Morri e agora? O que vai ser das minhas redes sociais?

Veja quais as possibilidades disponibilizadas pelos sites de relacionamento para que seu perfil não se torne um fantasma.

Por | @oficinadanet Redes sociais

De todas as certezas da vida, a mais certa delas é a morte. Embora muita gente prefira evitar este assunto, não tem como negar que um dia todo mundo irá passar por esta experiência. E você já parou para pensar o que vai acontecer com suas redes sociais após você “partir desta para uma melhor”? Se não havia pensado ainda, aposto que agora ficou preocupado com a questão. Afinal, não estará mais lá para responder os recados, comentários e curtidas da página.

Pode parecer besteira, mas a questão realmente ficou séria, visto que as redes sociais podem, no futuro, tornarem-se verdadeiros cemitérios virtuais. Pensando nisso, os próprios sites de relacionamento têm pensado em soluções para o pequeno inconveniente de perfis abandonados.

Morri e agora? O que vai ser das minhas redes sociais?

O Facebook, por exemplo, possui uma ferramenta chamada Contato Herdeiro. Com ela você escolhe um amigo que terá o poder de decidir o que fazer com sua conta caso aconteça algo com você.

Entre as decisões que ficarão ao encargo da pessoa de sua confiança está se irão excluir ou não sua conta, trocar a foto de perfil e criar e afixar um post no topo da página. Ela não poderá acessar suas mensagens, a não ser que você dê permissão para isso ainda em vida.

Para acessar a ferramenta é simples. Basta ir em: Configurações > Segurança> Contato herdeiro. Agora é só seguir os passos indicados na página e pronto, a pessoa escolhida estará habilitada a realizar alterações em seu perfil, caso aconteça algo.

Outra possibilidade disponibilizada pelo Facebook é transformar a página do falecido em um memorial. Assim, mensagens de carinho podem ser deixadas pelos amigos. Apenas amigos confirmados na rede social conseguirão localizar o memorial na busca.

Após a página se tornar um memorial, o perfil não pode ser alterado, mesmo se o usuário tiver a senha da pessoa falecida, a não ser que ele seja um contato herdeiro.

Veja também: 

Para transformar um perfil em memorial é preciso abrir a página de solicitação do Facebook. Em seguida será necessário preencher um formulário com dados da pessoa falecida, como nome completo, data de falecimento, além de fornecer um link para um documento que confirme a morte do usuário. É preciso estar logado em sua conta do Facebook e ser amigo da pessoa que terá seu perfil transformado em memorial, para conseguir preencher o formulário.

Morri e agora? O que vai ser das minhas redes sociais?

Quando um perfil se torna um memorial, ele passa a exibir “Em memória” ao lado do nome da pessoa e todo conteúdo postado continuará disponível para o público com o qual foi compartilhado. Estes perfis não serão exibidos em espaços públicos, como sugestões de amigos, lembretes de aniversário e anúncios.

Outra possibilidade é que parentes e amigos notifiquem a rede social para que o perfil seja cancelado. Para isso é preciso preencher um formulário por meio do site

Morri e agora? O que vai ser das minhas redes sociais?

Twitter e Linkedin

O Twitter e o Linkedin também oferecem formulários para solicitar a exclusão do perfil de uma pessoa falecida. Já o Google + não possui este recurso. Em seu caso, o perfil na rede social – assim como a conta única do usuário e os serviços associados a ela – continuam ativos por nove meses. Em caso de inatividade neste período, o sistema exclui o perfil automaticamente.

Instagram

O Instagram oferece duas opções em caso de morte de um usuário: transformar o perfil em um memorial ou solicitar a remoção da conta. Para isso, é preciso entrar em contato com a rede social por meio deste link e preencher um formulário. Será necessário entregar ao Instagram uma prova do falecimento, como link para o obituário ou um artigo de jornal.

Morri e agora? O que vai ser das minhas redes sociais?

No caso da remoção da conta, apenas parentes próximos confirmados podem solicitar. Como forma de confirmação são pedidos documentos como: a certidão de nascimento da pessoa falecida e sua certidão de óbito, além de comprovação de autoridade de acordo com a lei local de que a pessoa é a representante legal da pessoa falecida ou de seu espólio. Para preencher o formulário de solicitação de remoção clique no seguinte link.

Você ainda pode ter muita vida pela frente, mas, se não quer que caso aconteça algo com você, suas redes sociais fiquem abandonadas, vale tirar um tempinho e conversar com pessoas queridas sobre todas estas possibilidades ofertadas pelas redes sociais para que seu perfil não se torne uma conta fantasma. Mas isto, claro, é só uma precaução.

Mais sobre: redes sociais Facebook Instagram
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo