[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

Confira a nossa análise de um dos últimos fones da Cooler Master, o MasterPulse Pro.

Por | @grasiel_grasel Periféricos

Como eu já havia falado anteriormente, no review do HyperX Cloud, minha experiência inicial com headsets gamers não é nada boa, portanto, sempre será bastante difícil falar destes produtos sem ser o mais crítico possível, afinal, quero realmente que o mercado de fones “gamers” melhorem o seu padrão de qualidade, que ainda é muito abaixo do aceitável.

Você certamente já deve ter ouvido falar da Cooler Master, principalmente por seus produtos de hardware e provavelmente por seus gabinetes e coolers. Anteriormente a divisão de periféricos da marca era chamada de CM Storm, mas ela foi desligada e agora todos os produtos dela levam o seu nome nos modelos.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

A última linha de produtos lançada pela Cooler Master é a “Master Series”, que conta com diversos tipos de equipamentos gamers, como gabinetes, coolers, fontes de alimentação, mouses, teclados e fones de ouvido. O produto que recebemos para testes dessa vez é o MasterPulse Pro, uma versão 7.1 USB de um headset P2 de mesmo design, mas de preço mais barato.

Produtos antigos da marca, como os da linha Ceres e Sirus, são conhecidos por terem uma qualidade questionável, no entanto, uma nova tendência parece estar surgindo no mercado de fones gamers, principalmente por parte da HyperX, a tendência do investimento em qualidade. Neste review vamos descobrir se a Cooler Master fez um bom trabalho com MasterPulse Pro e resolveu seguir essa “tendência”.

DESIGN

O MasterPulse Pro é um fone bastante bonito, seu design inspirado em headphones me agrada bastante, pois não sou um grande fã de headsets devido aos seus microfones com hastes gigantescas, inclusive, um dos aspectos que me faz gostar dos Clouds da HyperX é o fato deles terem microfone destacável.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

O problema desta escolha de design é que o microfone do headset é absurdamente prejudicado, pois ele fica muito longe da boca e acaba captando muito do som ambiente. Vamos falar mais sobre a qualidade do microfone em outra oportunidade neste review.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

De maneira geral, o fone parece bastante resistente, pois suas hastes de metal se estendem por todo o seu corpo e garantem uma resistência interessante para ele. O único material que aparenta fragilidade maior é do plástico da ear-cup, no entanto, como ele é envolto por metal também, dificilmente você terá problemas como quebras ou rachaduras.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

Algo que pode não agradar alguns usuários é o fato das ear-cups não poderem ser giradas, o que faz com que não seja muito confortável manter ele no pescoço. Essa opção é explicada pela escolha da Cooler Master em manter a haste do fone unida, o que garante uma boa resistência.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

O clamping force do headset é bastante tolerante e, combinado ao conforto excelente das earpads, várias horas de uso continuo são garantidos com o MasterPulse Pro. A headband do fone também é um aspecto positivo dele, pois este tipo ajustável, que não é unido ao arco, pode se acomodar melhor a cabeça do usuário.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

Talvez minha única reclamação relacionada ao conforto do fone é o seu peso de 368g. Embora ele não seja tão pesado, ainda assim é um tanto acima do que costumamos ver em outros produtos do gênero.

A principal aposta da Cooler Master em sua linha de fones é o “Bass FX” que, no caso do MasterPulse Pro e MasterPulse Over-Ear, é uma capa lateral que modifica sua construção de fechada para semiaberta, no entanto, a marca vende o recurso como uma forma de aumentar ou diminuir o bass no fone. A Cooler Master disponibiliza um molde 3D das capas em seu site caso o usuário queira imprimir um modelo personalizado delas. Veremos um pouco mais sobre a eficiência desta funcionalidade mais tarde.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

O cabo do headset é um modelo flat extremamente maleável e muito difícil de enrolar, alguns usuários não gostam muito deste tipo de cabo por ele normalmente apresentar problemas de quebra. Um pouco mais próximo do fone está a placa de áudio 7.1, onde podem ser controlados aspectos como iluminação, volume, ativação do microfone e presets de equalização.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

A iluminação do headset é feita por um LED RGB em cada earcup, no entanto, não é possível configurar nenhum tipo de efeito, a não ser o efeito padrão de transição de cores. Acredito que seria mais interessante termos um software para configurar este e outros aspectos do headset, como uma equalização personalizada.

ESPECIFICAÇÕES

Estas especificações são fornecidas pelo fabricante.

Fone:

  • Drivers de 44mm
  • Frequência de resposta: 20~20,000Hz
  • Impedância: 50Ω
  • Sensibilidade: 118dB ± 3dB (bass on) e 109dB ± 3dB (bass off)
  • Poder máximo de saída: 100mW
  • Tamanho do cabo: 2m
  • Conector USB banhado a ouro

Microfone:

  • Padrão omnidirecional
  • Frequência de resposta: 100~10,000Hz
  • Sensibilidade: -34 ± 3dB (0db = 1V/pa.1KHz)
  • Relação sinal-ruído: 50dB or more

*A Cooler Master não disponibiliza um software para o MasterPulse Pro

CONSTRUÇÃO INTERNA

A placa de som utiliza switches aparentemente bastante genéricos. É nesta parte do fone que acontece a virtualização do som para o efeito 7.1, que é produzido pela controladora. As soldas desta parte do fone não me agradam muito também, principalmente pela visível falta de capricho com cada uma delas.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

Eu levaria mais tempo removendo cola do que realmente fazendo a modificaçãoCheguei a pensar na possibilidade de fazer uma modificação no MasterPulse Pro para deixa-lo com uma construção realmente aberta, mas depois de abri-lo para verificar o que eu deveria fazer para remover esta capa de plástico do fundo e deixar somente a tela de metal, acabei desistindo. A quantidade de cola enfiada na earcup para manter a placa da tela presa é absurda, eu levaria mais tempo removendo cola do que realmente fazendo a modificação, e acredito que ela seria muito benéfica ao fone.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

Prefiro não comentar a respeito dessas soldas

As soldas do driver também não me agradam muito, elas passam a sensação de terem sido feitas de qualquer maneira, como se ninguém fosse se importar com isto ou não fosse importante tomar este cuidado.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

DESEMPENHO

Devo admitir que quanto mais fones recebo para testar, mais vejo o quão difícil é chegar a um veredito justo sobre sua qualidade e desempenho, afinal, boa parte destas avaliações dependem muito da experiência pessoal do usuário e seu histórico com outros produtos. Como fones costumam ser apresentados para um nicho específico, costumo tentar avaliar eles de acordo com o seu público alvo, assim como também tento mostrar para quais tipos de compradores ele pode ser uma boa opção. Tenha isto em mente antes de tirar uma conclusão sobre a minha avaliação.

Em jogos mais competitivos, como Counter-Strike: Global Offensive, minha experiência com o fone foi relativamente tranquila, no entanto,  em alguns casos acabei tendo minha capacidade de identificar a distância e direção dos inimigos prejudicada pelo palco sonoro e imaging fracos do MasterPulse Pro.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

Em jogos mais casuais, como em The Witcher 3: Wild Hunt, posso dizer que pude me divertir um pouco mais, pois efeitos de som ficam mais interessantes com a assinatura sonora do fone da Cooler Master, no entanto, acredito que minha experiência poderia ter sido um pouco melhor se médios e agudos estivessem mais presentes para definir melhor sons ambientes.

Antes de falar sobre a qualidade do áudio em si, devo explicar que existem três níveis de equalização disponíveis no fone, os quais podem ser selecionados por um botão com um LED na placa de áudio. Cada cor do LED representa uma equalização:

  • LED desligado: Áudio original do MasterPulse Pro
  • Vermelho: Boost considerável nos graves
  • Azul: Redução nos médios e agudos quase inexistentes, graves também dão uma leve recuada
  • Rosa: Boost nos médios e agudos, graves dão uma leve recuada

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

Estas especificações de cada equalização são conclusões minhas, testei cada uma delas em diversas músicas e efeitos sonoros para chegar a este resultado, mas não tenho nenhum equipamento para realizar testes técnicos que possam mostrar que minha opinião está correta, assim como também não encontrei nenhum tipo de teste deste gênero na internet para o MasterPulse Pro.

Tendo essas configurações em mente, vou direto para minha percepção de áudio original do headset, de maneira curta e grossa: Graves acentuados com médios e agudos um pouco recuados demais. Como gosto de fones mais neutros, com um equilíbrio maior nas frequências, acho que não é preciso dizer que mantenho o terceiro efeito de equalização que vimos anteriormente ligado o tempo todo, não é mesmo? Inclusive, esta é a melhor opção para jogos em primeira pessoa em que você precisa escutar passos de inimigos.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

Embora possua o efeito 7.1, a Cooler Master não vende o MasterPulse Pro como um headset gamer, portanto, não posso criticá-lo por ter um desempenho ruim em jogos, mas posso dizer que ele possui uma qualidade abaixo do esperado para um produto de uma média de preço de R$500.

Como já falamos em outros reviews e em nosso artigo especial sobre mitos em fones de ouvido, o efeito 7.1 simplesmente não funciona nestes produtos porque ele foi criado para sistemas de áudio mais complexos, os chamados “Home Theaters”, pois sua eficiência depende de espacialidade e distância entre cada fonte de áudio, o que é impossível obter em drivers que estão ao lado do ouvido do usuário.

o Bass FX seria muito mais útil se a construção do fone fosse abertaQuanto à eficiência do efeito Bass FX, posso dizer que este foi outro aspecto que me deixou um pouco chateado. É possível perceber uma pequena diferença na definição dos graves do MasterPulse Pro, mas ela é tão pequena que chega a ser inútil alternar entre as earcups fechadas ou abertas. Acredito que o Bass FX seria muito mais útil se a construção do fone fosse aberta sem as capas, ou seja, com os drivers expostos, sem essa placa de plástico atrás da grade de metal destacada na imagem abaixo.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

Eu cheguei a pensar seriamente em fazer uma modificação no MasterPulse Pro, removendo esta placa de plástico de trás da grade e transformando ele em um fone aberto, no entanto, como vocês viram na sessão “construção interna”, eu descartei essa possibilidade.

Com uma construção aberta no MasterPulse teríamos:

  • Palco sonoro melhor
  • Imaging melhor
  • Melhor fluidez de ondas sonoras, o que melhora a definição das frequências
  • A diferença gerada pelo Bass FX seria maior e provavelmente melhor
  • Maior eficiência em jogos causada por estas modificações

Um fone que utiliza um conceito parecido com o do MasterPulse, mas que aplica ele de maneira muito melhor, é o Monoprice Monolith M560.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

O headset é também um daqueles produtos que investem absurdamente em  amplificação, portanto, tenha certeza de que você não estará com o volume do Windows acima de 50% quando for utilizar o MasterPulse Pro, pois você provavelmente ficará surdo com um simples efeito sonoro. Tenha muito cuidado ao utilizar fones como este, pois volumes muito altos podem realmente prejudicar a sua audição.

Para finalizar, sobre o microfone do headset, um dos seus piores aspectos: Além de ter sido muito mal pensado, ficando em uma posição que o desfavorece completamente, o microfone possui uma qualidade questionável e um chiado bastante chato. Utilizando ele no Teamspeak com amigos, em alguns momentos o microfone era ativado pelo próprio som que o fone reproduzia, pois minha voz ficava tão baixa e aparentemente longe que quase qualquer ruído acabava sendo mais alto que ela.

O microfone era ativado pelo próprio som que o fone reproduzia, pois minha voz ficava tão baixa e aparentemente longe que quase qualquer ruído acabava sendo mais alto que ela.

Confira um teste de áudio do microfone abaixo.

VEREDITO

O esforço da Cooler Master em oferecer produtos de alta qualidade com sua nova série “Master” é bastante visível, ela se dá bem em todos os aspectos que uma marca relativamente nova deveria, como construção e conforto, mas vai mal no quesito que só as marcas mais experientes do mercado sabem trabalhar: a qualidade de áudio.

[VÍDEO] Review: Headset Cooler Master MasterPulse Pro

Os problemas de qualidade e definição causados pela placa de áudio ruim não existem na versão mais simples do MasterPulse, portanto, se você gostou das características deste fone, ela talvez seja uma escolha melhor do que o MasterPulse Pro, afinal, além de ser livre destas imperfeições, ela também possui uma conexão P2 que facilita uma equalização personalizada na sua placa mãe (ou placa de áudio dedicada se você tiver uma).

Se você está procurando por um bom fone para jogar, acredito que existam opções melhores que o MasterPulse Pro no mercado, no entanto, se você quer um headset para ouvir música eletrônica e conversar com amigos em programas como o Skype, posso dizer que o este é sim um produto recomendável.

Notas

  • 0 4 6 8 10
  • Conforto
  • Qualidade sonora
  • Qualidade da construção
  • Palco Sonoro
  • Imaging
  • Material das Earpads
em nosso ranking
Comparar
  • Corsair VOID Wireless
  • Cooler Master MasterPulse Pro
  • OEX Hs206
COMPARAR

Mais sobre: headsets fones perifericos
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter