10 filmes de psicopatas que você não pode perder na Netflix

Separamos uma lista com filmes de prender a respiração, que viajam na mente humana e em toda a crueldade que nela pode habitar.

Por | @oficinadanet Entretenimento

Eles são astutos, pacientes, na maior parte das vezes desajustados socialmente e donos de uma mente doentia. Incapazes de sentir compaixão ou remorso, os psicopatas são perigosos justamente por esta sua ausência de senso de ética ou moral, o que os fazem anti-heróis perfeitos para o cinema, que, muitas vezes, os colocam no centro das produções.

Os psicopatas também sabem ser envolventes e não costumam revelar seu lado violento para a sociedade, comportando-se como pessoas normais, que não gostam de chamar atenção e dificilmente levantam suspeitas. Ao mesmo tempo eles observam com paciência tudo ao seu redor e assim escolhem suas próximas vítimas. Bem organizados, eles sabem esperar o momento certo para atacar. Pensam em cada detalhe e sentem prazer em ver o sofrimento alheio. 

Estas pessoas não existem apenas na ficção, mas, é claro que nas versões hollywoodianas o lado extremamente cruel é mais explorado. E isto resulta em produções de prender a respiração, daquelas que você fica em frente à TV torcendo para que a mocinha não entre naquela rua escura ou para que ela negue ajuda ao jovem que está com dificuldades em carregar um sofá dentro de uma van.

10 filmes de psicopatas que você não pode perder na Netflix

A Netflix está recheada deste tipo de produção que há décadas fazem sucesso. Muitos psicopatas, apesar da violência, acabam conquistando a empatia do público, como Norman Bates, de Psicose, que possui um jeito doce e tímido, que de nada parece com sua personalidade conturbada. Ou o sagaz Hanniball Lecter, dono de uma inteligência e elegância que, não fosse por seu olhar perturbador, jamais indicariam a tamanha perversidade de seus atos.

Neste artigo listamos 10 opções de filmes de psicopatas que você não pode perder na Netflix. Prepare a pipoca, porque a lista é boa e certamente te fará querer assistir cada uma delas, seja pela primeira vez, ou pela segunda, terceira, quarta...

Veja também: Top 10: Melhores séries para asssitir na Netflix, de acordo com os colaboradores do Oficina

Seven – Os Sete Crimes Capitais - Nota no IMDb 8,6

Vencedor do MTV Movie Awards de Melhor Filme, Seven – Os Sete Crimes Capitais foi lançado em 1995 e, sem dúvidas, inspirou muitas outras produções do gênero que vieram posteriormente. Com um roteiro bem elaborado, a história traz Brad Pitt na pele de um policial jovem e Morgan Freeman como um detetive que está prestes a se aposentar. Juntos, eles precisam parar um assassino frio, que faz suas vítimas com base nos Sete Pecados Capitais. Uma trama inteligente, mas bem violenta, que mergulha no mundo obscuro dos psicopatas.

Perfume – A História de Um Assassino - Nota no IMDb 7,5

O filme conta a história em flashback do aprendiz de perfumista, Jean-Baptiste Grenouille, que estava prestes a ser executado acusado de assassinar várias mulheres em Paris, no ano de 1738. Abandonado pela mãe, ele cresceu em um orfanato, onde era ignorado pelas outras crianças. Com uma infância triste e solitária, Grenouille cresceu excluído pela sociedade, mas ele também desenvolveu um dom fora do comum: um olfato muito sensível, algo que lhe permitia distinguir separadamente os vários cheiros da natureza. Já adulto ele torna-se aprendiz de perfumista de um renomado profissional da área. O jovem tem um sonho que é manter odor de forma permanente, porém, em suas experiências ele passa a tentar capturar o cheiro dos próprios seres humanos.

Silêncio dos Inocentes - Nota no IMDb 8,6

Ninguém melhor para entender a mente de um assassino em série do que outro assassino. Em Silêncio dos Inocentes, vemos Clarice Starling, uma jovem estagiária do FBI, que procura a ajuda de um psicopata, Dr. Hannibal Lecter, preso acusado de praticar canibalismo com suas vítimas, para prender outro serial killer, conhecido apenas como Bufallo Bill. Enquanto Clarice corre contra o tempo tentando salvar a mais nova vítima do psicopata, ela se vê em um jogo psicológico provocado pelo envolvente Dr. Lecter, alguém tão perigoso quanto o serial killer que ela pretende capturar.

O filme recebeu o Óscar em cinco principais categorias: de melhor filme, melhor atriz, melhor ator, melhor diretor e melhor roteiro adaptado.

Psicose - Nota no IMDb 8,5

Diferente de outros filmes de assassinos em série, em Psicose vemos um terror muito mais intuitivo do que explícito. Também pudera, a gravação da cena do assassinato no chuveiro, por exemplo, uma das mais famosas do cinema, precisou ser feita diversas vezes. Isto devido a censura da época (o filme é de 1960), que não permitia cenas de nudez, nem violência explícita. Mesmo com todas as restrições, Alfred Hitchcock não desistiu da obra, que se tornou um clássico e consagrou Norman Bates como um dos maiores psicopatas de todos os tempos.

Batman - Nota no IMDb 7,6

Tudo bem que o filme é de super-herói, mas o gênio do crime Coringa é uma das peças chaves para o sucesso da película. Com um humor sádico e doentio, o vilão não tem nenhum superpoder, mas, é capaz de enfrentar o Homem Morcego e espalhar o medo na cidade de Gotham. Cruel e impiedoso, Coringa não tem medo da morte e às vezes até parece flertar com ela. Embora tenha uma mente doentia e perturbada, o Palhaço do Crime conquistou uma legião de fãs, que o admiriam devido seu senso de humor ácido.

Jogos Mortais - Nota no IMDb 6,2

A franquia Jogos Mortais já tem sete filmes lançados. Destes, apenas o terceiro está disponível na Netflix. A ideia principal desta série gira em torno de Jigsaw, um sádico que sequestra pessoas e coloca-as em armadilhas para testá-las e ver se merecem viver. Suas vítimas costumam levar uma vida errada, consumindo drogas, álcool ou mentindo e, se quiserem continuar vivas e manter as pessoas que elas amam em segurança, precisam se sujeitar a jogos que envolvem diversos tipos de torturas. Nesta terceira produção, Jigsaw conta com a juda de uma parceira, Amanda, tão perversa e fria quanto ele.

Kalifórnia - Nota no IMDb 6,7

Um casal decide visitar várias cidades onde diversos crimes de assassinos em série aconteceram, para escrever um livro sobre serial killers. Como estão sem dinheiro, eles aceitam levar junto com eles um casal de desconhecidos. O que ambos não sabiam, é que nunca estiveram tão perto de um psicopata como agora, carregando-o no banco do carona. O elenco traz Brad Pitt no papel do vilão.

Hush – A Morte Ouve - Nota do IMDb 6,6

O filme é de 2016 e, embora não tenha uma boa nota do IMDb, merece reconhecimento. Perturbador, o longa-metragem traz a história de uma mulher surda, que se muda para uma casa isolada na floresta em busca de sossego para escrever seu livro. No meio da noite é surpreendida por um assassino que deseja entrar na residência e matá-la.

Sem ter como pedir ajuda, a jovem precisa conseguir se esconder enquanto o estranho faz de tudo para conseguir seu objetivo maior. Mesmo que o roteiro deixe alguns furos, afinal, se ela é surda, por que morar na floresta para ter silêncio? O filme traz uma atmosfera muito boa de suspense e tensão, com momentos de prender a respiração, junto com a personagem principal.

Chamada de Emergência - Nota no IMDb 6,7

Chamada de Emergência consegue prender a atenção do telespectador, desde os primeiros minutos, quando acompanhamos o atendimento de Jordan, atendente do serviço de 911 nos Estados Unidos, a uma garota que diz que alguém está tentando entrar em sua casa. Um erro de Jordan resulta na morte da menina. Anos mais tarde, a atendente do serviço de emergência tenta lidar com o trauma, mas, ao receber o pedido de socorro de uma jovem, tem certeza que está diante do mesmo homem de anos atrás. A partir daí, inicia-se uma corrida contra o tempo para tentar encontrar a garota e evitar que ela tenha o mesmo fim que outras jovens tiveram.

3096 Dias - Nota no IMDb 6,4

Esta emocionante história real relata o sequestro de Natascha Kampusch, raptada aos 10 anos e mantida em cativeiro por 8 anos. Baseada na autobiografia da jovem, o filme permite mergulhar na vida doentia do raptor, Wolfgans Priklopil. Criado apenas pela mãe, Priklopil era desajustado socialmente e por este seu jeito, não sabia como chegar nas mulheres para arranjar uma companhia. Diante disto, decidiu raptar uma criança e cria-la para ele, com o pensamento que com o passar do tempo ela fosse se apaixonar por ele e eles poderiam viver uma vida normal.

Mas, Priklopil tinha uma personalidade violenta. Ele era extremamente controlador e obrigava Natacha a chama-lo de mestre, algo que ela se recusava. Por isso, a menina costumava apanhar e passar fome com frequência, além disto, durante o cativeiro ela também sofria constantes abusos sexuais.

Por ser um filme baseado em uma história real, percebemos o quanto a personalidade de um psicopata realmente é conturbada. Em alguns momentos Wolfgans Priklopil mostra-se gentil e preocupado com Natacha, mas em uma fração de segundo seu comportamento muda, revelando alguém extremamente impiedoso e egoísta.

Gostou da lista? Esta não é a única postagem com sugestões de títulos que temos aqui no Oficina da Net. Veja também: 

Mais sobre: netflix2017 Netflix2016 filmes
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo