqueio de smartphones com Android. Desta forma, os desenvolvedores terão que seguir as novas regras da empresa, sendo proibida a utilização da tela bloqueada dos smartphones ou tablets para exibição de conteúdo publicitário. Porém, a única exceção fica com o Next Lock Screen, da Microsoft, que é desenvolvido especialmente para substituir a interface nativa de bloqueio.

Nova regra visa banir apps que exibem conteúdo publicitárioNova regra visa banir apps que exibem conteúdo publicitário

Leia também:

Isso vai afetar diretamente quem costumava incrementar o faturamento com publicidade mesmo quando o dispositivo estava travado com senha, como era o caso de apps gerenciadores de arquivos, assistentes de limpeza de memória, jogos, entre outros programa que agiam desta maneira.

A nova regra da Google informada na página central de políticas para desenvolvedores de apps para Android diz que “Os apps não podem apresentar anúncios ou recursos que gerem receita a partir da tela bloqueada de um dispositivo, a menos que o único objetivo do app seja oferecer o serviço de tela de bloqueio”.

Nova medida pode afetar a Amazon e a Samsung

A nova medida pode afetar a Amazon, isso porque uma modalidade de comercialização da companhia oferece smartphones com desconto em troca de anúncios na tela de bloqueio. Com a nova política adotada pela Google, as propagandas da Amazon que eram exibidas pelo app Amazon Offers, certamente serão banidas. Desta forma, estes smartphones com oferta contendo propaganda, certamente não serão mais comercializados pela Amazon brasileira.

Outra companhia que também costuma apresentar anúncios na tela de bloqueio de smartphones é a Samsung. Já no caso da companhia, os smartphones saem de fábrica com o sistema de banners integrado no sistema, provavelmente a companhia deve continuar com a mesma postura mesmo com as novas regras da Google. No entanto, os usuários do smartphones da Samsung podem desativar a qualquer momento a exibição de propagandas na tela dos dispositivos.

 

Mais sobre: smartphones Android dispositivos
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo