Resistência à água, ausência de conector de fones de ouvido e câmera dupla: Apple inova com iPhone 7 ou é mais do mesmo?

Maçã realizou evento especial ontem, 7 de setembro, onde trouxe diversas novidades para seus produtos.

Por | @oficinadanet Smartphones

Enquanto no Brasil comemorava-se a Independência do país, a Apple aproveitou o 7 de setembro para realizar um evento especial para a atualização de seus produtos. Direto de São Francisco, nos Estados Unidos, o mundo todo pode conhecer o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus, atualizações para o Apple Watch, além da chegada de um jogo exclusivo para o iOS, o Super Mario Run e o lançamento do Pokémon Go para os relógios inteligentes da marca.

Se tem um aspecto que fez da Apple uma gigante da tecnologia, foi seu pensamento sempre à frente dos concorrentes, mas, parece que nos últimos anos a Maçã tem tido dificuldades em inovar e trazer algo que seus concorrentes ainda não tenham pensado.

Resistência à água, ausência de conector de fones de ouvido e câmera dupla: Apple inova com iPhone 7 ou é mais do mesmo?
Muito esperados iPhones 7 e 7 Plus foram lançados ontem (Foto: Apple)

Muito esperados, os iPhones 7 e 7 Plus vêm com novas funcionalidades, bem interessantes, mas nada que nos faça pensar: “como que ninguém havia pensado nisso antes”? Não que o smartphone top de linha da Apple não seja capaz de despertar o interesse de compra, a começar por seu design requintado, que segue os conceitos da geração anterior, tendo como principal diferença o seu novo acabamento, chamado pela empresa de Jet Black (um preto brilhoso realmente muito bonito) e a ausência das linhas superficiais na parte traseira do aparelho, já que as antenas agora estão integradas ao próprio gabinete do aparelho. Há ainda outra nova cor, o preto matte.

Mas, em matéria de inovação, o destaque da nova geração de aparelhos fica por conta de funcionalidades que já encontramos em outros aparelhos, como a resistência à água e a poeira. Celulares como o Samsung Galaxy S7 e o Moto G3, já contam com a proteção mais do que necessária para smartphones deste porte. O próprio iPhone 6S, que embora não tenha em suas especificações a certificação IP67, mostrou em testes que resiste bem a um mergulho de até 30 minutos.

Câmera

A câmera sempre foi um dos pontos fortes dos smartphones da Apple e a grande inovação do iPhone 7 Plus está no sistema de câmeras com duas lentes, uma grande angular e outra telefoto. Com este sistema duplo é possível ampliar o zoom ótico para até 2 vezes sem uso de software e até 10 vezes combinando software e hardware. Por meio de combinação entre o hardware e o software do aparelho também é possível capturar fotos com efeitos de profundidade, sem perda de fidelidade, aí sim, algo realmente novo para smartphones. Porém, o sistema de câmera dupla não é algo inédito. O LG G5, lançado neste ano, já possui o sistema.

Resistência à água, ausência de conector de fones de ouvido e câmera dupla: Apple inova com iPhone 7 ou é mais do mesmo?
iPhone 7 Plus vem com sistema duplo de câmeras (Foto: Apple)

As câmeras traseiras, tanto do iPhone 7 quando do iPhone 7 Plus possuem 12 megapixels e a frontal 7 MP. Temos que lembrar que a qualidade da câmera não pode ser medida apenas pela quantidade de megapixels, se assim fosse, os aparelhos da Maçã ficariam atrás de alguns de seus concorrentes, como o Galaxy Note 5, que possui 16 megapixels na principal. Para fazer jus ao título de câmera mais popular do mundo, as câmeras do iPhones 7 ganharam um novo sistema de quatro LEDs (flash), baseado em lentes de seis elementos e sensor de alta velocidade, com estabilização ótica e uma abertura focal de f/ 1.8, maior do que a encontrada nas gerações anteriores e que permite até 50% mais entrada de luz, comparado ao iPhone 6s, o que deixa as fotos com uma qualidade ainda melhor, principalmente se o ambiente tiver com pouca iluminação. Assim como o iPhone 7, o LG G4 também possui abertura focal de f/ 1.8, além de salvar as imagens no formato RAW.

Conforme a Apple, o iPhone 7 apresenta um processador de imagem mais potente que as versões anteriores. Criado pela própria fabricante, ele fica dentro do chip A10 Fusion e realiza mais de 100 bilhões de operações em cada foto ou vídeo. Utilizando a tecnologia de aprendizado de máquina, o smartphone deixa cada nova imagem mais bonita que a anterior, além de apresentar outros avanços inteligentes, como foco mais rápido e melhores mapeamento de tom local e equilíbrio de branco. Ponto para a Maçã.

Veja também:

Botão home

A Apple redesenhou seu botão home, deixando de lado a engenharia mecânica usada nos iPhones desde 2007, para se basear no Taptic Engine, já usados nos MacBooks e No Apple Watch. Em outras palavras, o botão de início não afunda mais, em vez disso, por meio do motor Taptic Engine é dada uma resposta física ao usuário. E os alto-falantes agora são estéreos, emitindo som nas partes superior e inferior, com maior alcance dinâmico e o dobro de volume. Alto-falantes estéreo também não são nenhuma novidade no mercado de smartphones. O Lenovo Vibe K5, por exemplo, possui este tipo de componente.

Conector de fones de ouvido e AirPods

Como já era esperado, a Apple extinguiu a entrada de 3,5mm para fones de ouvido do iPhone 7, algo que a Motorola e a fabricante chinesa LeEco também já fizeram em alguns de seus dispositivos. Você poderá optar entre utilizar um adaptador para Lightning, que vem incluso na caixa, comprar um fone com conexão Lightning ou um fone Bluetooth. Os EarPods, que são enviados juntos com os iPhones, foram atualizados com um novo conector.

Se você decidir por utilizar um fone Bluetooh, a Apple lançou sua própria versão deste tipo de dispositivo, os AirPods, vendidos separadamente por US$ 159, no Brasil, serão comercializados por R$ 1.259 (à vista). Eles possuem sensores inteligentes, que identificam quando o fone está em sua orelha, além de possuírem um microfone embutido; com dois toques você ativa a Siri. Conforme a Apple, os fones sem fio possuem até 5 horas de autonomia e se a bateria acabar, é só colocá-la na case, com 24 horas de carga. A Samsung também está no mercado de fones sem fio, com o Gear Icon X.

Resistência à água, ausência de conector de fones de ouvido e câmera dupla: Apple inova com iPhone 7 ou é mais do mesmo?
Apple também lançou o AirPods, fones de ouvido via Bluetooth

Desempenho

Equipado com um chip Apple A10 Fusion, a Maçã promete um desempenho 2 vezes melhor no iPhone 7, comparado com o iPhone 6. O processador possui quatro núcleos, sendo dois de alto desempenho. Devido as melhorias na arquitetura, ele é até 40% mais rápido que o atual A9 e oferece o dobro de performance do A8. A bateria também está mais eficiente. A Apple promete a maior duração de bateria em um iPhone. Em relação ao iPhone 6s, o iPhone 7 aguenta até duas horas a mais longe da tomada e o iPhone 7 Plus ganhou uma autonomia maior de cerca de uma hora.

E o preço?

A pré-venda dos iPhones 7 e 7 Plus iniciam nos Estados Unidos na próxima sexta-feira, dia 9, e as vendas no dia 16 de setembro, com o preço inicial de US$649 para o iPhone 7 (32GB) e US$ 769 para o iPhone 7 Plus. No Brasil, estipula-se que o aparelho deva chegar custando perto dos R$ 6 mil, embora o valor oficial por aqui ainda não tenha sido oficialmente divulgado, bem como a data de chegada do aparelho.

O valor é salgado e fora dos padrões suportados pela maioria dos bolsos dos brasileiros. Embora o smartphone seja muito bom, ele não trouxe nenhuma função surpreendente e que já não tínhamos visto em outros aparelhos top de linha. Se vai valer a pena investir ou não, isso só o seu bolso poderá dizer. Mas, caso você não esteja disposto a desembolsar tal quantia, vale a pena pesquisar mais um pouco. É possível encontrar bons smartphones no mercado e por um valor bem mais em conta.

Mais sobre: Apple, smartphones, iPhone7
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários