Vazamento recente indica que Galaxy Note 10 terá câmera tripla traseira na vertical

Câmera tripla pode contar com sensor principal de 64MP, secundário com lente ultra-wide e último com lente telefoto/zoom. Imagem vazada no Twitter mostra placa fixadora dos sensores, permitindo especulações sobre estes.

Por | @andressaisfer Smartphones Pular para comentários

O próximo grande lançamento da Samsung já está tendo seus detalhes revelados. O Galaxy Note 10 teve fotos vazadas recentemente no Twitter, mostrando que o aparelho pode contar com três câmeras traseiras na vertical. O Note 10 deve chegar ao mercado no segundo semestre de 2019.

Uma das fotos é do modelo da placa que vai fixar os sensores no corpo do aparelho.

Imagem da placa que vai fixar as câmeras no corpo do Galaxy Note 10 vaza na internet.Imagem da placa que vai fixar as câmeras no corpo do Galaxy Note 10 vaza na internet.

Ele mostra claramente três círculos maiores no lado esquerdo, uma extensão para a direita com um furo menor (onde possivelmente ficará o flash LED), um espaço para sensor Time of Flight e ainda um flood iluminador para melhorar o tempo de resposta do foco automático. 

Rumores indicam que o sensor principal será de 64MP, enquanto o secundário contará com lente ultra-wide e o último com lente telefoto/zoom, respectivamente.

O site Phone Arena fez uma montagem com a imagem da placa e como esta deve ficar no celular caso os rumores estejam corretos. É importante ressaltar que essa é apenas uma imagem especulativa, sem dados concretos. Confira:

Montagem feita pelo Phone Arena especula como pode ser a parte traseira do Galaxy Note 10, com base na imagem da placa das câmeras.Montagem feita pelo Phone Arena especula como pode ser a parte traseira do Galaxy Note 10, com base na imagem da placa das câmeras.

Ainda no que diz respeito às câmeras, pelo que as imagens indicam o Note 10 poderá não ter sensor cardíaco, assim como o Galaxy S10. De fato, é uma escolha a ser feita pela Samsung: considerando o tamanho do Note 10, seu novo design e localização da câmera, a empresa pode ter optado por deixar o recurso de lado para liberar mais espaço.

Mas seja como for, é preciso esperar algum posicionamento por parte da Samsung – ou outro vazamento – antes de concluir qualquer coisa. 

Fonte: phonearena