Atualmente, as três maiores empresas de celulares vendidas no Brasil são Samsung, Motorola e Apple, respectivamente. De acordo com o Statcounter, que analisa o mercado em diferentes segmentos, o maior destaque fica justamente para a gigante sul-coreana que concluiu o mês de janeiro de 2023 com uma fatia de 41,61% de todo o mercado brasileiro. Em segundo lugar está a Motorola com 20,46%, seguida pela Apple, com 18,74%.

Samsung, Motorola e Apple fecham o ano no topo

Samsung lidera o mercado brasileiro de smartphones e com boa folga
Samsung lidera o mercado brasileiro de smartphones e com boa folga

A análise deste mês mostra uma ligeira queda da Samsung e pequena elevação da Apple e da Motorola em relação a dezembro de 2022. Na prática, essa oscilação da Samsung não é nada preocupante, já que a empresa ocupa a primeira colocação do mercado brasileiro já há alguns anos sem correr nenhum perigo. A segundo colocada, que é a Motorola, tem quase metade de toda a fatia da Samsung.

A Apple, por sua vez, vem de altos e baixos. Em fevereiro deste ano a empresa chegou a perder seu terceiro lugar para Xiaomi e LG, mas recuperou nos meses a frente, chegando a bater uma participação de 19,22% em outubro, a maior de 2022. Em janeiro de 2023, a dona dos iPhones fechou com 0,83 a menos do resultado de dezembro.

Embora outras empresas como Xiaomi e LG estejam ganhando terreno, as três líderes ainda mantêm uma posição de destaque no mercado. Com a constante evolução da tecnologia e a demanda por dispositivos móveis cada vez mais avançados, é provável que essas empresas continuem a liderar o mercado nos próximos anos

Quais as maiores empresas de celulares no Brasil?

Com os resultados de janeiro, o ranking das 10 maiores fabricantes de celulares em atividade no Brasil ficou assim:

Ranking Empresa %
1 Samsung 41,61
2 Motorola 20,46
3 Apple 18,74
4 Xiaomi 13,08
5 LG 3,74
6 ASUS 0,75
7 Realme 0,23
8 Nokia 0,20
9 Huawei 0,14
10 Outras 0,5

Comparação com o mesmo período do ano passado

Em comparação com janeiro de 2022, houve uma significativa queda na participação da Motorola e uma elevação na participação da Samsung e da Apple no mercado. Além disso, a Xiaomi manteve uma presença constante com uma pequena variação de 0,07% em seu market share.

Veja o gráfico com os resultados de 2022:

Histórico de 2022

Fonte: StatCounter

Qual a marca do seu celular? 33,42% 21,57% 10,47% 26,02% 8,52%