Fim da linha? Huawei vai vender a linha de smartphones P e Mate, aponta rumor

Rumores têm circulado na rede indicando que a Huawei está considerando vender as suas principais linhas de smartphones, assim como fez com a Honor. Entenda o caso!

Rumores apontam que a Huawei está considerando vender a série P e Mate. (Imagem: Huawei)
Rumores apontam que a Huawei está considerando vender a série P e Mate. (Imagem: Huawei)

Durante todo o ano passado, a Huawei foi manchete de diversos veículos de mídia e noticiários, já que a empresa sofreu bastante com as sanções impostas pelo governo dos Estados Unidos, até então liderado pelo ex-presidente Donald Trump. Mesmo com todos os problemas envolvendo a sua companhia, a Huawei manteve-se firme e forte, e para continuar em ascensão, precisou se adaptar a uma nova estratégia de mercado. A informação que temos agora é que a companhia está considerando se desfazer das suas principais linhas de smartphones P e Mate.

A informação vem do portal Reuters que afirma que a empresa está em negociações avançadas para vender as principais linhas de dispositivos de seu portfólio para um consórcio apoiado pelo governo de Xangai. De março de 2019 a março de 2020, as duas linhas acumularam US$ 39,7 bilhões em vendas. Na parte final do ano passado, essas duas séries corresponderam a 40% das vendas totais da Huawei.

Histórico sobre o caso entre Huawei vs EUA

Com a proibição de utilizar componentes e recursos das fabricantes norte-americanas, e até mesmo sem poder utilizar o sistema Android em seus smartphones, a Huawei precisou acelerar ainda mais o desenvolvimento de seu sistema HarmonyOS, além de criar intenções de construir sua própria fábrica de componentes, eliminando a dependência dos EUA.

De qualquer forma, a empresa também precisou tomar medidas drásticas, como se desfazer de sua marca subsidiária Honor, que fabricava smartphones de excelente custo benefício para o público chinês e outras partes da Ásia. Agora, a medida de se desfazer das suas principais linhas de smartphones reflete a escassez de componentes, pois a TSMC, principal fornecedora da gigante chinesa, está proibida de ter relações com a Huawei desde setembro do ano passado.

Mesmo com a mudança de presidente dos Estados Unidos, a fabricante não acredita que as sanções e proibições baixarão a guarda, e manter-se ativa no mercado de smartphones tem sido cada vez mais difícil.

O Huawei Mate 40 Pro é o smartphone que todo mundo queria ter, mas estão esgotados. (Imagem: Huawei)
O Huawei Mate 40 Pro é o smartphone que todo mundo queria ter, mas estão esgotados. (Imagem: Huawei)

Note por exemplo o fracasso de vendas do seu topo de linha Mate 40 Pro. Embora esse flagship tenha sido bem recebido pelo público e crítica especializada graças ao seu desempenho e pacote de câmeras excepcionais, a Huawei não conseguiu emplacar um bom número de vendas por conta da falta de componentes. Desde quando foi anunciado, poucas unidades foram vendidas e estão esgotados até agora.

Para continuar viva no mercado, existia a esperança de que a produção de seus processadores Kirin pudesse contar com a ajuda da SMIC, maior fabricante de componentes da China. Mas até o momento, nada foi decidido.

Caso a empresa se desfaça mesmo das suas linhas Mate e P, essa será talvez a única alternativa para permitir que elas sobrevivam, assim como aconteceu com a venda da Honor que agora pode trabalhar com as principais fabricantes do mercado como MediaTek, Qualcomm, Intel e AMD.

O que a Huawei diz?

Um porta-voz da empresa negou essa afirmação dizendo que essas não são informações verdadeiras, e que a Huawei não tem nenhum interesse em se desfazer de sua principal linha de smartphones, e muito menos de abandonar o mercado nesse segmento.

Vale lembrar que quando surgiram boatos de que a empresa estaria se desfazendo de sua subsidiária Honor, a Huawei também negava essa possibilidade, e no fim da história, a empresa de fato confirmou a venda.

Poco F3, Poco X3 Pro ou Poco X3 GT: Qual tem a melhor bateria?

Conteúdo relacionado

POCO M3, celular de entrada ainda aguenta os jogos? | Roda Liso ENTRADA
Roda Liso

POCO M3, celular de entrada ainda aguenta os jogos? | Roda Liso ENTRADA

Estamos dando boas vindas ao primeiríssimo episódio do Roda Liso de Entrada, somente com smartphones leves, revisitando o clássico POCO M3.

Huawei Mate X2: aparelho dobrável virá com Kirin 9000 e câmera de 50 MP
Huawei

Huawei Mate X2: aparelho dobrável virá com Kirin 9000 e câmera de 50 MP

A Huawei está desenvolvendo um novo smartphone dobrável, e informações sobre ele circulam na internet afirmando que ele virá com o mesmo processador do Mate 40. Confira!

Huawei solicita registro das marcas
Huawei

Huawei solicita registro das marcas "Petal Search" e "Petal Maps"

A Huawei segue focada em se livrar da dependência dos serviços do Google. Com isso seu sistema já vem sendo testado a meses e, agora, registro de nomes de aplicativos começam a aparecer. Dessa vez temos busca e mapas.