Oficina da Net Logo

Brinquedos conectados podem estar espionando crianças

De acordo com os consumidores, os brinquedos “i-Que” e “My Friend Cayla” captam as vozes das crianças sem permissão.

Por | @oficinadanet Aplicativos Pular para comentários

A tecnologia está cada vez mais presente no cotidiano das pessoas, incluindo das crianças. Os brinquedos já não são mais como os de antigamente, e as empresas investem pesado na conectividade deles. Porém, vários consumidores estão preocupados com a possibilidade de tais brinquedos serem usados para espionagem.

Mais de 18 associações de defesa do consumidor europeias e americanas estão apresentando queixas sobre brinquedos, em específico aos da fabricante Genesis Toys e seu parceiro em tecnologia de reconhecimento de voz Nuance. Elas são acusadas de violar as leis de privacidade.

Privacidade é o quesito principal quando se lida na internet. brinquedos podem estar sendo usados para espionar crianças, dizem consumidores.
Privacidade é o quesito principal quando se lida na internet. brinquedos podem estar sendo usados para espionar crianças, dizem consumidores.        

Leia também: Leia em destaque: Os 10 melhores jogos para Android sem internet.

De acordo com os consumidores, os brinquedos “i-Que” e “My Friend Cayla”, que solicitam o uso de um aplicativo em celulares ou tablets para funcionar, captam as vozes das crianças sem qualquer tipo de autorização ou aviso e enviam as gravações para a Nuance. A empresa diz, no entanto, usar os dados para melhorar os seus produtos.

Para completar, a empresas também estão sendo acusadas de não impedir que os dispositivos Bluetooth não autorizados possam se conectar aos brinquedos. Deste modo, é possível que qualquer pessoa possa espionar ou mesmo seguir as crianças.

Obviamente, a tecnologia é muito útil para a vida de todos, mas o quesito segurança vem em primeiro lugar, seja em qual for o setor. Em razão disso, os pais precisam ficar sempre atentos aos brinquedos que os filhos usam, para que não se tornem as novas vítimas da falta de privacidade.

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

Comentários
Carregar comentários