Convite para realizar videochamadas no WhatsApp é falso e infecta celulares com vírus

Esquema é disseminado com a ajuda de usuários, que repassam as mensagens na esperança de ativar a funcionalidade. Porém, o que acontece é que os smartphones são infectados com apps de origem duvidosa.

Comentários Débora Pricila Silveira
Seguir
  -

Realizar videochamadas através do WhatsApp é um recurso ainda inexistente no mensageiro, no entanto, muitos usuários estão recebendo de seus próprios contatos um convite para habilitar tal funcionalidade, enviado por meio de mensagens. Este é mais um golpe, em que os cibercriminosos se aproveitam da situação para espalhar vírus nos smartphones das vítimas. O esquema tem origem no Brasil e foi denunciado pela Kaspersky Lab.

Ao clicar no link existente nas mensagens, os usuários são direcionados para uma nova página. Nela ele terá que preencher um formulário com seus dados pessoais, onde lhe é solicitado o número de telefone em que o app está cadastrado para seguir adiante. O site malicioso ainda informa que para receber o suposto recurso, é necessário convidar dez amigos ou compartilhar o convite em três grupos para ativá-lo. Esta é uma forma do golpe se espalhar com facilidade e infectar celulares que possuam WhatsApp.

Após convidar o número mínimo de contatos, a vítima é direcionada para uma série de ofertas de apps de origem duvidosa, que podem prejudicar a segurança do telefone. Segundo a Kaspersky Lab, os tipos de aplicativos e conteúdo das mensagens que disparam o golpe são diferentes entre smartphones com Sistema Operacional Android, Whindows Phone e iPhone (iOS). O esquema ainda leva em consideração fatores como idioma e localização. O golpe também é capaz de alterar a página inicial do navegador utilizado pelo usuário e incluir anúncios indesejados no celular.

Os usuários precisam ficar atentos ainda há outro fator importante: como o esquema solicita o número de telefone da vítima, com esta informação, os criminosos podem inscrever a linha em serviços premium que irão cobrar taxas das vítimas, diminuindo o saldo da linha ou enviando a cobrança na conta mensal.

Outro ponto grave a respeito desta manobra é que links de programas legítimos têm sido usados. Com isso, apps confiáveis são distribuídos de forma suspeita, o que pode iludir os clientes.

Veja também:

Então, fique atento e não aceite nenhum convite para habilitar o serviço de videochamadas no WhatsApp. Pois quando, e se, o recurso for disponibilizado, com certeza, a própria plataforma se encarregará de divulgar a novidade. Até lá, nada feito!

Mande para o Facebook

Tweet para os seus seguidores

 
COMENTÁRIOS
NOSSOS VÍDEOS NO YOUTUBE

carregando...
Últimas publicações
TOPO