WhatsApp: prazo para aceitar os novos termos de uso está acabando

O WhatsApp atualizou os seus termos de uso no começo deste ano, mas precisou adiar o início do vigor por conta da repercussão negativa; agora o prazo está acabando e você precisará decidir entre o sim e o não.

O prazo para os novos termos de uso do WhatsApp começar a valer está perto de acabar. (Imagem: Oficina da Net)
O prazo para os novos termos de uso do WhatsApp começar a valer está perto de acabar. (Imagem: Oficina da Net)

A chegada dos novos termos de uso do WhatsApp foi um dos assuntos mais comentados durante o primeiro trimestre do ano. Após a grande polêmica que chegou a adiar o prazo para o público decidir se aceitará ou não a nova política de privacidade, está agora perto de acabar. O novo prazo estabelecido pela rede social termina no dia 15 de maio, e aqueles que não concordarem com a atualização dos termos terão suas contas com funcionalidades limitadas.

Se você decidiu não aceitar os novos termos de privacidade do WhatsApp que têm como maior polêmica o compartilhamento de dados com o Facebook, os desenvolvedores informam que sua conta não será excluída. Porém, o uso de todas as funções que o mensageiro verde disponibiliza terá sua utilização de forma limitada por algum até que sejam de fato erradicadas do seu perfil.

A nota oficial, a rede social diz;

"Por um curto período de tempo, você poderá receber chamadas e notificações, mas não poderá ler e enviar mensagens no app", explicou a companhia.

Leia também:

Por que tanta polêmica?

A mudança foi anunciada no dia 6 de janeiro e tinha previsão para entrar em vigor em 8 de fevereiro. Porém, esse prazo precisou ser adiado por conta da obrigatoriedade do compartilhamento de dados do WhatsApp com o Facebook, empresa detentora dos direitos do mensageiro. A partir daí, a polêmica tomou conta das redes sociais, noticiários de televisão e jornais da Europa e Estados Unidos.

A repercussão foi tão negativa, que a empresa precisou criar campanhas para explicar o que realmente estava envolvido nessas mudanças e o quão comprometido estaria a integridade dos perfis dos usuários na rede social.

Embora esteja descrito de forma explícita que os dados de seus usuários seriam compartilhadas com as outras plataformas de seu universo, como Facebook, Messenger e Instagram, o WhatsApp deixou claro que as conversas continuariam com a mesma segurança de sempre, com criptografia de ponta a ponta, o que significa que Mark Zuckerberg e nem ninguém pode ver o que você conversa com seus contatos.

Afinal, o que muda?

De forma mais clara e abrangente, o WhatsApp explicou que as suas novas regras de uso afetarão apenas os dados gerados em interações com perfis comerciais, como as contas de lojas que atendem pela plataforma. Esse tipo de compartilhamento de dados servirá para formar um melhor direcionamento de anúncios nessas outras redes sociais, como Facebook e Instagram.

Assim, o mensageiro verde afirma que nada do seu perfil será divulgado, como o número de telefone, foto do perfil e assim por diante, apenas os dados de conversas com empresas, se você decidir aceitar essas condições.

Tech Mobile: Inscreva-se!

O nosso novo canal de smartphones surgiu, veja o que preparamos para você que gosta de celulares!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário