WhatsApp novamente na mira dos golpistas

Cuidado com o golpe! O usuário, ao clicar na mensagem recebida, acaba sendo direcionado para um site que tenta se passar pelo aplicativo.

Por | @oficinadanet Aplicativos

Em apenas dois dias, um novo golpe no WhatsApp já fez mais de 300 mil vítimas, de acordo com um levantamento da empresa de segurança digital Kaspersky. O anúncio fraudulento oferece aos usuários do mensageiro um bônus de R$ 15 em créditos caso eles se cadastrem em um link que está sendo divulgado no aplicativo. Porém, tudo não passa de mais um golpe.

O usuário, ao clicar na mensagem recebida, acaba sendo direcionado para um site que tenta se passar pelo aplicativo. Então, é solicitado o compartilhamento do link para todas as conversas e grupos do WhatsApp.

Após seguir as instruções, o usuário acaba sendo redirecionado para links falsos que solicitam a atualização de algum aplicativo para que possa ser possível receber o bônus (no geral é o Facebook).

WhatsApp novamente na mira dos golpistas
Fique sempre atento! Não seja a próxima vítima dos golpistas.

Leia também:

A grande questão é que quando o usuário acredita que atualiza os aplicativos, na verdade inicia o download e também a instalação de outros aplicativos e malwares. Tais programas, como de costume, possuem um único objetivo, ou seja, roubar os créditos dos usuários e ainda conseguir acesso a dados pessoais que estão armazenados no celular. Além disso, o número pode ainda ser cadastrado em serviços de mensagens pagas.

Mesmo que a vítima não realize o download dos aplicativos, nesta fase, ela já compartilhou o golpe com os amigos do WhatsApp.

Então, caso você tenha sido vítima de algum golpe semelhante através do WhatsApp, ou até este, primeiramente é necessário avisar os seus contatos, após cancelar os serviços em que foi cadastrado e atualizar o software móvel de proteção.

Porém, o mais importante é mesmo ficar alerta. Não caia em pegadinhas, lembre-se que dificilmente alguém distribuirá algum beneficio como este. Toda oferta precisa ser avaliada com cautela para não ser a próxima vítima.

Mais sobre: WhatsApp golpe aplicativo
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo