Após ser chamado de racista, Snapchat remove filtros

De acordo com o Snapchat, o filtro tinha como objetivo representar de forma lúdica os personagens de desenhos animados.

Por | @oficinadanet Aplicativos

O Snapchat, mais uma vez, foi acusado de racista. Por essa razão, removeu rapidamente um dos seus novos filtros para fotografias, que havia sido chamado de “Yellow face” (Cara amarela). O filtro era usado para criar estereótipos asiáticos, porém, os internautas o consideraram racista.

Após ser chamado de racista, Snapchat remove filtros
Mais uma vez, internautas acusam Snapchat de ser racista. Novo filtro, que inseria características asiáticas sobre as fotos, foi removido do aplicativo.

Leia também:

Lançado na terça-feira (9), o filtro colocava sobre o rosto fotografado desenhos de olhos puxados e maçãs do rosto saltadas. Fato esse que causou diversas críticas, principalmente através do Twitter.

De acordo com o Snapchat, o filtro tinha como objetivo representar de forma lúdica os personagens de desenhos animados. Porém, após as críticas, disse que não voltará a colocar o filtro em circulação.

Após ser chamado de racista, Snapchat remove filtros
Filtro que também causou bastante polêmica foi o do Bob Marley. Snapchat, ao que tudo indica, não aprendeu a lição!

Vale notar que esta não é a primeira vez que o Snapchat é chamado de racista pelos usuários. Um filtro inspirado em Bob Marley, que inseria as tranças rastas, e ainda modificava as feições do rosto e a cor da pelo, acabou sendo removido após a manifestação negativas dos internautas.

O Snapchat é bastante usado pelo público jovem. Através dele é possível enviar mensagens autodestrutivas. De acordo com a empresa, o aplicativo já soma mais de 100 milhões de usuários no mundo.

Mais sobre: snapchat aplicativo filtros
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo