Veja se seus dados já foram vazados em um ataque hacker

E-mail, senhas, nomes de usuário. Saiba como fazer para descobrir se há informações suas circulando abertamente na internet, entre cibercriminosos.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Já parou para pensar em como aqueles e-mails de spam chegam até você, sendo que você toma todos os cuidados necessários para não cadastrar seu endereço em sites duvidosos que possam vir a enviar propagandas indesejadas, além de nunca clicar em links suspeitos?

Isto ocorre porque nem sempre o vazamento de seus dados, como endereço de e-mail e senhas, acontece por descuido seu. O banco de dados de grandes serviços on-line é muito visado por cibercriminosos e, por isso, não é raro acontecer ataques hackers a estas grandes corporações. E, se você estiver cadastrado em uma empresa que sofreu o ataque, é bem provável que seus dados foram parar nas mãos de cibercriminosos.

Veja se seus dados já foram vazados em um ataque hacker
Crackers podem usar endereços de e-mail para envio de spams e prática do phishing (Imagem: Reprodução Internet)

Grandes serviços on-lines possuem um gigantesco banco de e-mails. Isto atrai os cibercriminosos, pois, de porte destas informações, os crackers as vendem para envio de spams, ou ainda, para a prática de phishing (envio de e-mails em que o cibercriminoso se passa por uma empresa ou corporação conhecida para conseguir informações privilegiadas, como senhas e até mesmo informações de cartões de crédito).

E como saber se você já foi vítima de um destes ataques? Algumas vezes as empresas alertam seus usuários que houve um vazamento de dados, mas, infelizmente, nem sempre isso acontece.

Contudo, existem ferramentas capazes de descobrir se o seu e-mail está circulando pela internet, após algum banco de dados ter sido atacado por crackers. Entre eles está o serviço “Have I Been Pwened?”. Ele realiza uma monitoração on-line que identifica quando um cibercriminoso publica um banco de dados roubado abertamente na internet (a prática é conhecida como “dump”). Ao acessar o site e pesquisar pelo seu e-mail é possível descobrir se você já foi vítima de algum destes vazamentos. Veja como fazer:

1º passo: Acesse o site haveibeenpwned.com.

2º passo: Busque o seu e-mail. Para isso é só digitar o endereço no caixa e clicar no botão “pwned?”

Veja se seus dados já foram vazados em um ataque hacker

3º passo: O site realizará a busca e, se você nunca foi vítima, aparecerá a mensagem “Good News” – no pwnage found! Em uma tela verde.

Veja se seus dados já foram vazados em um ataque hacker

4º passo: Contudo, se você já tiver sido vítima, a tela da mensagem ficará vermelha e você terá detalhes sobre quais vazamentos de dados te afetaram. No caso do Márcio, meu colega aqui da redação, ele teve o endereço de e-mail, dicas de senha, senhas e nomes de usuários vazados em ataques ao site do Adobe, da Forbes e do Linkedin, nos anos de 2013, 2014 e 2016, respectivamente.

Veja se seus dados já foram vazados em um ataque hacker

E o que fazer?

Se você teve informações vazadas, o indicado é que troque a senha de todos os serviços nos quais você se cadastrou utilizando o e-mail afetado. Lembre-se de sempre utilizar senhas fortes, que sejam, de preferência, longas e intercalem letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos (quando possível). Fora isso, não há muito mais o que se fazer.

Veja também:

Fonte: Olhar Digital

Mais sobre: e-mail, dados, internet
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.