Moto G foi o aparelho mais vendido no Brasil em 2014

O Brasil hoje é o quarto colocado no mercado mundial de smartphones, contando com uma crescente popularidade no setor de dispositivo móvel intermediário, onde justamente encontra-se o Moto G.

Por | @oficinadanet Smartphones

Segundo o instituto de pesquisa IDC, no último ano o Moto G, da Motorola, foi o smartphone mais vendido do Brasil, dobrando a participação da Motorola no mercado de smartphones.

De acordo com a IDC, a Motorola - que hoje pertence à empresa chinesa Lenovo - conseguiu ultrapassar grandes concorrentes como a sul-coreana LG Electronics e também "roubar" uma grande fatia da atual líder de mercado, a Samsung, que anteriormente detinha o percentual de 51% nas vendas de aparelhos, hoje, a mesma conta com 43%. A Motorola ocupa atualmente o segundo lugar no mercado de smartphones no Brasil.

O Brasil que, hoje ocupa o quarto lugar no mercado mundial, conta com uma crescente popularidade no setor de dispositivo móvel intermediário, onde justamente encontra-se o Moto G. Segundo Ryan Reith, analista da International Data Group, "a maior parte do avanço nos próximos anos, será no segmento com preços intermediários, que variam entre US$ 100 a US$ 300".

Todas estas informações foram tema de uma matéria do Wall Street Journal, o site informou na última sexta-feira que a oferta por smartphones mais caros, com preços que variam entre US$ 300 a US$ 400, terá uma queda assim que a demanda por produtos que ofereçam qualidade com diversos recursos e um preço menor aos consumidores for maior, bem ao exemplo do Moto G.

Moto G foi o aparelho mais vendido no Brasil em 2014

Outro que acredita que o mercado de smartphones intermediários terá uma elevação em suas vendas e não poderia ser diferente, é o diretor-superintendente da Motorola, Rick Osterloh, que aposta em melhores oportunidades neste segmento de dispositivos móveis, pois diz ele que "os mesmos oferecem as melhores oportunidades" e para colocar mais lenha na fogueira, vale ressaltar que a empresa de Osterloh recentemente lançou no mercado o Moto E, aparelho esse de menor preço.

A Motorola em 2014 obteve um crescimento global em vendas de 118% e grande parte deste crescimento se deve as vendas do Moto G, pois ele é simplesmente o aparelho mais vendido pela empresa atualmente.

As vendas do aparelho são tão surpreendentes, que a pressão em cima de outras fabricantes é muito grande, principalmente em mercados que comercializam aparelhos desbloqueados e sem nenhum subsídio. Para se ter uma ideia, o Moto G é uma alternativa barata frente ao sucesso de aparelhos como o iPhone 5S e Galaxy S5, da Apple e Samsung respectivamente.

Para tanto, as concorrentes da Motorola estão tentando reagir, onde vale lembrar que no final de 2014 a Samsung lançou no mercado de smartphones, o Galaxy Gran Prime Duo, aparelho esse com valor semelhante ao Moto G; além da Samsung, a chinesa Xiaomi comunicou que pretende comercializar no país, aparelhos móveis com preços intermediários.

Outro grande fator de vendas do Moto G é a pequena margem de lucro. Segundo alguns analistas, a redução de lucratividade no setor poderá ser preocupante, pois os mesmos estimam que o ganho da Motorola em cima deste aparelho é menor que 5%, algo que não preocupa Osterloh, pois ele é totalmente contra aos ganhos exorbitantes de seus concorrentes e o mesmo não acredita que o mercado de smartphones baratos se transformará em uma "batalha campal", pois ele diz que "a Motorola continuará a aplicar novos recursos e diferenciados em seus modelos top de linha".

Mais sobre: Mobile Motorola Moto G
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo