Oficina da Net Logo

Samsung pode implementar bateria de 4000 mAh no Galaxy Note 9

Os rumores apontam para um "phablet" de tamanho maior que o normal, com uma unidade de bateria de 4000 mAh.

Por | @ingridjank Rumores

No recente mercado de smartphones top de linha, as maiores marcas não podem ter medo de arriscar em termos de inovação. Os modelos da linha Galaxy Note da Samsung podem estar querendo apostar nisso para serem mais notados, uma vez que rumores começam a surgir sobre o próximo modelo, o Galaxy Note 9, que pode acabar chegando em um lançamento antecipado nesta temporada, devido às poucas vendas do Galaxy S9 e S9+.

Nesta semana, no entanto, os boatos que vêm surgindo sobre o aparelho apontam para uma atualização na bateria. Inspirando-se nas chinesas Xiaomi e Huawei, a sul-coreana pode implementar uma unidade de bateria com autonomia de 4.000 mAh, marcando a primeira introdução em um dispositivo da Samsung. Essa capacidade de autonomia poderia levar o dispositivo a aguentar até dois dias de serviço médio. O que é bastante comparado com os 3.300 mAh do Galaxy Note 8 e os 3.500 mAh do novo Galaxy S9+.

As informações surgiram de fontes ligadas ao processo de fabricação do aparelho, que ainda não anunciou informações oficiais. E ainda, seria possível que a empresa use essa maior autonomia como o diferencial nas suas peças de divulgação, marcando-o como um dos aparelhos da categoria com maior tempo de uso. Veja abaixo um vídeo mostrando imagens conceituais do Galaxy Note 9, criado por artistas gráficos da DBS Design.

Outros boatos afirmam que a chegada da bateria com maior capacidade pode resultar em um aumento físico da unidade. Segundo as fontes ligadas a fabricação, a empresa teria estudado para aumentar o display do aparelho para 6,4 polegadas, fazendo com encha toda a parte frontal do dispositivo. Porém, em outras peças e informações que foram vazadas, relatam que o Galaxy Note 9 deve ter pequenas bordas na parte superior e inferior da tela, contando com 6,3 polegadas, mas ainda com toda a parte da frente coberta por vidro.

Nesse sentido, já que o corpo seria todo feito de vidro, o cuidado teria que ser extremamente especial em relação a resistência. Uma novidade seria o sensor de impressões digitais sob o display, porém, os rumores também falam sobre uma dificuldade em desenvolver soluções biométricas, e que esse componente pode ser deixado para uma outra oportunidade.

Mesmo com tantas especulações e informações sobre a maioria das novidades do novo Galaxy Note 9, a Samsung mantém total silêncio sobre o assunto, nem mesmo a existência do aparelho é confirmada. No entanto, existem grandes chances do phablet ser a carta na manga da empresa que visa combater a chegada de uma nova geração de iPhones. Assim como seus rivais, o dispositivo da sul-coreana tem o lançamento marcado para o segundo semestre deste ano.

Leia também:

Fonte: Phone Arena e Canal Tech

SHARE
+ Notícias
Assine a nossa newsletter
Comentários