Market Share celulares em março no Brasil: Samsung mantém liderança apesar da pandemia

O terceiro mês de 2021 já se foi, mas sem nenhuma grande novidade no quadro de fabricantes que mais vendem smartphones no mercado brasileiro; Samsung segue imbatível. Confira!

Samsung segue líder de vendas no Brasil em março. (Imagem: Samsung)
Samsung segue líder de vendas no Brasil em março. (Imagem: Samsung)

O mês de março de 2021 completou um ano de pandemia em solo brasileiro, e a partir desse cenário, podemos avaliar o desempenho das principais fabricantes no mercado de smartphones desde o início do surto da Covid-19 até chegar nos dias atuais. De praxe, o ranking das empresas segue com a Samsung na liderança, título que já pertence à gigante sul-coreana há alguns anos.

Mas o dado mais relevante que temos ao analisar o relatório do mês de março, é que durante todos os 12 meses em que a pandemia afetou os diferentes segmentos do mercado no Brasil, a Samsung manteve a sua média e não teve o seu posto ameaçado em nenhum momento.

Na verdade, a última vez em que o segundo colocado do ranking chegou a aparecer no retrovisor da Samsung, foi em novembro de 2018, quando a responsável pela linha Galaxy teve um percentual de 34,7% de participação, enquanto a Motorola vinha em segundo com 28,4%, a menor diferença entre as duas fabricantes durante os últimos quatro anos.

Samsung é líder de vendas apesar da pandemia

Dado o fato de que a pandemia causou uma grande crise em diversas áreas do mercado, parece que o público tem se preocupado em não trocar o certo pelo duvidoso quando o assunto é trocar de celular. Ter um bom smartphone hoje em dia deixou de ser luxo e virou necessidade durante os últimos anos, e como a qualidade dos modelos fabricados pela Samsung é indiscutível, manter a empresa como a líder de vendas no país não é nenhuma grande novidade.

De acordo com o relatório coletado pela StatCounter, a gigante sul-coreana atingiu um percentual de 45,25% durante o mês de março de 2021, praticamente o mesmo resultado de fevereiro com 45,29%. Aliás, todas as fabricantes tiveram uma queda no resultado dos últimos 30 dias, mesmo que minimamente.

StatCounter
StatCounter

A Motorola, por exemplo, mantém o segundo lugar de maior participação de vendas no Brasil, mas caiu de 21,4% em fevereiro para 21,2% em março. A Apple completa o Top 3 também com uma leve queda nos rendimentos, passando de 13,66% para 13,46%. Na sequência temos a Xiaomi que aumentou seu percentual de 9,22% para 9,6%, e por fim a LG, que caiu de 6,59% para 6,52%.

É claro que ao analisar esses números e comparando com o resultado do mês anterior, quase sempre a diferença para mais ou menos tem sido bem pequena. Isso reflete o quão consolidado está o mercado de smartphones no Brasil.

Comparativo com mesmo período em 2020

Desde o início da pandemia, os resultados mostram a ascensão da Xiaomi com maior evidência. Em março do ano passado, por exemplo, a gigante chinesa tinha uma participação de "apenas" 7,09% no Brasil, e agora, após um ano, já alcança 9,6% desse total. A popularidade dos produtos da linha Mi tem aumentado de forma considerável e, se continuar nesse ritmo, aos poucos deve encostar na Apple e Motorola, donas da segunda e terceira colocação do ranking atual.

Confira o ranking completo em que comparamos os resultados atuais com os de um ano atrás;

Março de 2020 % Março de 2021 %
1 Samsung 45,16% Samsung 45,25%
2 Motorola 21,92% Motorola 21,25%
3 Apple 13,68% Apple 13,46%
4 Xiaomi 7,09% Xiaomi 9,6%
5 LG 6,55% LG 6,52%

Histórico de 2021

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário