5 dicas para deixar o vício em smartphones

Se você acha que está passando mais tempo que deveria conectado ao celular, confira nossas sugestões para se livrar do vício.

Por | @oficinadanet Smartphones

Sentir crises de ansiedade toda vez que se está longe do smartphone, ter a necessidade de verificar o aparelho a cada instante e não se separar do dispositivo por nada, são indícios de que você pode estar viciado (a) no aparelho. Pode parecer besteira, mas o assunto é sério, tanto que o tema vem sendo cada vez mais estudado por cientistas e psicólogos.

5 dicas para deixar o vício em smartphones

Esta dependência por aparelhos eletrônicos e por se estar sempre conectado, pode gerar patologias como depressão, estresse, sem falar que afasta as pessoas. Afinal, ninguém gosta de conversar com alguém que não tira os olhos da telinha que segura em suas mãos.

E isto não é raro de acontecer. Cenas presenciadas no dia a dia, como em um restaurante onde as pessoas sentadas na mesa estão todas mexendo nos aparelhos, seja fazendo check-ins, atualizando suas redes sociais ou conversando com outras pessoas que não estão de corpo presente no local, ou ainda em shows ou até mesmo em casa, estão aí para comprovar o que estou dizendo. Se tem alguém, ou melhor, algo que não falta nestes locais, são os smartphones. Eles deixaram de ocupar o papel de coadjuvantes, para se tornar protagonistas destas cenas da vida real.

5 dicas para deixar o vício em smartphones

Não que seja errado usufruir desta tecnologia, afinal os smartphones facilitam e muito o dia a dia de qualquer pessoa. Mas, como já dizia minha mãe, "tudo que é demais, faz mal". Então, talvez seja hora de parar e deixar de ser tão dependente destes pequenos dispositivos. Dar mais atenção a quem está ao seu lado, curtir os momentos na hora em que eles estão acontecendo ao invés de apenas depois, olhando as fotos e vídeos do que passou, são atividades que se tornam possíveis, quando se deixa o smartphone em segundo plano.

Parece fácil deixar o vício em smartphones, mas nem sempre é assim e muitas pessoas acabam procurando ajuda médica para se livrar deste vício, inclusive internando-se em clínicas. Mas não é preciso deixar chegar a este ponto. Se você quer se tornar menos dependente do aparelho celular e assumir o completo controle de sua vida, sem ter um mini infarto quando percebe que a bateria do celular está acabando e não há nenhuma tomada por perto, confira estas cinco dicas que separamos especialmente para você.

1 – Monitore o tempo que você passa no smartphone.

O primeiro passo para se combater qualquer tipo de problema é assumir que se tem um problema. Monitorar quanto tempo você passa no smartphone pode te dar um choque de realidade e mostrar que sim, é hora de diminuir o período com a tela ligada. Para isto, existem alguns aplicativos que podem te ajudar. Um deles é o Menthal, disponível gratuitamente ao Sistema Operacional Andriod. Desenvolvido por um grupo de estudiosos alemães, ele além de apontar quantas horas do dia o usuário está mexendo no celular, informa se o seu nível de uso está exagerado e ainda acusa quais os aplicativos mais acessados. O único obstáculo do app é que é necessário fazer parte de uma lista de espera para participar e aguardar um convite, via e-mail, para que se possa utilizá-lo.

Para usuários do iPhone a dica de app é o Moment. Com ele é possível criar limites diários de navegação no aparelho. Dentre os dados contados, ele mostra quantas vezes o usuário pega o telefone por dia, identifica onde ele vai com o celular e emite alertas para notificar que o limite de uso diário está chegando ao fim. Tudo pode ser customizado de acordo com a necessidade de cada pessoa.

2 – Desligue as notificações

Você até tenta se concentrar em outras atividades, mas a tela do celular não para de piscar anunciando a chegada de novidades. Você vai dar uma rápida espiadinha em quem curtiu ou comentou sua foto e pronto, lá se foi meia hora em um piscar de olhos.

Sem notificações, sem necessidade de ficar toda hora checando o telefone, certo? Mas, se de início você acha a atitude muito drástica, a dica é silenciar o dispositivo para parar os alertas de áudio. Isto ajudará a coibir a vontade de verificar o aparelho sempre que ele apitar.

3 – Não use o smartphone como despertador

Usar o aparelho como despertador é algo realmente comum. Mas, a atitude pode prejudicar aqueles que não conseguem ficar perto do celular sem dar ao menos uma espiadinha. O problema é que mesmo que a intenção seja checar rapidamente, o fato de estar com o aparelho ao lado da cama instiga a ficar mexendo, sendo que o que era para ser instantâneo, rende horas a mais de navegação e de menos para o sono.

5 dicas para deixar o vício em smartphones

4 – Refeições sem smartphone

Uma dica para mostrar que você é mais forte do que a vontade de ficar o tempo todo conectado é deixar o smartphone de lado na hora da refeição. Aproveite o momento para conversar com quem está ao seu redor, ou se estiver sozinho, para saborear a comida ou lanche. Ficar mexendo no smartphone retira a atenção do momento, sem falar que não é muito higiênico.

5 dicas para deixar o vício em smartphones

5 – Invente outras atividades

Fazer uma atividade que lhe proporcione prazer é uma boa alternativa para deixar de lado o smartphone. Faça caminhadas, leia um bom livro, enfim, faça o que quiser. Mas naquele momento, apenas aproveite a atividade e esqueça o aparelho.

Bônus

6 – Faça paradas tecnológicas

Comece por verificar seu smartphone por um minuto. Veja todas as notificações, confira mensagens, ligações, redes sociais. Em seguida ajuste o alarme para dali a 15 minutos e silencie o aparelho. Coloque ele virado com a tela para baixo.

Quando o despertador tocar, verifique o aparelho por mais um minuto. Continue fazendo isto até que pareça natural o sentimento de não estar perdendo algo quando ignorar as notificações de seu telefone.

Acrescente cinco minutos a sua parada tecnológica a cada semana. Com isto, em breve você já será capaz de não verificar o aparelho por uma hora ou até mais, sem ficar ansioso ou nervoso com o que pode estar perdendo.

Seguindo estas dicas, com certeza ficará mais fácil deixar o telefone de lado e assim, conseguir aproveitar melhor a vida em modo off-line. Você tem alguma dica que ajude a manter o vício dos smartphones longe? Conte para gente nos comentários! 

Veja também:

Mais sobre: smartphones redes sociais internet
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo