Review - Sony Xperia XA1

Será que o smartphone intermediário da Sony pode derrubar a hegemonia dos concorrentes?

Por | @marciobohrer Sony

Vem cá, seu telefone está com problemas, travando e desatualizado? Quanto você pensa em investir em um novo aparelho? Se a reposta for um valor acima dos R$ 2 mil, há boas opções para se escolher. Aliás, o Oficina da Net lançou recentemente uma página especial pra reunir o menor preço da história dos principais smartphones do mercado brasileiro. Você pode conferir a variação de preço e comprar de forma muito mais rápida. Acesse aqui.

Agora, se você pensa em smartphones intermediários, portanto, investir em torno de R$ 600 - R$ 1600, a dor de cabeça para escolher a melhor opção pode ser grande. Há muitos modelos de Motorola, Samsung, LGSony e outras marcas. Atualmente nós sabemos que a Motorola vende a grande maioria dos smartphones intermediários no Brasil. Mas a Sony não faz nada para mudar esse panorama? Talvez eles nem queiram.

O Xperia XA1 foi anunciado durante a MWC 17, evento realizado anualmente e palco de muitos lançamentos na área. A proposta é básica: oferecer um aparelho atualizado, moderno e potente sem elevar muito o preço. A marca consegue cumprir isso? Vamos analisar calmamente.

Review - Sony Xperia XA1

Design

Á primeira vista tive uma certa 'decepção' ao ver o XA1, afinal, já há alguns anos o design dos aparelhos da marca não sofre uma alteração considerável (permanece meio quadradão). Esta edição que recebemos possui cor escura - com o display desligado, aparenta sem uma pena única preta. Gostei. 

Pegada boaPegada boa

No mesmo cenário descrito acima, ficam visíveis apenas a câmera frontal e inscrição da marca no topo do smartphone. Dá para perceber também que a tela não contempla toda a superfície frontal, deixando faixas pretas inúteis para o usuário no uso diário. 

Dava pra reduzir esse corpo, não é mesmo?Dava pra reduzir esse corpo, não é mesmo?

A carcaça desse modelo Xperia é construída em metal e os aparelhos highend da Sony costumam ter face traseira revestida de vidro, assim como na frente. No caso Xperia XA1, uma tampa (irremovível) de metal dá mais ‘segurança’ tanto na pegada quanto para uma possível queda. Só que esse metal risca com facilidade, afinal, você deixa o telefone sobre a mesa e eventualmente sobre superfícies ásperas. 

Leia também:

Olha os risco aliOlha os risco ali

Outra característica já tradicional da Sony é a presença dos botões laterais, incluindo um específico para o gatilho da câmera. A posição do botão dá ao usuário uma pegada muito parecida com uma câmera point-and-shot.  Completam a sequência da lateral o botão de liga/desliga e o controle de volumes.

Botão específico para a câmera é uma das coisas legais dos aparelhos da Sony.Botão específico para a câmera é uma das coisas legais dos aparelhos da Sony.

Do outro lado apenas a gaveta para inserir os dois microSIM e o cartão de memória microSD. No topo a entrada para fones de ouvido e na parte de baixo um alto-falante e a entrada USB-C (praticamente inexistente em smartphones nesta faixa de preço). 

USB-C é novidade interessante.USB-C é novidade interessante.

O que mais me chamou a atenção neste aparelho está relacionado às medidas dele. Ele não exige que você abra toda sua mão para acomodar o smartphone, diferente daquilo que temos visto nos últimos anos. O Xperia XA1 possui um display de 5” e apenas 67 mm de largura. 

Na largura uma ótima redução diante da concorrência.Na largura uma ótima redução diante da concorrência.

Sentir este aparelho na mão foi para mim como uma sensação de prazer. Digo isso porque atualmente o tamanho das telas tem ultrapassado limites que consideram ideais para um aparelho celular. 5,5”, 6” é absurdo, tanto que as fabricantes têm apostado na confecção de produtos com displays de proporções diferentes do padrão 16:9 - caso da Samsung (Galaxy S8) e LG (G6), cujas telas adotam as proporções 18,5:9 e 18:9, respectivamente. 

Pois bem, apesar do design permanecer muito semelhante ao que temos visto já há muitos anos, este modelo, com a ajuda das medidas, ficou muito bom. Até aqui eu compraria um Xperia XA1.

Hardware

Por dentro do Xperia XA1 a Sony apostou em um processador Mediatek para ‘tocar o barco’. Logo no primeiro dia de uso, tudo parecia se encaminhar para uma experiência agradável e sem engasgos. A fim de entender melhor o que quero dizer, deixe-me informar todos os dados técnicos do Sony Xperia XA1:

Preço R$ 1.167,45
Marca Sony
Processador MediaTek MT6757
GPU Mali T-880
Câmera Frontal 8 MP
Câmera Traseira 23 MP
Vídeo 4K - 30 fps
Memória RAM 3 GB
Display - Tamanho 5"
Display - Tecnologia IPS
Display - Proteção Corning Gorilla Glass 3
Display - Resolução 1280 x 720
Armazenamento Interno 32 GB
Armazenamento Extra 256 GB
Sistema operacional Android 7.0
Bateria 2300 mAh
AnTuTu 58750
Peso 143 g
3G
4G
Bluetooth
GPS
NFC
Wi-Fi
DLNA
Rádio FM
TV Digital
Acelerômetro
Bússola
Flash
Giroscópio
Sensor de proximidade
Vibração
Viva Voz
Sensor de impressão digital

Ele possui configurações que tem quase tudo para ser um dos melhores produtos desta faixa de preço, batendo de frente com Galaxys, Motos, LGs e Zenfones. 3 GB de memória RAM? Tem. 32GB de armazenamento interno? Tem. Câmera de 23 megapixels? SIM, tem. O processador não é um carro esportivo - daqueles que você praticamente voa e tem uma experiência alucinante, mas atende moderadamente bem as necessidades diárias do usuário. 

O que isso representa na prática? 

Apesar de sofrer em alguns momentos com muitos apps abertos e também de presenciar aplicativos fechando inesperadamente, o desempenho do Xperia XA1 é satisfatório dentro daquilo que a gente considera ideal para um smartphone intermediário. No entanto, se você já manuseou um aparelho de mais qualidade, vai perceber nitidamente a diferença e não vai gostar disso. 

Tem um game que roubou muitas horas da minha vida nos últimos dias, o “Score! Hero”. Ele não é pesadão nem trabalha com gráficos magníficos ou planos tridimensionais, mas em vários momentos, com calor na carcaça, ele teve dificuldade de permanecer ativo. 

Em contrapartida, obtive ótimos momentos enquanto jogava PES17 - um game que usa mais atributos gráficos. O mesmo desempenho aceitável é percebido em jogos como Asphalt 8: airborne e Real Racing 3. Nada muito impressionante, mas que também não deixa a desejar.

Display

A Sony costuma utilizar display LCD em seus aparelhos. Neste caso não é diferente e temos no Xperia XA1 uma tela de 5” e resolução HD (1280x720p). Outro costume da marca é ter uma espécie de ‘fumê’ nos vidros, auxiliando a escurecer o preto de quando o display estar desligado. Quando colocado no máximo - para períodos diurnos - o brilho da tela não é tão alto, algo que pode não ser legal quando você está manuseando o smartphone sob a intensidade da luz solar. 

À noite, quando você deixa para dormir e quer dar aquela conferida das redes sociais ou “contar cordeirinhos” jogando um game enquanto o sono não vem, o brilho mínimo ainda permanece mais alto que o normal. É um problema que faria eu deixar de adquirir um smartphone desse? Não. 

Os dois aparelhos com brilho no máximo, fica perceptível a diferença de iluminação.Os dois aparelhos com brilho no máximo, fica perceptível a diferença de iluminação.

Outra questão que pode ser levantada é que a grande maioria dos rivais utiliza telas de resolução FullHD. Baseado nisto, coloquei o mesmo vídeo para rodar tanto do Xperia XA1 quanto no Galaxy S8 - com resolução configurada em FullHD; as diferenças de qualidade entre os monitores é visível, mas longe de depreciar totalmente o que vi no aparelho da Sony. As cores me pareceram mais opacas e com contraste menos perceptível que de seu rival bem mais caro, no entanto, não percebi nenhuma discrepância que mereça constar como negativa.

Penso que a imagem entregue pelo XA1 é de boa qualidade, capaz de atender a qualquer necessidade do usuário.

Review - Sony Xperia XA1

A proteção oferecida pela Sony finalmente usa o vidro Gorilla Glass 3, uma segurança a mais para pequenas quedas e arranhões. Mas o meu conselho é que você sempre trate seu aparelho como se fosse novo, dessa forma você não relaxa nos cuidados e não será surpreendido. 

Sem impressão digital

Apesar de as marcas de dedos que ficarão gravadas na tela do seu Xperia XA1, o smartphone não possui sensor biométrico - como podemos observar em grande parte dos concorrentes. O item praticamente se tornou obrigatório em qualquer celular atual, mas não será desta vez para este modelo.

USB-C

Se faltou impressão digital, a Sony inclui neste modelo o novo formato para a entrada USB, o tipo C. Mais do que um formato novo para inutilizar aquela dúzia de carregadores que você já tem em casa, o USB-C permite desenvolver carregadores com mais potência para cada celular e é por isso que a presença dele no XA1 é muito bem-vinda - o seu smartphone será carregado de forma mais rápida, já que a tensão de saída do carregador é de 5V. 

Armazenamento

A gente ainda vai falar da câmera, mas você já sabe que os aparelho da Sony costumam trazer um conjunto de câmeras de qualidade. Para armazenar arquivos pesados é necessário espaço. Com este pensamento é bom que os smartphones intermediários já venham com pelo menos 32GB de armazenamento. É o que ocorre com o Xperia XA1. De toda a capacidade do aparelho, 10GB ficam reservados para arquivos pertencentes ao sistema interno, portanto, você possui 22 GB para uso, além de poder acrescentar um cartão de memória microSD de até 256GB. 

Conectividade

Utilizando um Xperia XA1, você tem à disposição as principais formas de conectividade, seja na rede 2G, 3G e 4G; de localização com A-GNSS (GPS+GLONASS); Wi-fi Miracast, NFC e Bluetooth 4.2.

Bateria

2300 mAh de potência são suficientes para durar uma semana de autonomia? Eu diria que não! Dois dias então? Talvez, mas para isso você terá que consumir poucos recursos do aparelho, ou seja, não vale a pena. Até que alguém em apresente uma proposta diferente, a minha ideia de espetar na tomada sempre que você for dormir é a melhor forma de não correr o risco de ficar sem bateria no dia seguinte.

Em circunstâncias normais diárias, sempre me deito com mais de 30% de bateria. Portanto o dia valeu porque não fiquei sem bateria, mas também não posso arriscar ficar nessa levada até a manhã seguinte. Concluindo, está na média de qualquer smartphone regular.

Câmera

Eu acredito que a maioria das pessoas que se apaixonam pelos smartphones da Sony tomam essa decisão baseadas na maravilhosa experiência que elas têm com as belas câmeras em seus aparelhos. A marca colocou um sensor de 23MP na câmera traseira do XA1 justamente para fisgar os indecisos e oferecer uma experiência fotográfica verdadeira com um celular de menos de 2 mil reais.

Se foi isso mesmo, acertaram em cheio. Como você já sabe, a quantidade de pixels não significa uma foto boa, mas em se tratando de Sony o numeral representa qualidade sim. É claro que os top de linha ainda se saem melhor, mas ao menos neste quesito, o Xperia XA1 dá um banho nos concorrentes intermediários.

Review - Sony Xperia XA1

A câmera traseira ainda tem a capacidade de tirar fotos com sensibilidade alta (até ISO6400), a fim de ajudar em ambientes de pouca luz. É bem verdade que o resultado não fica tão qualificado quanto em um ambiente com luz abundante. A lente utilizada possui angulação de 23mm e abertura f/2.0. 

O botãozinho próprio da câmera ali na lateral do smartphone é uma das coisas mais legais, já que você pode segurar o aparelho da mesma forma que uma câmera mesmo. Senti um pouco de lentidão na hora de focar através da pressão do botão. Em muitas oportunidades, tive que movimentar a mão e tocar na tela para focalizar onde queria.

Com o Modo Manual da câmera você tem autonomia para alterar alguns valores de exposição, velocidade do obturador, balanço de branco e foco. É uma boa experiência para quem está aprendendo, mas nada que seja espetacular, ao menos na minha avaliação. Dá uma olhada na imagem:

Tem modo manual mas que não dá tanta autonomia assim.Tem modo manual mas que não dá tanta autonomia assim.

Se o seu desejo é registrar com qualidade momentos de lazer, cenas importantes e aquele encontro com os amigos ou a apresentação de seu filho, o Xperia XA1 é um bom smartphone. Eu diria que as fotos capturadas pela Sony estão acima da média para aparelhos neste valor. No entanto, a qualidade ainda deixa a desejar diante de smartphones mais caros.

E confira uma galeria de fotos com o aparelho:

Quando falamos da câmera frontal, um sensor de 8MP Exmor RS com sensibilidade máxima até ISO3200, lente angular de 23mm e f/2.0. Os resultados também são satisfatórios e superiores ao que vemos nos principais concorrentes.

Na frontal também há um modo manual, porém, com menos opções. É possível alterar o balanço de branco e o EV (que significa o valor de exposição, ou seja, mais ou menos luz). 

Fechando o balanço sobre o que a câmera frontal oferece, o resultado é bastante positivo, mas não é perfeito. É seguro dizer que nesta faixa de preço, a Sony oferece resultados muitos bons.

Android 7.0

Uma das coisas que a Sony sempre procurou oferecer para seus usuários é um sistema atualizado e trabalhando conforme a exigência de evolução constante que os smartphones pedem atualmente. Para atender a essa exigência, o usuário terá Android 7.0 com interface própria da marca. Esta interface é muito característica, pois já vem sendo usada desde o Xperia Z1 e contempla a todos os modelos da marca. 

Android atualizado e interface bonita.Android atualizado e interface bonita.

Dentro do pacote de apps já inclusos no aparelho, estão os aplicativos de Música, Álbum, Vídeo, Movie Creator, Notícias, What’s New, Som e Foto e Efeito RA - todos próprios da Sony.  Acompanha ainda o Spotify como parceira, além, claro, do pacote de apps Google. 

O sistema todo é muito amigável e de fácil entendimento, não há necessidade de ficar horas deslizando para lá e para cá a fim de descobrir como as coisas funcionam no seu Xperia XA1.

Veredito

Em resumo o Xperia XA1 possui as ferramentas necessárias para ser o seu smartphone, possui um conjunto de câmeras de boa qualidade, um corpo estreito com pegada muito agradável e um display HD de ótima qualidade. Quanto à performance do Xperia XA1, resultado modesto porém honesto - capaz de rodar os games mais pesados sem travamentos catastróficos.

Review - Sony Xperia XA1

O mercado atual oferece bons smartphones intermediários como o Moto G5 Plus, LG K10, Lenovo Vibe K6, Samsung Galaxy A5, J5 entre outros. Como estou de saco cheio de aparelhos grandões com telas acima de 5”, ficaria bem inclinado a optar por um Xperia XA1. 

Fica a ressalva quanto aos cuidados que você deve ter com este aparelho, proteção da tela, riscos na parte traseira e arranhões estão sempre procurando um lugar para se abrigar em nossos smartphones. ;)

Gostei de como o Xperia XA1 é confortável tanto na mão como no bolso. Por curiosidade o preço não é tão confortável assim; o XA1 foi lançado por R$ 1699,99, mas hoje é possível encontrá-lo por valores que variam entre R$ 1400,00 e R$ 1600,00. Este valor está bem acima do que podemos garimpar por seus concorrentes, como o Moto G5 Plus (R$ 998,00) ou o Galaxy A5 - R$ 1250,00.

Fica como ponto de decisão o gosto do usuário e a simpatia por uma marca. E você o que diz sobre o Sony Xperia XA1? Deixe seu comentário.

Notas

  • 0 4 6 8 10
  • Processador
  • Câmera Frontal
  • Câmera Traseira
  • Memória RAM
  • Display - Tecnologia
  • Display - Proteção
  • Display - Resolução
  • Armazenamento Interno
  • Armazenamento Extra
  • Bateria
  • AnTuTu
39° em nosso ranking
Comparar
  • Samsung Galaxy S6 Edge
  • Sony Xperia XA1
  • Motorola Moto Maxx
COMPARAR

Mais sobre: Sony Reviews Xperia
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo