Tudo sobre o realme 8 Pro; confira ficha técnica, comparativo e preço

O que o realme 8 Pro tem a oferecer, e quais são as novidades em relação ao seu antecessor? Se liga no artigo e confira todos os detalhes!

Confira todos os detalhes do realme 8 Pro. (Imagem: Oficina da Net)
Confira todos os detalhes do realme 8 Pro. (Imagem: Oficina da Net)

O realme 8 e realme 8 Pro foram anunciados pela fabricante chinesa há uma semana, e chegam como modelos de smartphones de nível intermediário, porém, com design reformulado e especificações poderosas em alguns aspectos. Neste artigo vamos dar uma olhada mais atenta à versão mais robusta da linha, modelo que deve disputar mercado com outras poderosas fabricantes da China, como a Xiaomi que anunciou recentemente o Redmi Note 10 Pro, por exemplo.

Essa análise minuciosa pode nos dar a chance de conhecer todos os pontos fortes do aparelho e tudo o que ele pode nos oferecer. Isso é ainda mais relevante agora, já que ontem (31), o aparelho foi visto recebendo a homologação da Anatel, o que deve culminar no lançamento oficial do realme 8 Pro em terras tupiniquins. Mas se você também quiser importar, confira a nossa dica com um desconto exclusivo no finalzinho deste artigo.

Sem mais delongas, vamos conferir de perto tudo o que o realme 8 Pro tem a oferecer!

Design e construção

Realme 8 Pro exibe um módulo de câmeras em formato cooktop. (Imagem: realme / Reprodução)
Realme 8 Pro exibe um módulo de câmeras em formato cooktop. (Imagem: realme / Reprodução)

Logo de cara, o primeiro ponto que analisamos do aparelho é o seu visual, que por sinal é bem simples, e com acabamento feito totalmente de plástico. Esse não pode ser encarado como um ponto ruim, apenas é uma questão de preferência e segue o que tem sido feito de forma tradicional pelas grandes fabricantes Samsung e Motorola no lançamento de seus aparelhos mais recentes, por exemplo.

O seu formato compacto o deixa com um visual e tamanho bem parecido do seu antecessor, com poucas bordas e medidas de 160.59 x 73.85 x 8.12. Inclusive ele é mais leve que o realme 7 Pro, já que tem um peso de 176 gramas contra 182 de seu antecessor.

Na parte traseira percebemos a presença de um módulo de câmeras no formato quadrado e organizadas em cooktop, com uma base preto mais saliente onde ficam posicionados os os quatro sensores e um espaço menor logo abaixo para abrigar o flash LED e a inscrição que destaca a qualidade da câmera com os dizeres "108 megapixels".

Além disso, a realme manteve o slogan DARE TO LEAP que fica estampado em destaque na traseira com um efeito espelhado bem legal à medida que a luz reflete no dispositivo.

Tela

Falando agora da parte frontal do aparelho, podemos perceber uma tela Super AMOLED de 6,4 polegadas com resolução Full HD, mas sem grandes aprimoramentos no display, o que pode causar um certo desapontamento quando comparado com o seu antecessor. A fabricante manteve o leitor de impressões digitais sendo integrado na tela, aprimorou o nível de brilho máximo alcançado, além de outros ajustes na reprodução de cores, e travou a taxa de atualização em 60Hz.

Apesar dessa geração do aparelho não apresentar muitas melhorias, podemos definir que a qualidade da tela é boa, tem cores vivas e com reprodução fluídas, mas não entrega baixa latência em jogos devido aos recursos de atualização estagnados.

Hardware

Agora a parte confusa está nas especificações técnicas. Apesar de ser vendido como uma nova geração de da linha, o realme 8 Pro carrega praticamente as mesmas configurações do seu antecessor. Isso significa que temos o processador Snapdragon 720G com opções de 6 ou 8GB de RAM mais 128GB de armazenamento interno.

Esse chipset vem sendo utilizado pela empresa desde o realme 6 Pro, e, teoricamente falando, a lógica seria adotar um novo maestro para comandar o desempenho dos seus aparelhos. Mesmo não havendo muitas opções para a categoria de chips 4G atualmente, inserir o Snapdragon 732G por exemplo, seria uma boa estratégia para concorrer de frente com o Redmi Note 10 Pro que é alimentado por este processador. Essa insistência de chipset repete a postura da LG que mantém o Helio P22 em consecutivas gerações de sua linha de smartphones.

Câmeras

A grande atualização da fabricante chinesa para o realme 8 Pro envolve o pacote de câmeras em sua traseira (pelo menos com a lente principal). O dispositivo conta com o sensor ISOCELL HM2 de 108MP fabricado pela Samsung. Ele possui a tecnologia que utiliza o padrão de 9MP em um para entregar fotos de 12MP com mais qualidade.

A configuração de câmera com 108MP é o grande destaque do realme 8 Pro. (Imagem: realme / Reprodução)
A configuração de câmera com 108MP é o grande destaque do realme 8 Pro. (Imagem: realme / Reprodução)

No demais, os três sensores adicionais consistem em uma ultrawide de 8MP, acompanhados de mais duas de 2MP cada para utilização em macro e captação de profundidade de campo, respectivamente. Todo esse conjunto não deixa escrachado a sua superioridade em relação ao realme 7 Pro, que na prática, também possui um pacote de câmeras bem competente.

Vale lembrar também sobre a câmera frontal, que está inserida em um pequeno furo no canto superior esquerdo da tela, mesma organização encontrada no realme 7 Pro. Essa lente tem resolução de 16MP e suporte para capturar fotos e vídeos no padrão HDR.

Bateria

A bateria também não trouxe nenhuma novidade, pelo menos não em capacidade. Já que o conjunto interno do aparelho é basicamente o mesmo da geração anterior, o realme 8 Pro conta com uma bateria de 4.500 mAh, que promete autonomia por um dia inteiro dependendo do tipo de uso.

Mas quando for necessário recarregar o aparelho é que as coisas voltam a ficar esquisitas. Quando o realme 7 Pro foi lançado, uma das coisas que a fabricante mais destacou foi o suporte para carregamento na potência de 65. Curiosamente, o realme 8 Pro conta com suporte de apenas 50W, mas mantém o carregador de 65W incluso na caixa. Mesmo não fazendo muito sentido, o aparelho pode ser recarregado completamente de 0 a 100% em aproximadamente 54 minutos.

Leia também:

Extras

A realme decidiu não manter o mesmo sistema de alto-falantes do realme 7 Pro, que contava com duas saídas estéreo e que foi tocada para apenas uma saída no realme 8 Pro. Um ponto positivo para quem curte, é a presença do conector P2 para fones de ouvido, mesmo que este acessório não esteja incluso na caixa.

Por fim, o aparelho sai de fábrica rodando o Android 11 sob a interface de usuário proprietária realme UI 2.0. Nesse quesito é possível perceber uma grande melhora já que o visual do sistema ganhou uma repaginada, com o objetivo de entregar uma experiência ainda mais limpa e organizada, coisa que não temos visto com muita frequência no mercado chinês.

Ficha técnica: realme 8 Pro

  • Sistema operacional: realme UI 2.0 e Android 10
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 720G
  • Memória RAM: 6 GB e 8 GB
  • Armazenamento Interno: 128 GB e UFS 2.1
  • Tela - Tipo: Super AMOLED
  • Tela - Tamanho: 6.4
  • Tela - Resolução: 2400 x 1080
  • Câmera principal: 108 MP, f/1.9, 26mm (wide) e PDAF
  • 2ª câmera: 8 MP, f/2.3, (ultrawide)
  • 3ª câmera: 2 MP, f/2.4, (macro)
  • 4ª câmera: 2 MP, f/2.4, (profundidade)
  • Câmera Frontal: 16 MP, f/2.5
  • Bateria: 4500 mAh
  • Carregador: 50W
  • 5G: Não

Realme 8 Pro - Veja aqui a ficha técnica completa

Veredito

Concluindo, o realme 8 Pro é um aparelho interessante, que deve disputar mercado com modelos de grandes fabricantes para esta categoria. O grande problema, na teoria, é que a empresa tem uma janela de lançamentos de 6 meses, isto é, muito curta. Com isso, poucas novidades relevantes podem ser desenvolvidas e aproveitadas em seus lançamentos como a ausência de um sistema de som estéreo, recarga mais fraca e uma tela que seja eficiente para jogos.

À medida que seu lançamento no Brasil se aproxima, poderemos finalmente testar o produto para tirar melhor as nossas conclusões. As suas características precisam ser devidamente exploradas para conseguirmos apontar os grandes pontos fortes do aparelho na prática. A realme agendou um evento para o público brasileiro para a próxima terça-feira, dia 6 abril - será que teremos uma surpresa?

Atualmente, ele está disponível apenas no mercado chinês com a faixa de preço equivalente de R$ 1.500 a R$ 1.845.

Quer importar? Se liga no desconto!

De qualquer forma, se você tem interesse em testar o produto e quer importar o realme 8 Pro agora, a marca nos concedeu um desconto ao comprar pelo site do AliExpress.

Para acessar (clique neste link) e use o código de cupom promocional: NUNOAGRM8.

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário