BNDES e banco alemão vão testar blockchain

Primeiro teste com a tecnologia será realizado em maio.

Por | @fsbeling Internet

O blockchain, tecnologia por trás do bitcoin e outras criptomedas, já vem sendo adotada pelo Itaú com dados reais, agora, em breve, o BNDES deve ser o próximo a testar a tecnologia.

Isso porque o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), juntamente com o KfW, banco de desenvolvimento alemão, firmaram parceria para testarem a tecnologia, que será utilizada no software que foi criado para melhorar a transparência e a eficiência na aplicação de recursos públicos, o TruBudget.

O primeiro teste será realizado no Fundo Amazônia até o mês de maio. O fundo recebe doações do banco alemão KfW e é gerido pela BNDES, com a realização de operações financeiras não-reembolsáveis.

O blockchain "protocolo de confiança" é uma tecnologia que visa a descentralização como medida preventiva, para aumentar a segurança das informações. Através de uma rede de blocos encadeados, não é possível reverter uma transferência de dinheiro, por exemplo, pois a tecnologia não permite excluir uma informação depois da sua inserção. Sendo assim, cada bloco conta com um conteúdo próprio e mais impressão digital (hash) do bloco anterior.

Primeiro teste com a tecnologia será feito em maioPrimeiro teste com a tecnologia será feito em maio

Leia também:

No caso dos bancos, o blockchain evite fraudes, pois todas as informações são verificadas pelos participantes através de um ledger distribuído, que nada mais é do que um sistema de registro de informações das transações e blocos, os quais são compartilhados pela rede.

“O TruBudget não envolve o uso de uma moeda virtual: trata-se de uma ferramenta de fluxo de trabalho que utiliza uma blockchain privada, e não pública, como a do bitcoin”, afirmou o BNDES.

DEIXE SEU COMENTÁRIO1 comentário
MAIS SOBRE BNDES KfW banco blockchain
Últimas em Bndes
    Assine a nossa newsletter

    COMENTÁRIOS

    COMENTÁRIOS

    Comentários
    Siga o nosso Instagram!

    Estamos lá também: @oficinadanetoficial

    Seguir o Instagram do Oficina da Net