[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Confira a nossa análise do Cooler Master MasterMouse Pro L, um dos melhores mouses ambidestros e modulares do mundo.

Por | @grasiel_grasel Periféricos

O mercado nunca pode contar com muitas opções de mouses modulares de qualidade, afinal, a maioria deles que não possui componentes defasados, utiliza um design absurdamente exagerado ou até burro. Mouses como o James Donkey 007, que utilizava um Avago 9800 (hoje defasado) ofereciam dezenas de opções de modificações para o seu shape, algumas até consideravelmente confortáveis, mas outras completamente fora de cogitação.

São poucos os usuários que costumam investir neste tipo de mouse, pois geralmente se considera que o preço do produto acaba ficando muito maior pela simples existência de algumas peças a mais, no entanto, isto parece estar mudando, pois a Cooler Master trouxe uma novidade que consegue muito bem oferecer qualidade e conforto por um preço não muito alto.

A Cooler Master resolveu dar um passo à frente oferecendo uma nova opção de mouse modular para o mercado, talvez a primeira a utilizar o poderoso PMW3360, lançando o Cooler Master MasterMouse Pro L em agosto de 2016, o primeiro modular da marca.

DESIGN

O Cooler Master MasterMouse Pro L é um mouse ambidestro modular que, ao contrário da maioria dos mouses deste gênero, o único aspecto que pode receber uma modificação considerável é o seu shape, que influi diretamente na pegada. Talvez o fato de ser ambidestro seja mais interessante e até mesmo mais útil que a mudança de pegadas, mas ela ainda é bem vinda.

As laterais do mouse, que são trocáveis, têm curvas completamente iguais, a única diferença entre elas é que as pretas possuem uma levíssima textura, que pode ser mais agradável a quem prefere sentir uma maior segurança no seu grip. A outra opção é feita no mesmo plástico liso do mouse.

 [VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Os shapes trocáveis alternam a sua pegada entre moldes que favorecem mais uma pegada claw, oferecendo um perfil mais alto e recuado, ou uma pegada palm, com um perfil mais longo e baixo.

Diferença entre o shape de pegada palm (com transparência) e o de pegada clawDiferença entre o shape de pegada palm (com transparência) e o de pegada claw

Abaixo você pode ver as pegadas no shape palm.

Diferença entre o shape de pegada palm (com transparência) e o de pegada claw

De maneira geral, ambos os shapes do Pro L são confortáveis para todas as pegadas, eles apenas favorecem umas mais do que outras, mas isto jamais o tornaria um mouse desconfortável, até mesmo para qualquer tamanho de mão.

Abaixo você pode ver as pegadas no shape claw.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

O que me impressiona no material utilizado nesse mouse é a diferença que marcas de dedos causam no material mais liso, que deixa marcas aparentes com maior facilidade, enquanto o material preto com a leve textura praticamente não fica manchado.

Alternar constantemente estas peças pode causar desgastes nos pequenos encaixes de plásticoO problema de mouses modulares que podem mudar a carcaça do seu shape é que, como no Pro L, alternar constantemente estas peças pode causar desgastes nos pequenos encaixes de plástico, o que faz com que um probleminha como um retorno audível triplo se torne comum, o que pode ser um pouco chato, portanto, procure não trocar muito esta peça depois que encontrar o seu favorito.

Uma característica do mouse que me agradou bastante foi a sua iluminação, principalmente na parte traseira, que utiliza um underglow que fica muito bonito no escuro. Convenhamos, a Cooler Master fez um excelente trabalho de design neste mouse...

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

A proteção do cabo é um aspecto que me incomodou um tanto, pois este revestimento de nylon torna ele pouco maleável e isto pode atrapalhar bastante na movimentação, pois o cabo poderá estar o tempo todo raspando em algo ou dobrando sobre a sua mão, portanto, utilizar ao menos uma “gambiarra” como mouse bungee pode ser essencial. Até mesmo o cabo emborrachado do MasterMouse S seria melhor que este.

Se você se incomoda com rattle, é preciso que você saiba que ele existe no MasterMouse Pro L, mas é praticamente inaudível se você não sacudir o mouse com certa força, portanto, isto não será um problema tão grande, diferentemente do que aconteceu com os primeiros lotes do G403, no qual era possível sentir uma peça do mouse literalmente balançando dentro dele enquanto você o utilizava normalmente.

ESPECIFICAÇÕES

Especificações fornecidas pelo fabricante:

  • Sensor Pixart PMW3360 Optical
  • 4 níveis de DPI (400~12,000dpi)
  • Polling Rate 1000 Hz
  • 5 perfis programáveis
  • Processador de 32 bit ARM
  • Memória interna de 512KB
  • Switches OMRON 20M
  • 8 botões programáveis
  • Cabo de 1.8 M
  • Dimensões 125(130) x 67.8 x 38mm
  • Peso (sem o cabo) de 98g / 99g

SOFTWARE

Sempre que tenho que trabalhar em um novo review de mouses, uma das minhas maiores preocupações é em relação ao software, afinal, embora que este seja apenas um recurso tomado como “extra”, ele existe para facilitar a vida do usuário, mas em boa parte dos casos eles são tão mal feitos que mais atrapalham do que ajudam.

No caso do software da Cooler Master, não existe um portal para todos os periféricos, portanto, se você quiser utilizar um de seus softwares, terá que baixar eles no “Cooler Master Portal”, onde também é possível manter os drivers dos produtos da marca atualizados.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

No software existem 3 guias principais: a de Controle Principal, a de Macro e a Biblioteca de perfis.

Na primeira, existem outras 5 abas secundárias: A de designação de funções para cada botão, na qual você pode escolher o que cada botão do mouse faz, podendo escolher desde funções básicas a até controle de mídia e reprodução de macros; A aba de configuração de funções extras para cada botão, que podem ser acessadas com uma espécie de “botão FN” configurável chamado de “Táticas de tempestade”; A de configuração de iluminação, na qual é possível ativar ou desativar diferentes efeitos selecionáveis por botões que forem designados para alternar entre cada efeito, assim como modificar cada um deles; A aba de configuração do sensor, na qual é possível configurar faixas de DPI, polling rate, prediction, LOD e até mesmo superfícies; e a aba de configurações do Windows, na qual você pode modificar valores do sistema operacional mais rapidamente, sem a necessidade de percorrer longos caminhos.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

É importante informar que alguns usuários, inclusive eu, sofreram com um “problema” causado pelo software da Cooler Master: Ao inicia-lo pela primeira vez, a sensibilidade do mouse no sistema operacional pode ser marcada automaticamente em 7 ou 11, o que é absurdamente chato e prejudicial ao rastreio deste e qualquer outro mouse que conectar na sua máquina. Para corrigir o problema, vá até a aba “Sensibilidade de OS” e deixe a primeira chave no número 6, depois, clique em “Aplicar” para salvar. Isto aconteceu somente em um computador que testei o Pro L e o MasterMouse S, portanto, pode não acontecer com todos os usuários, mas ambos os mouses da marca podem ter este problema.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Na guia de Macros você pode configurar atalhos de comandos tanto do seu computador como do teclado, facilitando a utilização do recurso, que é extremamente fácil de utilizar.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Na última guia, a Biblioteca, ficam os perfis que você utiliza, podendo importar ou exportar novos perfis personalizados, os quais podem ser baixados na internet ou salvos em um disco móvel.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Devo admitir que o software da Cooler Master para o Pro L me surpreendeu, ele possui muitos recursos úteis e diferentes, assim como é bastante fácil de utilizar. Você pode alternar entre cada perfil facilmente por uma série de botões que fica na parte de baixo do software, nos quais também você tem a liberdade de adicionar imagens para diferenciar cada um. O único aspecto que não me agrada é a necessidade de clicar em aplicar sempre que você conclui suas modificações em cada guia, pois caso não o faça, qualquer alteração não irá aparecer em outras abas que tenham alguma ligação com o que foi modificado.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

CONSTRUÇÃO INTERNA

Vamos agora a uma parte muito importante de todo review de um periférico, a análise de sua construção interna e componentes, afinal, são eles que ditam a durabilidade do produto e também a sua qualidade geral.

A carcaça do mouse é bastante simples, o que é surpreende em um mouse modular. Os encaixes são todos feitos com pequenas peças de plástico, o que pode acabar sendo um problema, pois elas podem quebrar ou desgastar com facilidade se você não tiver cuidado.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Os switches principais são OMRON China, um padrão bastante comum no mercado já que é bastante difícil encontrar mouses que utilizam o modelo japonês deste switch, o qual possui um controle de qualidade maior.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

O switch do scroll é um modelo squared tátil genérico, uma escolha questionável, mas certamente não é completamente ruim para um mouse de sua faixa de preço. Estes switches podem ser comprados às dezenas por alguns centavos.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Os switches laterais, dos botões de macro, são todos Kailh, e este é outro aspecto que ajuda a justificar o preço baixo do Pro L, afinal, embora que os rumores de que a Kailh tenha melhorado o seu controle de qualidade possam ser verdade, ela provavelmente ainda não seria capaz atingir a capacidade de um OMRON.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

O Switch de troca de DPI é um modelo tátil, mas infelizmente não podemos dizer o quão durável ele é, pois até mesmo a OMRON faz switches muito parecidos com este, até da mesma cor que este, mas não temos como ter certeza de sua procedência por não existir nenhuma indicação de número de série.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

O sensor do mouse é o poderosíssimo PMW3360, considerado como um dos melhores sensores do mercado juntamente com suas versões exclusivas de outras marcas, como o 3366 da Logitech.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

A MCU do mouse é uma HT32F52352 de 32-bits ARM, um modelo lançado em outubro de 2016. Ainda não vi outros mouses que utilizam essa mesma MCU, então não posso fazer muitas comparações quanto à capacidade dela, mas sei que é possível utilizá-la em teclados também, então talvez eu a veja em um qualquer dia destes.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

O codificador do scroll é um modelo mecânico ALPS, conhecido como um dos melhores do mercado ao lado dos TTC.  Este codificador é um tanto mais duro, com níveis mais bem definidos e precisos, já o da TTC é bem mais fluido e leve, caso você queira saber.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Os LEDs do mouse são todos modelos comuns, tanto na traseira quanto no scroll. Eles provavelmente não são tão duráveis quanto um modelo SMD, mas ainda assim oferecem uma boa iluminação.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Esteticamente falando, as soldas do mouse são todas muito bem feitas e os componentes são bem organizados, o único ponto que posso destacar negativamente são alguns resíduos de limpeza, mas eles não interferem em nada na qualidade geral do produto.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

TESTES

Se você tem alguma dúvida a respeito de termos técnicos, recomendamos que leia nosso artigo sobre o que um bom mouse precisa ter clicando aqui.

MS Paint

Com o Microsoft Paint fazemos dois testes muito importantes, os de jitter e prediction que são, respectivamente, avaliações que verificam se o sensor do mouse sofre com alguma distorção (o que deixa as suas linhas “tremidas”) e também se ele tem algum tipo de sistema que tenta simular linhas retas perfeitas, o que você certamente não quer em um jogo de precisão, pois os movimentos humanos não são perfeitos.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

O Pro L se sai bem em DPIs mais baixas, no entanto, a partir da faixa de 8000 DPI ele começa a apresentar sinais muito altos de jitter para um PMW3360. Nem o G502 que usa uma variação deste sensor desde 2014 apresenta estes problemas, portanto, isto certamente acontece por uma má implementação.

Você pode achar que estou exagerando em reclamar de algo do tipo, mas, convenhamos, se você não é capaz de fazer uma boa implementação em faixas de DPI mais altas, simplesmente não as disponibilize, são raríssimos os casos de usuários que utilizariam qualquer resolução acima de 8000.

Se você não é capaz de fazer uma boa implementação em faixas de DPI mais altas, simplesmente não as disponibilize

Enotus Mouse Test

No Enotus realizamos mais dois testes, a frequência com que o mouse se comunica com o computador, o que nos dirá também o tempo de resposta dele com a máquina, e também a velocidade máxima que o sensor é capaz de captar. Bons resultados devem mostrar um Polling speed acima de 500Hz (2 milissegundos de atraso) e no mínimo a 2m/s em Max speed.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Os resultados no Enotus são de acordo com o esperado para um PMW3360: incríveis. O mouse tem um pouco mais de 1ms de tempo de resposta e foi capaz de atingir a marca absurda de 8.73 m/s, ambos são números excelentes e atendem as necessidades de qualquer jogador.

Mouse Tester

O Mouse Tester nos mostra resultados um pouco mais técnicos e muito importantes, a consistência do sensor e o teste de aceleração para sabermos se o mouse possui algum tipo de alteração em seu rastreio em relação à velocidade que o movemos.

Consistência

No teste de consistência vamos verificar se o sensor possui algum tipo de alteração em seu rastreio, portanto, as linhas são o trajeto percorrido pelo mouse em relação ao tempo e as bolinhas são os registros do mouse sobre sua posição, quanto mais próximas da linha, mais preciso é o sensor.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

O Pro L também se sai bem nos testes de consistência. Embora que o sensor rastreie alguns pontos a mais, a maioria das distorções são corrigidas e apenas os dados corretos são enviados para o computador.

Aceleração

A aceleração é um problema comum apenas em mouses de baixíssima qualidade, no entanto, é extremamente importante verificar se ele possui algum tipo de alteração em relação a velocidade que é movimentado, pois taxas altas podem atrapalhar seu desempenho em jogos que exigem precisão, como Counter Strike, por exemplo.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

No teste de aceleração o Pro L também se sai perfeitamente bem, mostrando mais uma vez a qualidade de um PMW3360.

Este é o meu primeiro mouse com a versão comercial do PMW3360 e vejo que ele com certeza é tão bom quanto um PMW3366, mas talvez não tenha sido tão bem implementado no Pro L. Mal posso esperar para testar outros mouses com este sensor, assim como o tão estimado 3398 do DA Elite, o qual já comprei e estarei testando em breve.

DESEMPENHO

O MasterMouse Pro L foi um dos mouses que mais gostei de utilizar até hoje, principalmente por sua ergonomia. É claro que isto é bastante pessoal, mas devo dizer que, com a opção de troca de shapes, fica bastante difícil pensar em uma pegada ou tipo de mão de que não fique confortável com ele.

Com a opção de troca de shapes, fica bastante difícil pensar em uma pegada ou tipo de mão de que não fique confortável com ele

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Devo dizer que os únicos “problemas” que me desagradam são o do retorno audível  no clique de uma das carcaças, que acabou desgastando muito facilmente um encaixe, e o software maluco que colocava a sensibilidade do mouse do Windows no valor máximo, foi bastante chato ter que sempre diminuir este valor nas configurações do Windows até descobrir que o problema era do software da Cooler Master.

Li sobre alguns compradores do mouse reclamando dos cliques do Pro L, que eles estavam com uma sensação tátil estranha, mas aparentemente este problema foi resolvido nos últimos lotes, pois não tive nenhum problema do tipo e os cliques dos modelos que recebi estão perfeitamente normais.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

O mouse é excelente, possui um peso muito bom e o seu rastreio é incrível nas faixas de DPI mais comunsDe maneira geral o mouse é excelente, possui um peso muito bom e o seu rastreio é incrível nas faixas de DPI mais comuns, afinal, você dificilmente vai utilizar o Pro L em uma resolução maior que 8000 DPI, a não ser que você esteja lendo este review em meados de 2030, quando a resolução de monitores provavelmente será grande o suficiente para DPI altas serem úteis.

Sobre aspectos que poderiam melhorar, acredito que um cabo um tanto mais maleável, até como o do MasterMouse S, seria mais interessante para jogadores que não conseguem improvisar um bungee, os switches laterais e do scroll poderiam ser ao menos Huano e a própria implementação do PMW3360 deveria ser melhor em DPIs mais altas, como nos mouses da Logitech.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

VEREDITO

Como você deve ter visto ao longo do review, não tenho muitos motivos para não recomendar o MasterMouse Pro L, afinal, seus shapes trocáveis garantem que praticamente qualquer tipo de pegada seja confortável, ele utiliza o poderoso PMW3360 e, salvo o problema da sensibilidade de OS, o software da Cooler Master é muito bom. Posso dizer que, se você não se importa muito com um cabo revestido de nylon pouco maleável como este, não existem motivos que impeçam a sua compra.

[VÍDEO] Review: CM MasterMouse Pro L, o melhor mouse modular ambidestro?

Se você é canhoto, não consegue se acostumar ou não se interessa pela pegada de um Logitech G403, que é um dos melhores mouses do mercado atualmente e é absurdamente barato, recomendo fortemente que você dê uma chance ao Pro L. Custando uma média de R$260, você dificilmente terá o que reclamar da usabilidade e qualidade deste mouse.

Para finalizar, eu gostaria de agradecer novamente ao pessoal da Cooler Master, principalmente ao Danilo de Oliveira, que acreditou no meu trabalho e no potencial do Oficina da Net nos enviando tantos produtos da marca para testarmos. É incrível ver o interesse das marcas pelo nosso conteúdo, mesmo sabendo que as críticas sempre virão se for necessário.

Notas

  • 0 4 6 8 10
  • Implementação do Sensor
  • Switches principais
  • Codificador do Scroll
  • Ergonomia
  • Switches extras
  • Construção interna
  • Peso
em nosso ranking
Comparar
  • Ducky Secret
  • Cooler Master MasterMouse Pro L
  • Logitech G900 Chaos Spectrum
COMPARAR

Mais sobre: mouses, CoolerMaster, Modulares
Share Tweet
  • Quer receber novidades sobre Periféricos?

    Preencha o formulário abaixo para se cadastrar:

  • Preencha para confirmar

Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.