Oficina da Net Logo

Netflix teria tentado comprar salas de cinemas nos EUA para que seus filmes concorram ao Oscar

A negociação envolveu a empresa Landmark Theatres, que conta com 53 cinemas somando 255 salas.

Por | @fsbeling Netflix Pular para comentários

Ao redor do mundo todo, a Netflix é a plataforma de streaming com maior número de assinantes, são aproximadamente 119 milhões. As séries produzidas pela própria companhia vêm fazendo bastante sucesso com o público, mas por outro lado, os filmes com produção própria, não.

Para piorar a situação, a organização do Festival de Cannes não tem mais aceitado filmes que não estrearam nos cinemas da França, o que acaba impactando diretamente nos serviços de streaming.

Com objetivo de concorrer ao Oscar, a Netflix teria tentado adquirir uma pequena rede de cinemas dos Estados Unidos, o Los Angeles Times, para aumentar as suas chances ao exibir seus filmes em telas maiores.

Ao ter salas próprias a Netflix estaria resolvendo esse problema, de ter seus filmes barrados por grandes cadeias de cinema, como é o caso do Cinemark, AMC, Cineplex, pelo fato de que as estreias são realizadas na internet. Leia em destaque: Filmes de comédia para assistir na Netflix.

Com isso, a companhia teria avaliado a possibilidade de compra da Landmark Theatres, situada em Los Angeles. A empresa é pertencente ao empreendedor Mark Cuban, e atualmente, conta com 53 cinemas com um leque de 255 salas em espalhadas por 27 cidades nos Estados Unidos. Contudo, o acordo não foi concluído por envolver valores altíssimos na negociação.

Uma tentativa de levar os seus filmes a concorrer ao OscarUma tentativa de levar os seus filmes a concorrer ao Oscar

Leia também:

Uma fonte informou ao Los Angeles Times que a chance de vencer um Oscar aumenta a medida que “para ser considerado nas premiações, eles precisam ser capazes de divulgar os filmes nas telas dos principais mercados”.

“A Netflix decolou quando alguns de seus títulos originais foram indicados para o Emmy. Isso deu credibilidade ao que eles estão fazendo. Se eles puderem fazer isso para mais premiações, isso pode elevar um pouco a plataforma”, disse o analista Eric Handler.

A Netflix estima investir neste ano aproximadamente US$ 8 bilhões em produção de conteúdo original.

Fonte: Los Angeles Times

MAIS SOBRE: #Netflix  #oscar  #negocio  #cinema
Comentários
Carregar comentários