IBM encontra solução para os erros em processadores quânticos

Publicação recente do The Wall Street Journal informa que pesquisadores da IBM desenvolveram um protótipo que poderá se tornar a base de computadores quânticos.

Por | @oficinadanet Hardware

O protótipo nada mais é que um conjunto composto por quatro dispositivos de supercondutores denominados de "qubits", que servem para verificar os erros críticos que tornam a construção de outros chips quânticos tão complicados.

Vale lembrar que processadores alternativos, como os de chips quânticos estão a cada dia se tornando mais importantes no mercado. Para o diretor da IBM Research, Supratik Guja, a "LEI DE MOORE"  vai chegar ao sei fim na próxima década, onde ele ainda acredita que quando isso realmente ocorrer, as fabricantes de computadores terão que encontrar uma nova maneira de entregar os ganhos de desempenho que tem alimentado seu crescimento nos últimos 50 anos.

No último ano, a equipe de pesquisa da companhia em questão já havia construído outro circuito capaz de detectar o qubit defeituoso, mas era nesse ponto que residia o problema, pois a maioria dos erros acontecia quando um qubit estava nos dois dígitos, ou seja, eles podiam voltar a ser apenas um 0 ou 1, desacelerando a computação; mesmo existindo técnicas que localizavam esse erros, até o momento era impossível detectá-los ao mesmo tempo e na computação quântica não pode existir erros.

IBM encontra solução para os erros em processadores quânticos

Mas agora parece que a equipe da IBM conseguiu encontrar o problema, criando um sistema que detecta o qubit defeituoso, usando dois parâmetros diferentes para encontrar bit flips ou phase flips e ainda descobriram um novo método capaz de corrigir automaticamente a informação defeituosa.

Leia também:

Para os pesquisadores da companhia, isso poderá ser tornar realidade em pouco tempo, pois tudo indica que uma máquina será capaz de calcular centenas de qubits; hoje ninguém sabe informar quanto tempo consumiria para máquinas quânticas substituírem os computadores convencionais e se isso um dia realmente poderá ocorrer, mas tudo indica que o caminho para a mudança está próximo, quem sabe daqui a uns 5 ou 10 anos.

As últimas informações sobre tecnologia quântica informam que empresas como o Google e a D-Wave, já estão construindo suas tecnologias próprias, com desempenho, poder e capacidade superiores em comparação aos PCs comuns.

Com informações do itforum365.

Mais sobre: hardware, IBM, Tecnologia
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.