Google e Apple estão trabalhando juntas para rastrear a disseminação do coronavírus

Apple e o Google estão se unindo para enfrentar um dos maiores desafios na luta contra o coronavírus COVID-19, o rastreamento de contatos.

Google e Apple estão trabalhando juntas para rastrear a disseminação do coronavírus

As duas gigantes do mercado de tecnologia e smartphones estão lançando um sistema pelo qual enviarão uma notificação aos celulares dos usuários quando eles entraram em contato com alguém que tem o coronavírus.

Em um comunicado conjunto nesta sexta-feira, as duas empresas explicaram como funcionará a ferramenta e como também dizem que estão construindo proteções de privacidade robustas para o serviço.

A Apple e o Google, explicaram que, "lançarão uma solução abrangente que inclui APIs (Application Programming Interface) e tecnologia no nível do sistema operacional para ajudar na ativação do rastreamento de contatos. Dada a necessidade urgente, o plano é implementar esta solução em duas etapas, mantendo fortes proteções em torno da privacidade do usuário."

A previsão para o lançamento da ferramenta é maio. As APIs que permitirão que dispositivos Android e iOS se comuniquem por meio de aplicativos de autoridades de saúde pública, esses aplicativos estariam disponíveis para os usuários baixarem nas respectivas lojas de aplicativos das duas empresas.

Segundo, em algum momento depois disso ("nos próximos meses"), a Apple e o Google lançariam uma plataforma de rastreamento de contato baseada na tecnologia Bluetooth, que permitiria aos usuários participar disso de forma opcional, além de permitir a interação com uma ampla variedade de aplicativos e autoridades de saúde do governo.

É assim que tudo isso seria visualmente, em termos de como tudo se juntaria para rastrear a disseminação do coronavírus:

Fonte da imagem: Google
Fonte da imagem: Google

Funcionários públicos e especialistas em saúde têm enfatizado repetidamente que o retorno a algum grau de normalidade e a abertura da economia dos países novamente depende em grande parte da disponibilização de fortes soluções de rastreamento de contatos.

Para que, quando todos começarmos a voltar para as ruas novamente, qualquer caso da COVID-19 que surgir possa ser rapidamente identificado e as pessoas contaminadas possam ser isoladas antes que isso cause uma nova crise.

"Todos nós da Apple e do Google acreditamos que nunca houve um momento mais importante para trabalharmos juntos para resolver um dos problemas mais urgentes do mundo. Por meio de estreita cooperação e colaboração com desenvolvedores, governos e provedores de saúde pública, esperamos aproveitar o poder da tecnologia para ajudar países ao redor do mundo a diminuir a propagação do COVID-19 e acelerar o retorno da vida cotidiana".

Alguns fatos importantes adicionais a serem conhecidos sobre esta parceria:

  • Ambas as empresas enfatizam que não coletarão dados de localização ou outras informações de identificação pessoal.
  • As duas empresas também estão aprimorando seus sistemas operacionais móveis para que, sempre que você entrar em contato com alguém como parte dessa solução, uma chave privada seja trocada com o seu smartphone via Bluetooth.
  • Qualquer pessoa que testasse positivo para o vírus registraria isso em um aplicativo em seu smartphone. Nesse momento, duas semanas nos smartphones das pessoas com quem eles entraram em contato seriam enviados para um servidor. Se isso incluísse você, nesse momento, você receberia uma notificação no celular dizendo que entrou em contato com alguém com resultado positivo para o vírus, e outras informações relevantes também serão compartilhadas com você.

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário