Uber é unida a concorrente chinesa em acordo de US$ 35 bilhões

De acordo com o CEO da Uber, Travis Kalanick, a fusão deverá beneficiar as duas empresas.

Uber é unida a concorrente chinesa em acordo de US$ 35 bilhões

Nesta segunda-feira (1º), a Uber anunciou que o seu braço chinês, a UberChina, irá se fundir com a principal concorrente chinesa, a Didi Chuxing, assim sendo, elas irão trabalhar em conjunto. A fusão ocorre apenas alguns dias após o país regulamentar o funcionamento de aplicativos de compartilhamento de viagens como o Uber e o Didi.

De acordo com o CEO da Uber, Travis Kalanick, a fusão deverá beneficiar as duas empresas. "A Uber e a Didi Chuxing estão investindo bilhões de dólares na China, mas nenhuma das duas está tendo lucro no mercado por enquanto", disse ele em relação a fusão. De acordo com a empresa, 150 milhões de viagens de Uber são feitas todo o mês no país.

A Bloomberg explica que a fusão determina que a Uber terá direito a 20% das ações da Didi Chuxing, com isso, ela será a maior acionista da empresa. Já o Engadget cita que a companhia resultante da fusão terá valor de mercado de cerca US$ 35 bilhões, com isso, a UberChina passara a valer US$ 7 bilhões.

"Esse acordo pavimenta o caminho para que nós e a Didi travemos uma parceria em uma missão enorme, e libera recursos consideráveis para iniciativas ousadas focadas no futuro das cidades - desde tecnologia de direção autônoma até o futuro da alimentação e de logísticas", disse Kalanick através de um post no Facebook.

Através do acordo, a Didi Chuxing terá direitos aos negócios, às informações e também à marca Uber. O aplicativo Uber, no entanto, continuará funcionamento normalmente com o seu próprio nome no país. O CEO do Uber, Kalanick, passará a fazer parte do conselho executivo da Didi Chuxing, e o CEO da Didi, Cheng Wei, irá integrar o conselho executivo da Uber.

A Didi Chuxing ainda se compromete a investir US$ 1 bilhão na Uber, elevando a sua participação de mercado a US$ 68 bilhões internacionalmente. Porém, o negócio ainda precisa da aprovação por parte do governo chinês. 

O melhor celular intermediário para importar?

Conteúdo relacionado

Realme GT Master: Celular Premium da marca chega ao Brasil; confira preços e ficha
Celulares

Realme GT Master: Celular Premium da marca chega ao Brasil; confira preços e ficha

Lançado dia 19 de outubro de 2021 no Brasil, o Realme GT Master Edition chega para ser o carro-chefe de tecnologias da fabricante.

Entregador sofreu acidente? Veja dicas para não cair no “golpe do delivery”
Aplicativos

Entregador sofreu acidente? Veja dicas para não cair no “golpe do delivery”

Você pede uma pizza pelo aplicativo e um tempo depois recebe uma ligação: “O entregador sofreu um acidente e estamos enviando outro, tudo bem?” Antes de responder, se liga nas dicas que temos para você não cair no novo golpe do delivery.

 Cabify anuncia que encerrará operações no Brasil ainda no primeiro semestre
Aplicativos

Cabify anuncia que encerrará operações no Brasil ainda no primeiro semestre

A Cabify anunciou que encerrará suas atividades no país nos próximos meses devido a dificuldades enfrentadas pela pandemia.