Oficina da Net Logo

Por que nem todo conteúdo da Netflix pode ser baixado?

Entenda o motivo. Empresa de streaming disponibilizou parte de suas produções para download nesta quarta-feira. Entenda porquê nem todo conteúdo está disponível para ser assistido offline, ainda.

Por | @oficinadanet Entretenimento Pular para comentários

A Netflix trouxe nesta quarta-feira, dia 30 de novembro, uma boa notícia para os seus usuários. Na data a empresa de streaming anunciou que algumas produções da plataforma já estão disponíveis para download, como já vinhamos noticiando a possibilidade, aqui, no Oficina da Net. Desta forma é possível assistir algumas séries e filmes originais mesmo sem estar conectado à internet.

Uma ótima opção para quem quer assistir suas produções em locais onde não há Wi-Fi, sem precisar gastar seus preciosos dados móveis. Porém, nem tudo que pode ser assistido online está disponível para download. Mas, por quê?

Algumas produções já podem ser assistidas <a onclick=offline pela Netflix (Imagem: Reprodução/Internet)" />
Algumas produções já podem ser assistidas offline pela Netflix (Imagem: Reprodução/Internet)

A explicação está no fato de o catálogo da Netflix ser constituído de acordos entre a empresa de streaming e as distribuidoras de conteúdo televisivo. Nos contratos firmados entre ambas partes está determinado, por exemplo, por quanto tempo o conteúdo estará disponível aos assinantes, o que explica o fato de alguns títulos serem removidos do catálogo. Veja as remoções de dezembro aqui. Leia em destaque: O que é o Popcorn Time? Saiba como usar o serviço de streaming com VPN.

Veja também:

Como o recurso de download é algo recente, é provável que os contratos firmados antes desta possibilidade não permitam que os títulos sejam baixados pelos usuários. Desta forma será necessário renegociar os termos para distribuir o material pela Netflix.

O mesmo não ocorre com as produções originais Netflix, como Orange is The New Black, Narcos, 3%, Stranger Things...Como elas são totalmente controladas pela empresa, não existe toda esta burocracia. Já em casos em que a produção é feita em parceria entre a Netflix e alguma outra distribuidora, também é preciso rever os termos de contrato para incluir a possibilidade de download. Exemplos desta situação são as séries Demolidor, Jessica Jones e Luke Cage, que usam propriedades da Marvel, que por sua vez é pertencente ao grupo Disney.

A expectativa é que estas pendências se resolvam com o passar do tempo e assim mais títulos sejam disponibilizados para serem assistidos offline. Ao anunciar a novidade, pelos seus canais oficiais de comunicação, a Netflix garantiu que, em breve, mais conteúdo será liberado para download.

Pirataria

Se o que impede as distribuidoras de permitirem a disponibilidade de suas produções para download é o medo da pirataria, já ficou provado que não há motivos para isso. Isto porque a Netflix adotou um sistema semelhante ao Spotify, que permite o download do conteúdo, porém, o material é criptografado e só pode ser acessado pelo app.

Ou seja, os vídeos baixados pela Netflix não podem ser exportados, nem assistidos em outra plataforma que não seja o próprio serviço de streaming. Desta forma, não há como fazer cópias das produções e distribuí-las ilegalmente. Assim, não há razão para restringir o acesso. Nenhuma empresa sairá prejudicada e quem ganha são os usuários que poderão assistir suas produções prediletas, onde quiserem, sem se preocupar com a conexão da internet. 

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

MAIS SOBRE: #netflix  #offline  #internet  #netflix2017
Comentários
Carregar comentários