Gravar um arquivo de texto com Action Script 3.0

Esta funcionalidade foi historicamente uma das mais utilizadas pelos desenvolvedores da plataforma Flash. É certo que até o Flash Player 5 podia ser empregado o fscommand para escrever um arquivo de texto no computador do usuário, contudo, o conteúdo deste arquivo eram todas as variáveis presentes durante a execução do filme, coisa pouco útil. Por motivos de segurança esta opção foi eliminada no player a partir da versão 6.

Por | @jonathanlamimkt Softwares
Esta funcionalidade foi historicamente uma das mais utilizadas pelos desenvolvedores da plataforma Flash. É certo que até o Flash Player 5 podia ser empregado o fscommand para escrever um arquivo de texto no computador do usuário, contudo, o conteúdo deste arquivo eram todas as variáveis presentes durante a execução do filme, coisa pouco útil. Por motivos de segurança esta opção foi eliminada no player a partir da versão 6.

Desde o surgimento do Flash Player 10, a classe FileReference foi ampliada com o método save(), que permite gravar o conteúdo no HD do usuário. Este método recebe dois parâmetros, o primeiro indica o que será armazenado e o segundo o nome do arquivo padrão (logo na caixa de diálogo de download o usuário poderá subtituí-lo). Se o primeiro valor é uma cadeia de texto, o arquivo gravado será um arquivo de texto com codificação UTF-8 cujo conteúdo é o valor da cadeia de texto.

Exemplo:
//com esta sentença mostramos a caixa de diálogo para guardar um arquivo de texto com o texto Olá mundo!
var ff:FileReference = newFileReference();
ff.save(”Olá mundo!”, “ola.txt”);

Mais sobre: flash action script programação
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo