Sem muito alarde e pegando todos de surpresa, a Apple anunciou o novo iPhone SE, que chega ao mercado com design clássico, tela menor e processador de alto desempenho, características que certamente devem chamar atrair muitos fãs da marca.

O iPhone SE (2020), se assim podemos chamar, entrega um corpo praticamente igual ao do iPhone 8, apostando até mesmo no display menor de 4,7" com resolução de 1334 x 750 pixels, aspecto 16:9 e 326 ppi de densidade. Além disso, a Apple também trouxe de volta o botão físico com Touch ID, sistema de desbloqueio que foi implementado no iPhone 5s.

Se externamente o novo iPhone SE não oferece muitas mudanças, não podemos dizer o mesmo dos componentes internos.

O processador agora é o A13 Bionic, mesmo chipset presente na linha iPhone 11. Portanto, se levarmos em consideração que a tela entrega uma resolução menor, algo que naturalmente faz com que o processador trabalhe mais "folgado", e que o iOS é bem otimizado, podemos esperar desempenho excelente, principalmente durante os jogos.

iPhone SE 2020 - Preto
iPhone SE 2020 - vermelho
iPhone SE 2020 - branco
iPhone SE 2020 - Cres
iPhone SE 2020 - Tela
iPhone SE 2020

De acordo com a Apple, o iPhone SE (2020) passou por melhorias na quantidade de memória RAM, mas o valor exato não foi informado. No entanto, tendo em vista que ele pode ser considerado uma versão reformulada do iPhone 8, que trouxe 2GB, existe a possibilidade da empresa ter implementado 3GB ou até mesmo 4GB, embora essa última opção seja menos provável.

Assim como aconteceu no iPhone 8, os consumidores serão capaz de escolher entre três variantes de armazenamento: 64GB, 128GB ou 256GB, que como você bem sabe, não é expansível.

No departamento de câmeras, existe apenas um único sensor na traseira de 12MP com abertura f/1.8 e estabilização óptica de imagem. Com relação a câmera frontal, a gigante de Cupertino inseriu um sensor dedicado à selfies de 7MP com abertura f/2.2. O novo iPhone SE ainda traz "Smart HDR" e o suporte a gravações de vídeos em 4K a 60fps.

A Apple também aplicou melhorias no carregamento, que agora entrega suporte a 18W. Graças a essa potência, é possível ter 50% de carga em apenas 30 minutos. Infelizmente, os consumidores que desejarem usufruir dessa tecnologia terão que comprar outro carregador, pois o que vem na caixa é de apenas 5W. O aparelho também permite carregamento sem fio. Curiosamente, a capacidade da bateria não foi revelada.

O novo iPhone SE ainda traz suporte ao 4G e redes WiFi 6. Por outro lado, a Apple decidiu remover a entrada de 3,5 mm para fones de ouvido, algo que pode decepcionar muitas pessoas. Ainda assim, dentro da caixa há fones de ouvido com conexão Lightning.

Especificações do iPhone SE (2020):

Confira aqui a ficha técnica completa do iPhone SE;

  • Proteção IP68: IP67
  • Processador: Hexa-core (2x2.65 GHz Lightning e 4x1.8 GHz Thunder) e Apple A13 Bionic
  • Sistema operacional: iOS 13
  • Memória RAM: 3 GB
  • Armazenamento Interno: 64 GB, 128 GB e 256 GB
  • Armazenamento Extra: Não Possui
  • Tela - Tipo: Retina IPS
  • Tela - Tamanho: 4.7
  • Tela - Resolução: 1334 x 750
  • Tela - Densidade: 326 ppi
  • Tela - Proteção: Ion-strengthened glass
  • Tela - Extras: Wide color gamut, True-tone e 625 nits
  • Câmera Traseira: 12 MP, f/1.8
  • Câmera Frontal: 7 MP, f/2.2
  • Bateria: 1821 mAh
  • Carregador: 18W

Preço e disponibilidade

Lá fora, a pré-venda do iPhone SE (2020) começa em 17 de abril, com entregas acontecendo a partir do dia 24.

O site da Apple Brasil já listou os preços desse produto: a versão com 64GB custa R$ 3.699, enquanto que o modelo com 128GB sai por R$ 3.999. Por fim, a edição mais potente com 256GB poderá ser adquirida por R$ 4.499.

» Veja o comparativo do iPhone SE 2020 com o iPhone 8.

Infelizmente, ainda não sabemos quando às vendas serão iniciadas no Brasil, mas isso deve acontecer em breve.