Por que meu smartphone esquenta?

Muitos usuários relatam que seus aparelhos esquentam após determinado tempo de uso, o que gera preocupação. Mas porque isso ocorre? Há algo de errado com o celular que aquece? Veja a seguir.

Por | @oficinadanet Smartphones

Se você possui um smartphone já deve ter percebido que após um tempo de uso, principalmente com GPS ativado, jogos ou visualização de vídeos, ele começa a esquentar. No caso do iPhone, uma mensagem na tela avisa que a temperatura deve diminuir antes que você possa usá-lo. Embora assuste, o aquecimento de celulares não é algo fora do normal.

Mas, você sabe porque os smartphones esquentam? Para entender porquê isso ocorre, é preciso levar em conta que, com o avanço da tecnologia, os celulares se tornaram nossos computadores de bolso. Porém, diferente dos PCs e notebooks, eles não possuem sistema de refrigeração própria e, por isso, quando se exige muito do sistema, o aparelho aquece.

Por que meu smartphone esquenta?
Aquecimento de smartphones é comum (Imagem: Reprodução Internet)

A boa notícia é que os smartphones já são projetados para trabalharem com o aquecimento e resfriamento, sem a necessidade de intervenção dos usuários. Alguns aparelhos mais modernos, inclusive, já possuem um termômetro interno. Desta forma, caso o smartphone ultrapasse a temperatura limite estipulada pela fabricante, o dispositivo desliga automaticamente. Este é um mecanismo de defesa do aparelho. Assim, evita-se danos ao usuário.

Como já dito, smartphones são como computadores portáteis. Todo este poder computacional demanda muita energia que, quando liberada, esquenta o aparelho. O uso do GPS, por exemplo, geralmente aquece o celular. Isto porque enquanto ele está ativo o smartphone utiliza o sensor 100% do tempo, com a tela acesa e conectado à internet. Quanto mais o celular trabalha, mais ele esquenta, ao transformar em energia térmica todas as operações matemáticas que efetua.

Outro exemplo é quando você joga um game de alta qualidade gráfica ou muito pesado para a memória RAM do seu aparelho. Como isso exigirá bastante do processador, o aparelho ficará bem quente e, em alguns casos, você precisará dar um tempo na jogatina, até que o smartphone volte a resfriar.

Pode-se dizer que existem dois fatores principais que levam ao aquecimento do celular. O primeiro deles é a própria eletrônica embarcada e o uso excessivo que fizemos do aparelho. Smartphones mais modernos possuem entre 30 e 40 milhões de transístores em sua arquitetura. Eles funcionam como interruptores que ligam e desligam cada vez que um processo no aparelho é iniciado ou encerrado. Desta forma, à medida que fazemos uso intenso de suas funções, estes interruptores acabam liberando calor e, consequentemente, o smartphone esquenta.

Por que meu smartphone esquenta?

O segundo fator que leva ao aquecimento do aparelho é a própria bateria. A cada processo de carga e descarga, elas liberam energia em forma de calor.  O uso de carregadores que não são originais do smartphone também pode influenciar no aquecimento dos mesmos. Isto porque o carregador pode proporcionar mais corrente elétrica do que o necessário para determinado aparelho, levando o mesmo a esquentar.

Veja também:

Mas, o aquecimento também pode ser ocasionado por fatores externos. Segundo o site BBC, a temperatura recomenda por especialistas para um smartphone é entre 0 e 35° C. Desta forma, se o aparelho for submetido a uma onda de calor superior a 40° C, por exemplo, poderá ficar quente. Deixar o aparelho exposto à luz solar por longos períodos ou dentro do carro por muito tempo também irá influenciar em sua temperatura.

Se o seu smartphoe está esquentando mesmo quando não está sendo utilizado, ele pode estar com vírus. Isto ocorre porque alguns tipos de vírus exigêm muito do processador, o que gera o aquecimento. Veja mais sobre isto aqui.

E o que fazer quando o aparelho esquenta?

Não se desespere se o aparelho apresentar estar quente, mesmo que ele esteja bem quente. Nem pense em colocá-lo na geladeira ou algo semelhante para tentar resfriá-lo. Se isso soa estranho para você, que bom, mas acredite, há quem o faça. Isto pode danificar o smartphone e lhe trazer prejuízos. O melhor a fazer é fechar aplicativos que não estão sendo utilizados no momento. Isto exigirá menos do processador do celular. Outra dica é desligar o aparelho por alguns minutinhos. Desta forma, os transmissores ganham uma folga e a temperatura voltará a cair. Você ainda pode diminuir o brilho da tela e desligar o Bluetooth e o Wi-Fi, caso não esteja precisando deles no momento.

No mais, não se desespere. A não ser que o seu smartphone seja um Galaxy Note 7.

Fontes: BBC, Segredos do Mundo R7

Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo