Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Qual a melhor câmera? Pegamos os smartphones que estavam disponíveis aqui na redação do Oficina da Net para fazer um breve teste de suas câmeras.

Por | @marciobohrer Smartphones

Você pode estar se perguntando por que raios a gente colocou um smartphone intermediário para competir com um top de linha. A ideia é justamente colocar lado a lado tecnologias e preços diferentes para ver como eles se saem em diferentes tipos de exposições de luz.

Um dos itens mais requisitados pelos consumidores, quando em busca de um novo smartphone, é que o escolhido tenha uma boa câmera, cujas fotografias fiquem nítidas e ricas com cores vibrantes e bem definidas. Com a intenção de colocar à prova a capacidade de trabalho das respectivas câmeras, criamos um cenário simples e testamos os seguintes smartphones:

Xperia Z3+

O Smartphone top de linha produzido pela Sony possui - em tamanho de imagem - uma das câmeras mais potentes do mercado atual, são 20.7 megapixels, ou seja, ele é capaz de produzir fotografias com resolução máxima de até 5248 x 3936 pixels.

A família Xperia foi por um bom tempo soberana no quesito qualidade de câmeras, visto que sua fabricante também comercializa câmeras fotográficas digitais profissionais e também equipamentos de cinema. Confira o review completo do aparelho para ver mais imagens dele.

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Moto G 3ª geração

Retrato de sucesso é quando algo recebe uma terceira edição sem mudanças bruscas, apenas melhorias que faltaram no passado. O Moto G de terceira geração carrega a fama dos seus antecessores como um dos aparelhos mais vendidos do Brasil. O preço subiu e alguns itens mudaram, especialmente no visual. Será que sua câmera está competitiva?

Não esqueça de conferir o Review do Moto G, em texto e vídeo.

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Moto Maxx

O top de linha da Motorola possui a maior câmera entre os smartphones Android que já passaram aqui pela redação do Oficina da Net (21 megapixels). O aparelho parrudão é do ano passado, mas segue sendo um concorrente de peso para ficar com a coroa de melhor smartphone disponível no mercado brasileiro. Veja o Review do Moto Maxx.

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Moto X 2ª geração

Outro representante lançado no ano que se passou, o Moto X de segunda geração permanece bem cotado como ótima relação custo/benefício, isso porque a empresa optou por apresentar duas versões distintas do produto em 2015. O Moto X Play e o Moto X Style ainda não desembarcaram aqui para aparecerem nos testes.

Apesar disso, o representante da familia X possui em sua câmera traseira, 13 megapixels. Qual deles se sai melhor? Veja o Review do Moto X 2 ª geração.

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Zenfone 2

O Smartphone da Asus foi lançado em agosto deste ano, com incríveis 4 GB de memória RAM e uma câmera de 13 megapixels capaz de fazer boas imagens. O produto também possui um excelente modo Manual para que o usuário faça alterações de luminosidade, balanço de branco e ISO. Mas vale lembrar que nos testes usamos apenas o modo automático, ok? Não esqueça de conferir o Review completo do Zenfone 2 aqui.

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Zenfone Selfie

Mesmo fabricado para ser imbatível nas Selfies, como o próprio nome já diz, o Zenfone Selfie possui 13 megapixels tanto na câmera frontal como na traseira. Pensando em uma ótima câmera frontal, a Asus não teria abandonado a capacidade de sua câmera traseira? É o que vamos ver. Veja o review do Zenfone Selfie.

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Os testes

Para realização destes testes colocamos diversos itens sobre uma mesa, além do fundo verde de nosso estúdio. Com este cenário, pudemos testar algumas possibilidades de luz. Dividimos em cinco fases: Boa iluminação, Iluminação parcial, Luz do flash, Profundidade de campo e Selfie.

Teste de profundidade de campo

Antes de ver as imagens, que tal entender melhor o que é profundidade de campo:

A Profundidade de campo é um termo fotográfico que se refere a uma zona de focagem nítida aceitável à frente e atrás do ponto de focagem real. Em termos simples, se focarmos um ponto particular, algumas zonas à frente e atrás deste ponto estarão nítidas. Esta zona é a “profundidade de campo”. - Citação retirada do blog Nikon

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

A Profundidade de campo está diretamente ligada a posição do diafragma. Para entender melhor do que estamos falando, indico que você confira o artigo ao lado sobre fotografia digital. Nele você conhece os principais componentes de uma câmera fotografia digital.

A abertura do diafragma é representada pelos números ‘f’, ou seja, f1.8, f2.0, f2.4 f16, f22, e assim por diante. O LG G4, por exemplo, é um smartphone cuja câmera possui abertura máxima f1.8, uma das mais altas do mercado atual. Isso significa que o G4 pode fazer imagens com o fundo mais desfocado que os outros concorrentes. O Galaxy S6, por outro lado, possui f1.9.

Vejamos então as imagens:

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Análise

Vou aproveitar a posição da imagem para analisar também as características das fotos, onde as câmeras se saíram bem e também onde deixaram a desejar: Podemos notar que o Zenfone 2 retém mais informações de cor que as outras opções, mesmo que o verde esteja extremamente verde, o equilibrio com o azul da faixa no microfone é muito bom. Fato que não ocorre com o Zenfone Selfie, nele a imagem ficou com tons amarelados (envelhecidos). Já o Moto G de terceira geração deixou alguns pixels à mostra, fica mais perceptível no fundo verde. 

O grande destaque fica por conta do Moto Maxx - que preservou melhor todas as informações contidas na imagem (cores, contraste, nitidez, etc). Destaque também para o Moto X de segunda geração pela nitidez do objeto focalizado, no caso, o microfone. Já o Xperia Z3+, que embora não tenha chegado a decepcionar, estourou a luz na parte mais alta do microfone, certamente devido ao metal.

Falando da profundidade de campo, não há como dizer que uma abertura é melhor que a outra, já que existem momentos adequados para o uso de cada possibilidade. Nas imagens é possível notar que todos os smartphones contém uma boa diferença de focagem entre a cabeça do microfone e a espura que a protege (sobre a mesa). 

Boa iluminação

Neste caso, utilizamos a luz fluorecente vinda de cima, pelas calhas de iluminação, mais dois refletores incandescêntes nos dois lados da sala. Toda essa iluminação ficou indireta, ou seja, não teve influência direta sobre os objetos, apenas fez o serviço de iluminar a sala.

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Análise

Fácil perceber que a iluminação indireta, ou seja, neste caso, com direção difundida para iluminar o ambiente, prejudicou a visualização de pontos onde o preto é a cor dominante (ex: lente das câmeras e espuma dos microfones). No entanto, em dois smartphones - Moto X 2ª e Moto Maxx - você consegue visualizar até o fundo verde (na Nikon - esquerda) e parte do braço do modelo Maxi (na Canon - centro) através da abertura do diafragma de cada câmera. 

Destaque positivo para o Moto X 2ª por conseguir acompanhar quase de igual para igual seu irmão mais velho, o Moto Maxx. O Xperia Z3+ também merece destaque pela fidelidade com as cores expostas, embora possua um pouco mais de contraste em relação ao outros dois citados acima. Zenfone 2 fez trabalho muito semelhante ao Z3+ neste caso.

Zenfone Selfie e o Moto G 3ª tiveram o resultado menos satisfatório. O primeiro segue com coloração amarelada e o segundo ficou com elementos em cores opacas e sem vida.

Iluminação parcial

Agora com as luzes totalmente desligadas, porém com a porta aberta, de onde vem grande incidência de luz natural, pudemos ver os pixels trabalhando, ou melhor, a câmera se esforçando para captar a maior quantidade de luz possível. Acompanhe:

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Análise

A falta de iluminação compromete a grande maioria das câmeras para smartphones e não só do mercado mobile, como qualquer câmera fotográfica. Neste teste dá para notar que o modo automático das câmeras acabou estourando o ponto mais forte de luz para tentar equilibrar a luminosidade nos pontos menos favorecidos. A imagem que ficou pior foi a do Moto G 3ª - que além de não conseguir equilibrar a luz para o canto direito, deixou belos e enormes pixels na imagem.

Grande destaque para o Xperia Z3+ que destoou completamente dos concorrentes neste quesito. Apresentou a foto mais bem distribuida, embora tenha estourado o branco em outros pontos de luz (rosto, braço e mão do Max, além da caixa do canto esquerdo). Mesmo assim é a única câmera que nos permitiu visualizar todos os elementos do cenário com certa tranquilidade.

Flash

Para este teste, desligamos todas as luzes e trabalhamos apenas com a iluminação gerada pelo flash LED de cada smartphone. Acompanhe:

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Análise

Se você já leu o artigo sobre dicas de fotografia para smartphones, leu sobre a recomendação de evitar o uso do flash em suas fotos. Se você ainda não acessou, clica no relacionado ao lado. Bom, o flash oferecido pela Asus contém doid LEDs, um deles com luz branca (cor fria) e outro amerelado (cor quente). No Zenfone 2 podemos notar que a influência do da cor quente sobre a imagem - fato que não ocorre com o Zenfone Selfie.

O Moto Maxx é smartphone que teve a menor iluminação do teste, embora a a definição da imagem tenha ficado ótima. Fiz um rápido teste aqui e você pode facilmente jogar a foto em algum editor e corrigir a falta de luz. Já o Xperia Z3+ foi o que conseguiu definir melhor os objetos focalizados.

Selfie

Por fim, uma selfie tirada com cada um dos aparelhos, na mesma posição, para ver questão de angulação e definição das imagens. Qual será que possui a melhor 'autofotografia'?

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Teste de câmeras (Z3+, Moto G 3, Moto Maxx, Moto X 2, Zenfone 2 e Zenfone selfie)

Análise

A grande diferença entre as selfies é mesmo o ângulo das câmeras. Nos modelos da Asus, podemos ver que a imagem abrange uma angulação maior, cabendo mais espaço na dos lados. Com relação à qualidade das imagens, você pode notar que em todas as fotos, o resultado é satisfatório, pontos fortes para um lado, negativos para outro, mas satisfatório. Claro que vemos mais nitidez com Xperia Z3+, também mais iluminação. O contraste do Moto X 2ª também merece destaque pelo bom contraste. E me diga você: Há diferença entre a foto do Zenfone 2 e o Zenfone Selfie?

Conclusão

No início deste artigo já destaquei que usamos os smartphones que estavam disponíveis aqui na redação para fazer um compartivo de suas respectivas câmeras. Depois de tudo isso deu para constatar que - pelo menos com estes modelos - eles criam boas imagens e não houve um vencedor absoluto ou ainda, um perdedor fracassado. Talvez Xperia Z3+ e Moto Maxx tenham se saído pouco melhor em alguns quesitos, mas certamente deixaram a desejar em outros. 

Então quero dizer que tanto faz a câmera que você comprar? Claro que não. Apenas reforço que você não precisa se degladear com os concorrentes amigos para ter as melhores fotos, afinal, o que deixa uma foto realmente bonita e bem produzida, é você! 

Hey! Vem pra discussão e deixe sua opinião nos comentários.

Mais sobre: mobile fotografia camera
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo