Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Confira a nossa análise do Ducky One com switch Cherry Mx Blue de iluminação/transparência azul, um dos melhores teclados mecânicos intermediários do mundo?

Por | @grasiel_grasel Periféricos

Referência mundial na produção de teclados mecânicos, a Ducky Channel é uma empresa taiwanesa/chinesa que tem como foco a perfeição no desenvolvimento de todos seus periféricos (não apenas os teclados). Digo isto porque, caso você ainda não tenha visto, publicamos um review do Ducky Secret, o primeiro mouse da marca do pato.

Em um primeiro momento você pode estar me considerando um otário por falar que uma marca que mal chegou no Brasil é referência mundial. Bom, na verdade ela é sim, você que nunca ouviu falar dela já que o investimento em marketing da Ducky é quase nulo. Ela é conhecida na Europa e na Ásia “apenas” por ter inspirado grandes nomes como a Razer ou a Corsair no desenvolvimento de seus teclados mecânicos, que basicamente “copiaram” boa parte dos efeitos de iluminação criados pela taiwanesa.

O Ducky One é um dos teclados “intermediários” da Ducky, ele faz parte de uma espécie de linha sucessora da qual conhecemos como linha Zero, que é focada no custo x benefício. A principal linha da marca, a qual pertencem os prováveis melhores teclados do mundo é a Shine, que possui produtos absurdamente bem construídos e com os melhores componentes disponíveis no mercado. É bastante provável que em breve receberemos um Shine 5 para testes.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Uma das principais características da Ducky é a simplicidade no design de seus produtos, e sinceramente, você pode até preferir produtos cheios de cortes, curvas e acessórios, mas nada se compara a ter algo compacto, limpo e bonito como um Ducky One. A carcaça azul semitransparente dá um visual incrível ao teclado, principalmente para quem é entusiasta e gosta de ver o que os periféricos possuem por baixo do plástico (meu caso, é claro).

Existem cinco versões diferentes do Ducky One, a preta, uma verde, outra laranja, a rosa e, claro, a que testamos neste review, a azul. Cada uma destas versões possui iluminações de cores diferentes, assim como todas possuem switches variados, portanto, sempre verifique a descrição da versão que você estiver comprando para escolher a que você achar mais bonita e com o switch que mais lhe agrada. Vamos falar sobre os switches mais tarde.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

O Ducky One é um teclado full-size, ou seja, ele possui numérico, teclas de função e navegação. Ele é ANSI, também conhecido como layout americano, e como é de costume no mercado de teclados mecânicos, não possui uma versão com layout ABNT, portanto, para utilizar caracteres como o “Ç”, você precisa pressionar a tecla de acento agudo “ ´ “, e em seguida a tecla “C”, tudo isso com o idioma Inglês Internacional instalado no Windows.

Antes de você fechar o review por não aceitar um teclado que não seja ABNT, me permita te explicar uma coisa: São pouquíssimos os teclados mecânicos ABNT disponíveis no mercado Brasileiro. Produzir um teclado com layout diferente do ANSI (que é quase um layout mundial) não é fácil, é preciso mudar os padrões de produção, os equipamentos e modificar a PCB, tornando essa opção praticamente inviável para a marca, que provavelmente venderá pouco e não cobrirá o valor das mudanças de maquinário do fabricante. A única opção seria trabalhar com outra fabricante que já tenha produzido teclados ABNT, como a SQT e a Mototech, mas aí vai depender de a marca decidir se vale a pena apostar em uma fabricante diferente da qual ela já trabalha a anos.

Bom, vamos falar sobre as keycaps do Ducky One, mas antes disso, permita-me explicar algumas coisas que acabei deixando passar no review do Strafe RGB. Quando avaliamos uma keycap, é preciso levar em consideração dois aspectos importantíssimos: o material utilizado e a inscrição (a pintura).

Existem dois tipos de impressão para keycaps de teclados que possuem iluminação:

- A Laser, na qual uma tecla transluzente recebe uma camada de tinta preta que depois é removida por laser na área onde ficará a indicação do caractere (ou do símbolo se for uma customizada).

O grande problema deste tipo de keycap é que, depois de alguns meses, é comum que a tinta comece a desgastar, muitas vezes prejudicando até mesmo o reconhecimento da tecla que você estará pressionando. Veja na imagem de exemplo abaixo como o resultado é horrível.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

- Double-Shot, na qual duas peças de plástico são prensadas em uma única keycap. Um molde transluzente com a indicação do caractere da tecla recebe uma camada de plástico preto sobre ela, que é fixado com uma prensa aquecida, juntando as duas partes em uma só keycap.

Justamente por não depender de uma simples camada de tinta, essas keycaps são infinitamente mais duráveis do que as impressas a laser, sem contar com o fato de que elas são compostas por duas camadas de plástico, o que ainda garante uma dureza muito maior.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?
Créditos da imagem ao usuário ripster55 do Reddit

Abaixo você pode conferir como é um molde da keycap antes dela receber a camada de plástico preta.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

As keycaps do Ducky One são feitas em plástico ABS e impressas em Double-Shot, o melhor material e a melhor impressão atualmente disponíveis no mercado, ficando atrás somente do PBT (são poucos os teclados que utilizam keycaps com este material), simplesmente excelente. Para finalizar o assunto, vale a pena citar que, juntamente com o teclado, você recebe um remover de keycaps estilizado com a marca do pato nele. QUE BONITINHO VÉI!

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

O Ducky One não possui nenhum apoio de pulso, o que não é nenhum problema, pois caso você goste de utilizar um, a Ducky também vende o DK-Wristpad separadamente, um descanso bastante interessante que parece ser bem confortável.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Os pés do teclado são de plástico com um apoio emborrachado que garante mais aderência, eles possuem dois níveis que pode elevar a parte superior e deixa-lo em um ângulo que possa ser mais agradável ao usuário.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

As especificações são fornecidas pelo fabricante:

  • Modelo: DKON1508S
  • Switch: Cherry MX Blue 
  • Interface: USB 2.0 
  • Sistema anti-ghosting: USB N-Key Rollover (NKRO) 
  • LED: LED de cor única 
  • Material da Keycap: ABS
  • Impressão de legenda: Double-shot 
  • Dimensões: 440 x 140 x 41 mm 
  • Peso: 1.3kg
  • Gravação de macros Ducky Macro V1.5
  • Taxa de atualização de 1000Hz

A Ducky não disponibiliza software de controle para os seus periféricos.

É interessante como muitos usuários levam como um ponto determinante na compra de um periférico “gamer” a existência de um software. A Ducky é uma das poucas que opta por não investir em um programa que facilite a utilização de seus recursos, mas, para falar a verdade, ela nem precisa.

Um comentário que ouvi mais de uma vez aqui na redação do Oficina da Net foi “caramba, parece ser um teclado muito simples para ser gamer”, e ele parece mesmo, mas a quantidade de recursos dele é absurda:

  • 6 perfis para a criação e configuração de macros
  • Controle de intervalo de macros
  • Modo Turbo (o teclado reproduz repetidas vezes a mesma tecla)
  • Controle da taxa de atualização
  • 6 perfis de iluminação (um deles sendo o modo off)
  • Criação de zonas de iluminação
  • Função Mouse (você pode mover o cursor com as teclas)
  • Modo Demonstração (somente a iluminação do teclado funciona)

E sim, você configura todos estes recursos pressionando algum conjunto de teclas. Eles podem não parecer muito úteis (assim como quase todos os recursos extras de qualquer teclado), no entanto, sempre existe algum usuário que gosta de facilitar sua utilização com eles.

O Ducky One, assim como todos os produtos da Ducky Channel, tem uma qualidade de construção interna simplesmente absurda. É visível que os produtos da marca são projetados para durar, e isso é um ponto determinante que muitos consumidores costumam não se preocupar em pesquisar, afinal, ”sendo bonito por fora e tendo RGB, o que mais ele precisa? ”.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

As soldas são absolutamente perfeitas.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

O conector é bastante seguro, e isso não apenas pelos cabos utilizarem uma boa conexão dos fios com a PCB como na imagem abaixo.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Mas também pelo conector Micro-USB ser removível e a sua blindagem ser simplesmente perfeita. É sério, você precisa se esforçar MUITO para ter problemas com o cabo dos teclados da Ducky.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Os leds do One talvez sejam um dos únicos pontos que poderiam ser melhorados, afinal, nada se compara à qualidade de um LED SMD.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Ah, e não querendo ser chato, mas existe mais um problema quanto à iluminação: Leds convencionais azuis costumam apresentar problemas com uma facilidade muito maior do que outras cores.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Felizmente, a imagem acima não é do exemplar que recebemos para este review, mas sim de um lote inicial que recebeu um recall para efetuar a troca deles. De acordo com o usuário “Lepidus” do fórum do Adrenaline: “ o recall do primeiro lote com leds azuis foi por conta da solda feita em uma temperatura acima do aconselhável. Naquele lote praticamente todos os teclados apresentaram defeito mesmo. Mas a Ducky continua lançando Ducky Ones com leds azuis, sem grandes problemas relatados depois daquilo”.

Para finalizar o assunto, tem mais uma coisa que me incomodou bastante na utilização do Ducky One: A posição do led do switch da barra de espaço. Dependendo do ângulo da sua cadeira em relação ao teclado, você será obrigado a utilizar os pés dele para evitar esta maldita luz azul na direção do seu olho. Se você preferir, ainda pode diminuir a intensidade das luzes pressionando Fn + Seta para baixo, o que talvez possa melhorar a situação.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Um "diferencial" bastante curioso presente do One são os DIP Swtiches posicionados atrás do teclado, eles podem ser acessados diretamente por um espaço na carcaça, portanto, não se preocupe, você não precisará abrir o teclado para ativa-los.

  • DIP 1: Troca a tecla FN por Menu
  • DIP 2: Troca a tecla Windows por FN e troca FN por Menu
  • DPI 3: Troca a tecla ALT Esquerdo por FN e troca FN por Menu
  • DIP 4: Alterna entre os sistemas anti-ghosting NKRO e 6KRO

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Utilizar o Ducky One nessas semanas foi realmente muito bom, o teclado possui uma qualidade incrível para a sua simplicidade, assim como possui recursos escondidos” que surpreenderiam até os usuários mais exigentes.

Jogar com o One me rendeu boas experiências, afinal, o switch Cherry MX Blue é realmente muito bom para a grande maioria dos jogos, e, como alguns leitores já devem saber, levo mais em consideração em meus reviews aspectos que prevalecem em jogos de FPS e precisão, portanto, posso garantir que você também gostará de utilizar este teclado.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Ignorando o fato do já citado “maldito led da barra de espaço”, a iluminação do Ducky One é realmente muito boa, até mesmo em níveis mais baixos. É bastante fácil identificar as teclas do One com sua visão periférica e, em teclados com iluminação de baixa qualidade (muito forte ou muito fraca), este aspecto é levado em consideração por alguns usuários.

Os switches Cherry MX Blue, como já citados, possuem toda a qualidade Cherry, no entanto, eles podem ser um grande ponto negativo para alguns usuários: Eles são um dos mais barulhentos de todos os switches do mercado.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

O feedback táctil de um MX Blue traz consigo o som de um clique, muito parecido com o clique do seu mouse, e isso, em um ambiente de trabalho ou na madrugada, com o computador ao lado de alguém que tenta dormir, é realmente irritante. Aqui na redação do Oficina da Net, por exemplo, já recebi alguns olhares e reclamações de colegas por este motivo. :(

Finalizando sobre o switch, o Blue é considerado o melhor de todas as principais opções da Cherry para digitação, principalmente pelo feedback táctil que, aliado à resistência da mola, garante uma experiência muito melhor para quem passa horas escrevendo.

Como jogador, o único problema que você poderá ter com um MX Blue é se o que estiver jogando possua algum tipo de jogabilidade “esmaga botão”, quando você precisa pressionar muito rapidamente uma mesma tecla repetidamente. Com este switch, existe uma pequena possiblidade de um dos cliques ser duplicado ou simplesmente não registrado, e isto pode ser causado justamente pelo “clique” do feedback táctil, que pode falhar.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

A distância de ativação de um Cherry MX Blue é de 2mm, quando ocorre o seu clique característico. A distância até o final da tecla (o fundo) é de 4mm e a força necessária de ativação é de 55 cN.

O Ducky One possui o melhor sistema anti-ghosting do mercado, o NKRO, no entanto, ele pode ter alguns problemas de compatibilidade com BIOS de sistemas operacionais Linux. Para solucionar este problema, a Ducky adicionou um DIP Switch (no caso, o DIP 4) que pode modificar este sistema para um 6KRO, que é um anti-ghosting mais simples, mas que ainda funciona bem.

O Ducky One é um excelente teclado para quem busca algo simples ou simplesmente prefere evitar a febre RGB do mercado de teclados mecânicos, que se torna mais forte a cada ano. Deixar de voltar a mencionar a palavra “simplicidade” é praticamente impossível, pois este é exatamente um dos objetivos do teclado, ser pratico esbanjando qualidade.

Se você realmente se importa com iluminação, tudo bem, este talvez não seja um teclado perfeito para você, no entanto, pense novamente na resposta para essa pergunta: Você procura qualidade e durabilidade ou apenas estética? Porque se você busca a primeira alternativa, o One é um dos melhores produtos do mercado, mas, se você tiver dinheiro para pagar por ambos, recomendo um Ducky Shine 5 ou um Corsair Strafe RGB.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?
O tão desejado Ducky Shine 5, um dos melhores teclados mecânicos do mundo

O Ducky One nos foi cedido por doação pela Player ID, a única loja brasileira que vende os produtos da Ducky Channel. Este exemplar que recebemos para o review está sendo sorteado, assim como um Ducky Secret e um Flipper Extra. Você pode participar dos sorteios até o dia 30 de novembro de 2016, os vencedores serão anunciados em uma publicação aqui no Oficina da Net.

Review: Teclado Ducky One, excelência que paga seu preço?

Clique aqui para participar do sorteio do Ducky One

Clique aqui para participar do sorteio do Ducky Secret

Clique aqui para participar do sorteio do Ducky Flipper Extra

Depois de tudo o que apresentamos, fica a pergunta: vale a pena comprar um Ducky One? Ele está disponível na loja online da Player ID por R$588,88 e você pode clicar aqui para conferir o seu anuncio. Na opinião deste humilde redator que vos escreve, o dinheiro investido é muito bem pago pela qualidade incrível dos componentes e a durabilidade que a construção interna garante.

E você, o que achou do Ducky One? Cadastre-se no Oficina da Net e deixe o seu comentário abaixo, é muito importante para nós saber a sua opinião! ;)

Notas

  • 0 4 6 8 10
  • Switch
  • Impressão das keycaps
  • Material das keycaps
  • Qualidade da iluminação
  • Construção interna
em nosso ranking
Comparar
  • Corsair Strafe RGB
  • Ducky One
  • Logitech G810
COMPARAR

Mais sobre: Ducky teclado periféricos
Share Tweet
  • Quer receber novidades sobre Periféricos?

    Preencha o formulário abaixo para se cadastrar:

  • Preencha para confirmar

Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar