Asus Zenfone 4 Max

Review Zenfone 4 Max - é só bateria mesmo? [vídeo]

O Zenfone 4 Max conta com 5000 mAh de bateria, hardware intermediário com um preço atual bastante em conta. Confira a nossa análise do Asus Zenfone 4 Max.

Por | @nmuller99 Zenfone 4 Nota: 7.3/10

Testamos o Zenfone 4 Max, um smartphone que foca em bateria. Lançado junto com o Zenfone 4, em 2017, o 4 Max é uma versão mais simples do seu irmão. Os dois telefones são direcionados para públicos diferentes, um visa atingir o nível intermediário premium, o outro, o público que quer fazer upgrade de smartphone de entrada para um intermediário.

A versão do Zenfone 4 Max que analisamos, enviada pela loja Cissa Magazine, foi a com 3GB de memória RAM e custa atualmente entre R$ 950 a R$ 1200.

 

DESIGN

O melhor conjunto de revestimento, metal na carcaça e vidro na tela. Em termos de durabilidade aliado a beleza é, para mim, a melhor forma de você utilizar o smartphone no dia a dia sem necessidade de capas de proteção. Talvez uma película se faça necessário, caso você seja desastrado e vive deixando o smartphone cair.

A face frontal, muito similar ao Zenfone 4, é toda revestida em vidro, com grandes bordas laterais, mantendo influência de design de 2016-2017. Traz na frente, os sensores de proximidade, led de notificações, flash frontal, alto falante de chamadas e a câmera frontal. Abaixo da tela temos o sensor de impressões digitais, que serve também como botão home. Ao lado dele, estão os botões capacitivos, que no Zenfone 4 max não são retroiluminados.

Zenfone 4 MaxZenfone 4 Max

Na face traseira, apenas o sensor duplo da câmera, flash e a logo da Asus.

Zenfone 4 Max - o que vem na caixaZenfone 4 Max - o que vem na caixa

Já nas laterais, temos o botão de volume junto com o de travar/desligar. Na outra, o slot com cartões SIM e o MicroSD, todos em slots separados. Significa que, você pode usar dois cartões de operadora mais o cartão de memória.

 

Botões lateraisBotões laterais

Zenfone 4 Max - Slot de cartões não é híbridoZenfone 4 Max - Slot de cartões não é híbrido

Já nas partes de cima, temos a entrada P2 para fones de ouvido e um microfone para captar ruídos, na de baixo, o alto falante de mídia, e a entrada micro USB para transferência de dados e carga.

Entrada micro USB e alto faltanteEntrada micro USB e alto faltante

Cabo P2Cabo P2

O smartphone tem as medidas de: 154mm x 76,9 e 8,9mm de espessura. Pesa 181 gramas.

Ele em seu conceito se parece muito com o Zenfone 3 Zoom, antecessor que também tem uma ótima bateria. O metal da carcaça é um pouco liso, tenha cuidado ao usar o telefone sem capa.

Zenfone 4 comparado com o Zenfone 3 ZoomZenfone 4 comparado com o Zenfone 3 Zoom

 

HARDWARE

Bem, aqui está um ponto que ele não é lá muito forte. Com 3GB de memória RAM, 32GB de armazenamento interno, processador Snapdragon 430, com 8 núcleos, GPU Adreno 505. Performance razoável para o uso cotidiano. Se for utilizar para games, certamente verá engasgos. Em termos de armazenamento externo, o slot de cartões MicroSD, que não é híbrido, pode ser expandido até 256GB.

A tela

Um ponto negativo ao meu ver. Resolução apenas HD(1280x720) em uma tela de 5,5 polegadas, densidade de 267 ppi, taxa de atualização de 60Hz, tecnologia IPS, e proteção Gorilla Glass, mas por ser mais exposta que o corpo do telefone, sinto um pouco de insegurança ao utilizar o aparelho, com medo de cair. É uma tela grande com baixa resolução.

TelaTela

A tela tem bom ângulo de visão, cores boas para um painel de IPS, mas por ter uma baixa densidade, é possível quase que a olho nú, enxergar os pixels. A parte boa da resolução HD em tela desse tamanho, é que tudo fica grande. Para as pessoas que têm mais dificuldade com a visão, esse display ajuda bastante.

 

Desempenho

Como já mencionado, se jogar for a sua proposta, não compre o Zenfone 4 Max. Ele não foi feito para games pesados. Caso seu uso seja navegar por redes sociais, internet e conversar em mensageiros com a bateria durando mais de um dia, aí sim.

Nos relatórios de benchmark, o Zenfone 4 Max se saiu assim:

Seu concorrente mais próximo nessa lista é o Moto G5s, que em todos os testes foi derrotado pelo Zenfone 4 Max. Já em comparação com o Zenfone 4, versão 6GB que testamos, ele perdeu longe, mas lembrando que a faixa de preço dos dois smartphones é muito distante.

Som

Alguns aparelhos da linha 4 são equipados com som estéreo, o Zenfone 4 Max não =(. Apenas saída no alto-falante posicionado na área de baixo do telefone. Mesmo assim, o som é ok. Em volume extremo, é perceptível algumas distorções.

Câmera

Por se tratar de uma versão mais simples da linha 4, não espere que as câmeras tenham o mesmo desempenho do seu irmão Zenfone 4. A câmera traseira é dupla, com sensores de 13MP, abertura f/2.0, e outra com 5MP, grande angular de 120º. Ambas contam com estabilização eletrônica de imagem para vídeos, não é óptica. Faz gravações em FULLHD a 30fps.

As fotos noturnas pixelizaram bastante, você verá na galeria abaixo o resultado do teste de câmera.

A câmera frontal, com 8MP se saiu melhor do que a traseira. Faz boas selfies, conta com ângulo de visão de 85º, já é suficiente para enquadrar mais pessoas na welfie. A abertura é f/2.0, equipada com flash frontal.

O software da câmera é muito intuitivo, mas ainda sofre para melhorar a imagens. Apps novos que contam com suporte a inteligência artificial para dar aquele up na qualidade das fotos, estão cada vez mais presentes nos smartphones, incluindo o novo Zenfone 5.

Bateria

O ponto forte do smartphone. Com 5000 mAh ela é similar ao Zenfone 3 Zoom. Quem teve a oportunidade de usar o 3 Zoom ou mesmo o 4 Max sabe a maravilha que é sobreviver fácil a dois dias. Se você usa moderadamente, vai ter mais de dois dias de bateria.

O Zenfone 4 Max, obteve a incrível marca de 14 horas e 5 minutos de vídeos intermitentes.  Esse é o smartphone de 1000 reais que você procura com excelente duração de bateria.

O tempo de carregamento do smartphone é de 2:35 minutos. O carregador não é dos mais velozes. São apenas 10W, como a bateria tem capacidade maior, vai levar mais tempo para completar os 100%. Veja o nosso post sobre mitos e verdades em baterias de smartphones.

O Zenfone 4 Max, assim como o Zenfone 3 Zoom (veja o review dele aqui), funciona como power bank. Isso mesmo, você pode carregar outro smartphone com um adaptador que acompanha a caixa. Basta plugar o adaptador no Zenfone 4 Max, colocar o cabo USB do outro smartphone nesse adaptador e pronto. O smartphone passa a enviar energia para o outro aparelho.

  • Em vídeo
    14:05h
  • Capacidade
    5000 mAh
  • Em carga
    02:35h
  • Em navegação
    -

Conectividade

Em termos de redes de dados, o Zenfone 4 Max roda 2G, 3G, 4G e 4G+. Tem capacidade para dois cartões SIM, em uso simultâneo com MicroSD. Conta com entrada P2 para os fones de ouvido, e a porta de carga e transferência de arquivos é MicroUSB, 2.0.

As redes Wi-Fi suportam b/g/n, opção de conexão via Wi-Fi direct e o Bluetooth é 4.1. Conta com GPS nativo, AGPS, GLONASS e BDS.

 

SOFTWARE

ZenUI 4.0. Aqui é um ponto delicado. Existem pessoas que gostam de interface modificada pela fabricante, têm pessoas que não. Vou me ater a trazer os pontos fortes e fracos dela para que você determine o que é melhor para o seu gosto.

ZenUI 4.0 - telasZenUI 4.0 - telas

Ela foi reformulada, a versão 4 está mais limpa e ágil, isso é um fato. Removeram muitos apps que vinham embargados no smartphone. Agora o pensamento da ASUS é deixar o usuário escolher apps que são necessários, o que faz todo o sentido.

Além dos apps padrão da ASUS, existem alguns serviços:

  • Game Genie: é um app que permite você transmitir jogos do celular para Youtube ou Twitch. Ainda pode apertar o botão boost e otimizar o smartphone para o jogo. É interessante para quem usa este tipo de tecnologia;
  • Twin Apps: Sabe quando você tem duas contas de Instagram, Facebook, ou tem usado WhatsApp nos dois cartões SIM? Este app permite duplicar os aplicativos e utilizar cada um com conta diferente. É limitado o número de apps que estão aptos no momento.
  • Page Marker: esse salva artigos ou páginas que você queira ler mais tarde. Limpa a tela, sem propagandas. Ele deixa um ícone sobre o navegador que pode ser fechado;
  • Além do Selfie Master que funciona quando você utiliza a câmera frontal. É um modo de embelezamento ao vivo.

Todos esses apps podem ser fechados, mas eu confesso que acho chato apps por cima de outros. Há opções de desabilitar eles nas configurações.

Para quem está habituado com as telas da ASUS, vai notar pouca diferença. Como eu disse, ela ficou mais rápida e limpa, mas ainda sim se parece muito com as ZenUI antecessoras.

É uma interface que vem melhorando bastante, cada vez com menos apps e mais opções de personalização. Eu gosto muito de poder definir tamanho de ícones, tamanho da grade de apps, gosto também da opção de wallpapers randômicos na tela de descanso que a ASUS fez. Estes são basicamente os pontos positivos.

A evolução da ZenUI é notável, a versão atual foi certamente a melhor já apresentada, e podemos considerar ela uma boa concorrente.

 

VEREDICTO

Vai comprar um smartphone de até 1200 reais, que certamente dure dois dias de bateria? Sim, o Zenfone 4 Max, pode ser uma opção. É um smartphone que carrega características de seus antecessores, com software que receberá atualização para o Android Oreo.

As câmeras não são um potencial, mas você não pode exigir muito de um smartphone nessa faixa de preço. Infelizmente, as melhores câmeras ficam restritas aos telefones com maior valor, e isso é natural, visto que os componentes empregados nas melhores câmeras custam mais.

Ele é um smartphone para quem precisa de bateria viva. Utilização de redes sociais, assistir vídeos e comunicação vão levar tempo para drenar esses 5000 mAh.  

O aparelho foi enviado pela loja Cissa Magazine, confira as ofertas e preços do Zenfone 4 Max lá.

 

NOTA OFICINA DA NET

7.3

ASUS Zenfone 4 Max

Prós
  • Design
  • Bateria
  • Câmera frontal
  • Powerbank
Contras
  • Câmera traseira
  • Resolução da tela
  • Performance para games
  • MicroUSB

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
Assine a nossa newsletter
Relacionado

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários