Review: Headset OEX Hs206

Confira a nossa análise do fone OEX Hs206, um produto de baixo custo com propostas indefinidas.

Por | @grasiel_grasel Periféricos

A NewEx é uma empresa brasileira criada em abril de 2015 com o intuito de trazer produtos de tecnologia para o país, sendo uma de suas marcas a OEX, que surgiu para oferecer periféricos e acessórios para computadores e smartphones. A OEX ainda é pouquíssima conhecida até mesmo pelos brasileiros, principalmente pela baixa presença nas principais lojas online do Brasil.

Você não acreditaria se soubesse a quantidade de marcas de periféricos que surgem diariamente e, como você deve imaginar, uma quantidade muito pequena delas já nasce com o capital necessário para ter máquinas para produzir os seus próprios produtos, levando a maioria delas para uma opção mais barata, mas bastante arriscada: A remarcação.

O OEX Hs206 é um headset anunciado pela OEX em novembro do ano passado e, embora alguns veículos de notícias da internet o apresentem como um produto novo da marca, na verdade ele é um modelo chinês já vendido a um bom tempo por outras empresas, como o Favix B10 ou BOAS BQ 9700, que são absolutamente o mesmo headset, mudando apenas alguns aspectos como leds e a placa usb do cabo.

Review: Headset OEX Hs206
Uma das remarcações deste modelo, o Favix B10

Antes de começarmos com o review, gostaria de deixar algo bem claro: Assim como fiz no review do Hawkon Juggernaut, não vou “pegar leve” pela empresa ser nova e visivelmente ainda não saber como oferecer produtos de real qualidade, mas também espero que ela leve todas as críticas feitas como ideias para que ela mesma melhore. Não sei o quão difícil é criar uma nova marca do 0, e é por isto que não me vejo no direito de criticar a NewEx, mas também não vejo motivos para não criticar os seus produtos.

Em questões de design o Hs206 não parece nada promissor, ele é feito totalmente em plástico e suas espumas são cobertas por courino, tanto da headband quanto das earpads, um material que costuma desgastar e descascar com facilidade. Não poderíamos esperar nada mais de um produto tão barato, infelizmente. O headset não passa nenhuma segurança com o seu material visivelmente frágil, o que é um problema caso você esteja procurando por um produto que seja durável.

Na cabeça o fone até que é confortável, ele praticamente não tem clamping e provavelmente não causará desconforto a nenhum jogador, pelo menos enquanto suas earpads estiverem inteiras.

Review: Headset OEX Hs206

Os níveis de expansão do Hs206 são satisfatórios, mas eles são pouco definidos e podem soltar com facilidade, principalmente depois de um certo tempo de uso, o que significa que de vez em quando é provável que a haste fique expandindo sozinha.

Review: Headset OEX Hs206

O microfone do headset também não foi muito bem projetado, ele é pequeno e fica a um ângulo de pouco mais de 90º em relação à earcup, o que o deixa muito longe da boca e só piora o fato dele ter uma qualidade e sensibilidade muito ruins, ao ponto de mais atrapalhar na comunicação de uma partida competitiva do que ajudar, caso você não esteja utilizando push to talk e tenha a certeza de que terá que falar alto para seus amigos te entenderem.

Atenção: Estas especificações são fornecidas pelo fabricante.

  • Drivers de 40mm
  • Impedância: 32Ω
  • Sensibilidade: 101db ± 3db
  • Resposta de frequência:  20~20.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: -58dB ± 3dB
  • Microfone condensador ajustável
  • Controlador de volume e de microfone
  • Conexão USB

O OEX Hs206 é um daqueles fones de baixo custo lançados no mercado para simplesmente servirem como uma fonte de áudio para algum usuário que desesperadamente precisa de um produto, que não tem paciência para juntar algumas dezenas de reais a mais para poder comprar algo com o mínimo de qualidade. É claro que o produto não seria vendido desta maneira, mas este é realmente o propósito e a única chance de vendas que um fone como este tem no mercado, afinal, ele não apresenta o mínimo de qualidade em nenhum quesito, nem no seu microfone.

É extremamente engraçado ver usuários reclamando na internet sobre como o fone da Multilaser terrível deles é tão escrachado na comunidade entusiasta de periféricos, afinal, se ele consegue ouvir de qual lado os passos do inimigo estão vindo em um FPS, o fone é excelente, não é mesmo? Não, não é. É óbvio que você consegue distinguir de qual lado estão vindo os passos do seu inimigo com um fone de ouvido deste nível, afinal, ele não é MONO!

Review: Headset OEX Hs206

A diferença que tentamos mostrar para usuários sem experiência que chegam no grupo Periféricos High End, do Facebook, é que uma boa qualidade de áudio permite que o usuário perceba algo além de sons que venham do canal esquerdo ou direito do fone, apresentando os conceitos de profundidade e imersão (imaging e palco sonoro), que permitem que seja mais nítida a definição de uma posição exata de inimigos, fornecendo sons que definem a distância e a angulação de onde ele está.

Testando o Hs206, eu sinceramente não consegui encontrar um propósito para o fone. A qualidade sonora em si é extremamente baixa, um chiado no fundo é constantemente perceptível, e mesmo em momentos de silêncio em músicas é possível ouvi-lo.

Review: Headset OEX Hs206

Eu poderia dizer que o Hs206 segue o padrão dos headsets “gamers” do mercado, abusando de frequências mais baixas e oferecendo mais graves do que deveria, o que na teoria deixaria o áudio mais “legal” e melhoraria a sua experiência em músicas eletrônicas, mas nem mesmo neste gênero o fone se dá bem, a qualidade de áudio é tão baixa que nem aqui ele é capaz de se destacar.

Ao jogar utilizando o headset da OEX pude ver quão enganados estão os usuários que acreditam que não vale a pena investir em periféricos de qualidade. Por ter uma construção fechada o palco sonoro do fone já seria diminuído, o problema é que ele realmente não apresenta nenhum palco sonoro, não existe nenhum tipo de definição de imaging a não ser o padrão de drivers estéreo, com um áudio que só define sons frontais, traseiros e laterais.

Review: Headset OEX Hs206

Como se já não bastasse, o Hs206 possui outro problema MUITO sério: o seu volume. Por algum motivo não explicado pela humanidade, os fabricantes do fone acharam que seria uma boa ideia aplicar uma sensibilidade tão absurda aos drivers que é ensurdecedor tentar ouvir qualquer música em níveis acima de 60%. Para falar a verdade, qualquer ser do universo que consiga utilizar o fone acima de 60% de sua capacidade de volume por pelo menos 30 segundos merece um prêmio, ou um par de aparelhos auditivos novos.

Nem o microfone se salva nessa história, ele possui um chiado bastante audível e, como ele fica muito longe da boca, o volume da voz do usuário fica bastante baixo. No fim das contas, o chiado é tão alto e a captação da voz é tão baixa que fica difícil manter uma comunicação de qualidade com a sua equipe em uma partida competitiva em um jogo. É claro que você pode encontrar uma configuração de qualidade para poder jogar com os amigos decentemente, mas, boa sorte com isso.

Qualidade sonora ruim (mesmo para um fone da sua faixa de preço), volume doentio, microfone ruim e absolutamente nenhum objetivo definido,  isto resume o OEX Hs206, que infelizmente é um modelos de remarcação chinesa mais usado por novas empresas que estão entrando no ramo de periféricos.

Review: Headset OEX Hs206

Imagine o sonho que seria se uma dessas pequenas empresas investissem em uma remarcação de um fone como os da Takstar, que é uma empresa com produtos de qualidade muito aberta à remarcações. Por mais que o fone provavelmente não chegaria ao mercado brasileiro por um preço tão baixo, ele certamente seria tão competitivo quando os produtos de grandes empresas que investem em remarcações de produtos de má qualidade, e a marca que faria este investimento certamente teria o nosso apoio e divulgação, pois, uma raridade como esta mereceria ser valorizada no mercado brasileiro.

Depois de tudo o que você leu aqui, não é preciso falar que não considero uma boa escolha você investir em um fone como o OEX Hs206, o Favix B10, BOAS BQ 9700 ou qualquer outra remarcação deste modelo. A não ser que você definitivamente não tenha como aumentar seu orçamento para cerca de R$160 em um Arcano SHP80 ou um Superlux HD681 e esteja desesperado por um HEADSET, só então um fone como este pode ser uma escolha menos horrível.

Notas

  • 0 4 6 8 10
  • Conforto
  • Qualidade sonora
  • Qualidade da construção
  • Palco Sonoro
  • Imaging
  • Material das Earpads
em nosso ranking
Comparar
  • Corsair VOID Wireless
  • Cooler Master MasterPulse Pro
  • OEX Hs206
COMPARAR

Mais sobre: headset OEX Hs206
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar